Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Partilha do seguro de vida com herdeiros legais


    Guest Pedro

    Recommended Posts

    Como se faz a partilha da indenização do seguro de vida?

    Da mesma forma que na partilha da herança?

    Neste caso foi 50% para o cônjuge

    Os outros 50% divididos assim:

    2/3 para o cônjuge

    1/3 para os pais, ou seja:

     

    Cônjuge recebe 5/6 da herança

    Pai recebe 1/2 de 5/6

    Mãe recebe também 1/2 de 5/6

     

    Será assim? Ou para os seguros tem outra forma de distribuir?

     

    Link to post
    Share on other sites
    há 1 hora, Visitante Pedro disse:

    Como se faz a partilha da indenização do seguro de vida?

    Da mesma forma que na partilha da herança?

    Neste caso foi 50% para o cônjuge

    Os outros 50% divididos assim:

    2/3 para o cônjuge

    1/3 para os pais, ou seja:

     

    Cônjuge recebe 5/6 da herança

    Pai recebe 1/2 de 5/6

    Mãe recebe também 1/2 de 5/6

     

    Será assim? Ou para os seguros tem outra forma de distribuir?

     

    Os seguros de vida têm por norma beneficiários associados e serão somente esses beneficiários que recebem o valor do seguro.
    Os beneficiários nem precisam de ser familiares!

    O seguro de vida é independente da herança e só funciona como uma herança caso não existam beneficiários na apólice, o que sinceramente não sei se ainda acontece. 

    Edited by Wakka
    Link to post
    Share on other sites

    Sim, continua a ser possível constituir apólices de seguros de vida sem designar um ou mais beneficiários.

    Quando tal acontece, são os herdeiros legítimos a beneficiar da mesma. 

    • Upvote 1
    • Downvote 1
    Link to post
    Share on other sites
    há 5 minutos, m--m disse:

    Sim, continua a ser possível constituir apólices de seguros de vida sem designar um ou mais beneficiários.

    Quando tal acontece, são os herdeiros legítimos a beneficiar da mesma. 

    Obrigado por essa confirmação. Trabalho em IT e como tal já passei por seguradoras e nas que estive tal não era permitido informaticamente.

    Link to post
    Share on other sites

    A questão em concreto e que expus inicialmente, os herdeiros são cônjuge mãe e pai. Pois são os herdeiros legais.

    No entanto na apólice não refere como é feita a partilha.

     

    Já agora. Um deles quer renunciar o direito de receber, sabem se é preciso ir ao cartório para oficializar a decisão?

    Link to post
    Share on other sites

    Join the conversation

    You are posting as a guest. If you have an account, sign in now to post with your account.
    Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

    Guest
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

    ×
    ×
    • Create New...