Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • hakin

    Crediformação

    Recommended Posts

    hakin

    Boas, tenho uma dúida tou em vias de pedir um crediformação na CGD no valor de 7500. Este crédito dizem que é para apoio aos estudos e materiais necessários e este. Ora a minha dúvida é o seguinte: quando fui fazer a simulação perguntei ao sr. do banco se era possivel depois de ter o dinheiro na minha conta movimentá-lo à vontade e se fosse preciso comprar um carro com aquele dinheiro e o homem disse-me que sim. Então comecei a tratar da papelada, como ainda tava com algumas duvidas mandei um mail para a caixa no qual me responderam que não dava para aquisição do carro. Então gostaria que me dissessem se seria possivel controlar o dinheiro que me emprestaram?

    Agradeço desde já a atenção.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    m.elis

    Tenho ideia que esse crédito é para apoiar nos estudos superiores. Quanto mais elevada for a tua média menor é a taxa de juro. Esta  pode ser fixa ou indexada à Euribor a 3 meses e com spreads variáveis consoante a finalidade, o envolvimento com o banco ou as garantias prestadas.

    Os prazos de crédito podem ir até  14 anos e pode haver um período de carência até 7 anos.

    No site da CGD, e referente a este produto, é dito:

    "O Crediformação financia a tua formação em Portugal ou no estrangeiro, bem como a aquisição de material informático ou outro material de apoio ligado à tua formação".

    Não sei se podes usar o crédito para a compra do carro, inclino-me para o Não, pois, provavelmente a taxa de juro e restantes condições para a compra de automóvel são bem maiores do que para a formação.

    Entendo também que "outro material de apoio ligado à formação", não deve ser um carro  ;), mas já perguntaste ao Sr do Banco porque te deu duas informações diferentes?

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    pauloaguia

    Fiquei com uma curiosidade - como é que isto se processa? O banco empresta o dinheiro e é colocado numa conta à ordem? Ou é numa conta especial em que, de cada vez que se precisar de movimentar, é preciso ir fazer um "requerimento" ao banco?

    No primeiro caso, depois de estar na conta à ordem, como é que o banco vai controlar o destino que é dado ao dinheiro?

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    m.elis

    Fiquei com uma curiosidade - como é que isto se processa? O banco empresta o dinheiro e é colocado numa conta à ordem? Ou é numa conta especial em que, de cada vez que se precisar de movimentar, é preciso ir fazer um "requerimento" ao banco?

    No primeiro caso, depois de estar na conta à ordem, como é que o banco vai controlar o destino que é dado ao dinheiro?

    Realmente....não sei e no site deles também não dizem nada quanto a isso, mas sou levada a crer que será qualquer coisa como na conta poupança habitação que para usares o dinheiro e o colocarem na conta à ordem tinhas que apresentar a documentação respectiva (por exemplo uma factura de portas, janelas....). Neste caso seria o recibo das propinas, o recibo da aquisição do computador, etc.

    Na verdade, não sei, estou só a pensar alto :)

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    José Ribeiro

    Boas, tenho uma dúida tou em vias de pedir um crediformação na CGD no valor de 7500. Este crédito dizem que é para apoio aos estudos e materiais necessários e este.

    quando fui fazer a simulação perguntei ao sr. do banco se era possivel depois de ter o dinheiro na minha conta movimentá-lo à vontade e se fosse preciso comprar um carro com aquele dinheiro e o homem disse-me que sim.

    ... mandei um mail para a caixa no qual me responderam que não dava para aquisição do carro. Então gostaria que me dissessem se seria possivel controlar o dinheiro que me emprestaram?

    Retirei algumas frases que me parecem responder às dúvidas colocadas:

    "O diploma do ensino superior continua a ser a melhor forma de investires no teu futuro, por isso, se realmente queres completar os estudos, se precisas de comprar um computador ou investir num mestrado não hesites."

    "O Crediformação financia a tua formação em Portugal ou no estrangeiro, bem como a aquisição de material informático ou outro material de apoio ligado à tua formação:

        * Licenciaturas, Mestrados e Doutoramentos no âmbito do Acordo de Bolonha;

        * Outros cursos tais como politécnicos, de formação, de especialização ou programas para executivos e MBA, pós-graduações em Portugal e no estrangeiro, fora do âmbito do Acordo de Bolonha."

    "A taxa de juro pode ser fixa ou indexada à Euribor a 3 meses e com spreads variáveis consoante a finalidade, o envolvimento com o banco ou as garantias prestadas.

    Se o teu curso estiver enquadrado no acordo de Bolonha, a tua média reduz a taxa de juro."

    Parece-me que o crediformação é mesmo só para apoiar os alunos com os custos inerentes à frequência de um curso superior, como o pagamento das propinas, material informático, livros, material de escrita, alimentação, alojamento...

    Tal como disse a m.elis, na altura em que havia a conta poupança habitação, era necessário justificar os gastos com recibos. Embora tivesse um saldo superior, se apenas necessitava de uma parte para obras só se podia usar essa importância desde que justificada com o recibo. Obviamente que não podia usar esta conta para comprar um carro, porque não era esse o fim desta conta poupança habitação.

    Creio que deves voltar a falar com o funcionário do banco e perguntar-lhe novamente se de facto podes usar esse dinheiro na compra do carro, uma vez que para te deslocares para o local de estudo necessitas de um transporte, e se é necessário justificar qualquer compra com recibos.

    Cumps  8)

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest Ca1989

    Olá pessoal, estou a frequentar um curso no ensino superior, Licenciatura propriamente, e são 4 anos. Pedi um desses créditos à CGD no 2º ano do curso e processa-se da seguinte forma: Se pedires por exemplo 3000€ por ano, num total de 9000€ para todo o curso, isso dá uma média de 250€ por mês. Todos os meses, no mesmo dia (sempre em dia útil) é debitado esses 250€. Consoante os meses vão passando vão recebendo menos qualquer coisita que são os juros que já vão fazendo a sua "parte". Mas não há forma de controlarem onde gastam o dinheiro! é como se fosse um ordenado que recebessem todos os meses...

    Espero ter esclarecido!

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    LMPFernandes

    eu fiz um na altura, e pedi 6.000€ ano e pedi para ser todo creditado no inicio do ano letivo, por isso meteram-me 6.000€ na conta do banco e pude fazer o que quis com ele sem dar satisfações

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    miguel rosa

    Quando o dinheiro é colocado na conta o cliente faz o que quiser. Se disser ao Banco que é para outro fim do que o previsto, o Banco recusa.

    Por exemplo, vai ao Banco pedir 5000 eur para fazer obras mas não tem orçamento nem vai ter facturas. Desde que preencha os requisitos do Banco, ou seja, se o Banco entender que tem condições de pagar a prestação, provavelmente, tem sorte.

    Se disser que o dinheiro é para gastar no casino ou comprar droga, já não lhe emprestam...

    È obvio

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest CV

    Boas, já solicitei este crédito uma vez e já o paguei. No entanto queria tirar um mestrado e gostava que me pudessem ajudar. O banco empresta novamente dinheiro para a mesma finalidade e tenho que pedir o valor do curso ou posso pedir mais? Obrigado.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest Carla Silva

    Olá.

    Quanto tempo é que normalmente demora para o crédito estar disponível depois de entregarmos todos os papéis?

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Koper

    Boa noite. Estava a pensar, tendo em conta que estou no penúltimo ano de Direito e vou seguir o mestrado, contrair um crédito deste programa no valor de 5000€/6000€. Contudo, nunca trabalhei nem trabalho e, portanto, nunca coloquei IRS. Alguém me sabe dizer se são necessários fiadores? É que não queria estar a incluir terceiros.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites

    Your content will need to be approved by a moderator

    Guest
    You are commenting as a guest. If you have an account, please sign in.
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


    ×
    FinancasPessoais.pt

    Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

    Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

    Não mostrar mais esta caixa