Ir para o conteúdo
Entrar para seguir isto  
Raul Fernandes

Herança

Recommended Posts

Raul Fernandes

Bom Dia

Agradeço que me possam esclarecer , ou o que deva fazer na seguinte situação:

Tinha um tio que faleceu á trinta anos já viúvo e sem filhos, que tinha por sua vez dois irmãos que tambem já faleceram. Um irmã  com dois filhos e um irmão (meu pai) com um filho (que sou eu).

À cinco anos fui notificado pelas finanças para pagar o IMI de duas propriedades desse tio já falecido, questionei os meus primos o que fazer tendo-me dito que fizesse o que entendesse. Bom, fui pagando o IMI ate este ano ate que me informaram nas finanças que não podia continuar assim sem primeiro criar numero de contribuinte e identificar-me como cabeça de casal. O que já fiz.

A partir daqui o que fazer? Já tenho despesas superiores a duzentos euros, primos não estão interessados na herança que consta em uma casa antiga de pedra em ruinas e sem logradouro e um terreno rústico com quinhentos metros quadrados que mal a pé se chega lá. E também não estão para perder um dia para resolver o que quer se seja porque estão longe. 

O que fazer nesta situação quando existe alguém que não está interessado em ajudar a resolver os problemas.

Obrigado

 

 

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
ruicarlov

Herdaram mais alguns bens desse tio para além da propriedade (dinheiro, títulos)?

Temos aqui algumas hipóteses. Uma delas é os seus primos repudiarem a herança, ficando você unicamente detentor da titularidade desses terrenos. Depois pode fazer o que lhe apetecer. No entanto, dado o estado que me descreve, não será muito fácil vender isso.

A questão é que não tenho a certeza dos procedimentos necessários para repudiar a herança, e provavelmente pode esbarrar na falta de vontade deles em perder um dia para isso.

Outra opção é você limpar as mãos disso e repudiar a herança você mesmo. Possivelmente não recuperará esses 200€, mas por outro lado fica livre dessa responsabilidade, e passam a ser o seus primos  ter de lidar com as finanças e a pagar o IMI.

Não tenho é bem a certeza dos prazos para repudiar a herança, mas uma vez que só agora passou a ser cabeça de casal pode ser que seja possível. O melhor é falar com um balcão de heranças.

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
Raul Fernandes

Ola ruicarlov, não herdamos mais nada, nem um simples objecto. Quanto à venda... suponho que nem dado, está difícil.

Qualquer das maneiras, já é um ponto de partida.

Obrigado

 

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoticons maximum are allowed.

×   Foi criada uma pré-visualização automática a partir da ligação que colocou.   Mostrar apenas como ligação

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Entrar para seguir isto  

×
FinancasPessoais.pt

Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

Não mostrar mais esta caixa