Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Sign in to follow this  
    Sofia Claro

    Desvio de fundos

    Recommended Posts

    Sofia Claro

    Olá,

    O meu irmão era co-titular de uma conta solidária com o meu pai e portugal, onde ele (o meu irmão) era 0% proprietário dos 2 milhões que pertenciam ao meu pai. No entanto, o meu irmão utilizou a sua titularidade e poder de movimentação para enviar os fundos para a Suiça na sua totalidade. Só após a morte do meu pai, eu vim a saber disto. Será que isto é legal?

    Abraços

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest PJA

    Se ele era titular da conta pode movimentá-la legalmente, sim. Diria que talvez não seja moralmente aceitável, mas legal é bem capaz de ser. 

    O que não quer dizer que não possa ir a tribunal contestar e pedir a sua parte do dinheiro. Tem é que conseguir provar a origem do mesmo - que era todo dinheiro do seu pai e nenhum do seu irmão.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Sofia Claro
    há 49 minutos, Visitante PJA disse:

    Se ele era titular da conta pode movimentá-la legalmente, sim. Diria que talvez não seja moralmente aceitável, mas legal é bem capaz de ser. 

    O que não quer dizer que não possa ir a tribunal contestar e pedir a sua parte do dinheiro. Tem é que conseguir provar a origem do mesmo - que era todo dinheiro do seu pai e nenhum do seu irmão.

    Obrigado pela resposta. O meu irmão está interessado em fazer a partilha sem qualquer problema. A questão era perceber se um banco estrangeiro podia permitir isso sem o consentimento dos outros herdeiros e sem a autorização do pai, o proprietário dos fundos nacionais.

    Agora o problema que se coloca é o seguinte: eu andava descansada a pensar que o dinheiro estava na conta do meu pai em portugal e que podia receber o dinheiro isento do imposto selo, depois de o declarar na relação de bens. Neste momento parece que não é bem assim, uma vez que a conta na Suíça está em nome exclusivo do meu irmão. 

    Haverá maneira, fiscalmente legal, para receber a minha parte sem o imposto de selo? Ou seja, será que as finanças aceitam uma demonstração antecipada da origem do dinheiro numa declaração de bens adicional?

    Ou, então, se eu abrir uma conta na Suíça para transferir para mim próprio poderá levantar problemas com as finanças mais tarde? (meu irmão deu-me esta alternativa que não me parece muito segura)

    Ainda me resta a hipótese de receber o dinheiro a partir de uma conta nova em meu nome na Suíça e mais tarde reclamar caso me seja apresentada alguma infração.

    Muito agradeço por qualquer sugestão.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites

    Join the conversation

    You are posting as a guest. If you have an account, sign in now to post with your account.
    Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

    Guest
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

    Sign in to follow this  

    ×
    ×
    • Create New...
    FinancasPessoais.pt

    Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

    Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

    Não mostrar mais esta caixa