Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Carl

    Como é possivel cobrarem-me algo que paguei?

    Recommended Posts

    Carl

    Ola,

    Estou completamente perplexo com o que me acaba de acontecer:

    Quando fiz 18 anos (tenho agora 39) comprei um carro a credito atraves da tecnicredito. Paguei todas as prestacoes e nunca recebi nada de que nao paguei nem nada disso.

    Ha 10 anos atras fui viver para Holanda, agora voltei para Portugal e depois de tirar o cartao de cidadao (nao tinha porque sempre vivi só com passaporte), recebo uma carta da cofidis (penso que compraram a tecnicredito) a dizer que lhes devo dinheiro... depois de algums contatos la recebo um email do advogado que tem o meu processo a dizer que estou em divida desde 1997 e ascende a cerca de 47000 EUR. O carro era um fiat tipo e nem me lembro de quanto custou, mas era super segunda mao... isto deve ser juros em cima de juros. 

    A parte mais engraçada é que a minha conta era do espirito santo... o qual nao tenho meio de como obter documentação das transferencias, porque nem eles existem nem a conta existe mais. Por outra parte nunca recebi nenhuma notificação de tribunal na casa dos meus pais (aonde eu vivia na altura), visto que estava em divida. E nunca estive impossibilitado de tirar documentos, so fosse o caso de que o processo estivesse em tribunal.

    Ainda nao meti o meu advogado no meio porque quero que o advogado deles me de mais informação (valor do credito concedido, data de entrada de processo em tribunal,..), mas dito advogado so me responde a emails com bocados de informação de cada vez.

    Li na internet que por lei um credito deste tipo prescreve ao fim de 20 anos.

    Alguem sabe me informar se isto de prescrever é verdade? 

    Obrigado

    Edited by Carl

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    pauloagsantos

    o que fez ao fiat tipo?   vendeu-o?  geralmente neste créditos ao passar o carro para seu nome, faz-se com reserva de propriedade para a financeira, para o carro servir de garantia ao empréstimo

    eu consultava um advogado para me informar

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Carl

    sim, fui ver um advogado mas pouco ajudou.
    O carro foi dado a um sucateiro, isto ja foi a vinte anos, e os meus pais nao se lembram exatamente (eu entretanto fui viver para fora)

    -  A divida foi passada a um processo em tribunal, mas a empresa nao vendeu a divida a nenhuma empresa de cobranças, por isso fiquei com registo no banco de portugal e a unica possibilidade é apresentando provas de que paguei.
    - O banco desde o qual fazia as transferencias era o espirito santo. Nāo tenho quaisquer papeis, extratos, nada para conseguir provar. Nem sei se for ao banco novo eles poderāo ter acesso a essa informaçāo.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites

    Your content will need to be approved by a moderator

    Guest
    You are commenting as a guest. If you have an account, please sign in.
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


    ×
    FinancasPessoais.pt

    Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

    Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

    Não mostrar mais esta caixa