Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Sign in to follow this  
    frugal

    Saídas profissionais para um licenciado em gestão

    Recommended Posts

    frugal

    Bom dia amigos

    Tenho um sobrinho que está com imensas dificuldades em entrar no mercado de trabalho.

    Fez um estágio, umas incursões numas empresas mas depois ficou sem trabalho.

    Terá ele, agora uns trinta e poucos anos e é licenciado em Gestão.

    Pergunto-vos a vocês que costumam ter boas ideias, que tipo de mestrado, pós-graduação, ou outro curso fora do sistema de ensino normal, poderá ser uma boa aposta para o seu futuro ?

    Obrigado pelas respostas.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    master-chief

    Eu tambem tenho um papel que diz que sou licenciado em Gestão

    nunca consegui trabalho na area... talvez a zona seja má para isso

    ficou a experiencia

    voltando ao teu caso, é desistir de mestrados e extras

     

    é agarrar alguma oportunidade na zona de residencia ou simplesmente se existir alguem fora de portugal que o leve para outro país e emigre!

    • Upvote 1

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    niceboy

    Alguma vertente em Gestão ligada a Informática. Gestão Informática, Consultoria, Auditoria. Aprender alguma linguagem de programação mais simples, mas com saída...tipo Cobol...usada na banca e em seguradoras...

    • Thanks 1

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    frugal
    A 22/11/2017 às 23:41, Pedro Pais disse:

    Ele tem experiência prática em alguma área mais específica?

    No 

    tks

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Greedy

    Com 30 e poucos anos e com essa escassa experiência vai ser complicado .. ser licenciado hoje em dia não vale de muito para obter 1 bom emprego / bem remunerado ..

    Mesmo nas áreas que ainda tem procura ( IT em geral ) há muita procura / oferta, mas como há malta desesperada que aceita qualquer proposta, o mercado de trabalho fica nivelado por baixo .. ou seja, malta que aceita 500€ leva a que outros que tenham qualificações / capacidades para 1000€ ou +€ sejam "arrastados" para essa mediana ..

    Mestrados, Doutoramentos e afins é lixo em Portugal ... não vale de nada neste país .. é só para encher a folha do CV e mais nada .. as pessoas investem 3000 - 5000€ num Mestrado ou 10K - 20K num doutoramento e depois não vão amortizar o seu investimento ..

    No caso dos Mestrados, mesmo que seja alguém que esteja já a trabalhar e o faça em horário Pós-Laboral, amortiza o investimento em digamos 2 ou 3 anos ... mas isso não se vai depois repercutir em aumentos automáticos do vencimento ..

    Doutoramentos cá não valorizam, dizem " tem qualificações a mais para este cargo, não o podemos remunerar com o valor que tinha em expectativa " e coisas do género .. soube recentemente que mesmo em países como a Alemanha também padecem desse tipo de problema .. mas pode ter a ver com a área em causa ...

    Penso que o que o teu sobrinho tem de se mentalizar é ajustar-se/adaptar-se a uma área diferente onde exista de facto uma entrada mais fácil no mercado de trabalho ... sei de arquitectos / engenheiros que tiveram que se virar para a Consultoria e trabalham nas Delloites e afins .. são carne para canhão mas sempre entra €€€ ao final do mês ..

    Solução mais drástica, emigrar .. mas é preciso ter cuidado que mesmo no estrangeiro as ofertas podem não ser a melhores ( apesar dos ordenados serem obviamente por norma superiores aos de Portugal ) é preciso ter em conta o custo de vida nesse país, nomeadamente na questão do alojamento ......

    Conheço quem trabalhe em UK e até ganha bastante bem, mas só no alojamento pagam 1 balúrdio por quarto ou Estúdio T0 .... somando a isso as visitas a Portugal de avião ( mesmo com Low-Cost ) no Natal e noutras alturas e o bolo da poupança pode diminuir bastante caso não tenham cuidado com o Lifestyle / despesas ..

    • Upvote 1

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    frugal

    Só criando o próprio negócio que é uma tarefa não menos complicada 

     

     

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Greedy
    A 26/11/2017 às 05:25, frugal disse:

    Só criando o próprio negócio que é uma tarefa não menos complicada 

    Sim, também não é tarefa fácil ..

    Se fizer prestação de serviços a Recibos Verdes anda a pagar mais ao sócio Estado do que para o próprio bolso .. e é necessário garantir um income mensal porreiro para justificar ..

    Abrir empresa para fazer a prestação de serviços tem de ter em conta os custos fixos como a Contabilidade, o PEC dividido em 2 prestações por ano, ter conta de empresa no Banco com o capital social inicial e a comissão mensal que ronda os 5 - 10€ / mês ... devolução do IVA de 3 em 3 meses pelo menos  .. mais uma vez é necessário garantir um income mensal porreiro senão é só dinheiro a sair e nenhum a entrar ... e depois ainda chega à conclusão que mais vale fechar actividade e ficar a coça-los .. lol

    Edited by Greedy
    • Upvote 1

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    pauloagsantos

    qual é a zona?

    um pouco por todo o pais, consegue-se arranjar trabalho como administrativo numa empresa, claro que para muitas alguém com o 12º ano é suficiente pelo que  acabam por contratar licenciados por pouco mais que o ordenado minimo.

    claro que o dinheiro faz falta ao fim do mês, mas já vi gente a trabalhar de borla para ganhar experiência, são casos extremos, uns por exploração das empresas outros por favores que a empresa fazia para ajudar alguem conhecido de alguem.

    Não conheçe ninguem num gabinete de contabilidade em que o seu sobrinho possa ir algumas horas por dias, classificar alguns documentos para ir ganhando experiencia?

    • Thanks 1

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    frugal
    há 5 horas, pauloagsantos disse:

    qual é a zona?

    um pouco por todo o pais, consegue-se arranjar trabalho como administrativo numa empresa, claro que para muitas alguém com o 12º ano é suficiente pelo que  acabam por contratar licenciados por pouco mais que o ordenado minimo.

    claro que o dinheiro faz falta ao fim do mês, mas já vi gente a trabalhar de borla para ganhar experiência, são casos extremos, uns por exploração das empresas outros por favores que a empresa fazia para ajudar alguem conhecido de alguem.

    Não conheçe ninguem num gabinete de contabilidade em que o seu sobrinho possa ir algumas horas por dias, classificar alguns documentos para ir ganhando experiencia?

    pois é uma ideia

     

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites

    Your content will need to be approved by a moderator

    Guest
    You are commenting as a guest. If you have an account, please sign in.
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

    Sign in to follow this  

    ×
    FinancasPessoais.pt

    Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

    Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

    Não mostrar mais esta caixa