Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Cláudio

    Situação de Avalista

    Recommended Posts

    Cláudio

    Olá a todos,

    Precisava de ajuda, no ano passado recorri a um crédito automóvel, e os meus pais foram avalistas desse crédito, neste momento não pago a prestação desde Fevereiro porque tenho ordenados em atraso desde Dezembro.

    Hoje os meus pais receberam uma notificação da entidade financiadora para efectuarem o pagamento das minhas dívidas em atraso, o problema coloca-se porque a minha mãe não trabalha e o meu pai recebe uma pensão de invalidez.

    Gostaria de evitar que os meus pais se responsabilizassem pelas minhas dívidas uma vez que não o podem fazer. Há alguma forma de o fazer?

    Obrigado

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Pedro Pais

    A verdade é que ao serem avalistas ficaram co-responsabilizados pelo pagamento do crédito. Se as prestações não estão a ser pagas por si, é normal que a entidade financiadora vá pedir o dinheiro a quem se responsabilizou por pagar.

    Dito isto, o melhor que tem a fazer é:

    a) Pagar o crédito

    B) Na impossibilidade de o fazer, ir falar com a entidade financiadora e dizer-lhes que está com problemas financeiros e se conseguem arranjar alguma solução temporária (por exemplo pagamento apenas de juros).

    Não vai haver nenhuma solução milagrosa, mas não custa nada tentar.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Cláudio

    A verdade é que ao serem avalistas ficaram co-responsabilizados pelo pagamento do crédito. Se as prestações não estão a ser pagas por si, é normal que a entidade financiadora vá pedir o dinheiro a quem se responsabilizou por pagar.

    Dito isto, o melhor que tem a fazer é:

    a) Pagar o crédito

    B) Na impossibilidade de o fazer, ir falar com a entidade financiadora e dizer-lhes que está com problemas financeiros e se conseguem arranjar alguma solução temporária (por exemplo pagamento apenas de juros).

    Não vai haver nenhuma solução milagrosa, mas não custa nada tentar.

    Sim, estou consciente disso, mas li algures que existe algo chamado "direitos de pessoa humana", e por aquilo que percebi nesses casos aparentemente as pessoas não podem ficar a receber menos que o ordenado mínimo. No caso do meu pai que recebe pouco mais de 400 euros a minha dúvida consiste em saber se podem apreender parte dessa pensão ou não.

    Obrigado Pedro

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    tempest@de

    para que lhe possam apreender a pensão teria primeiro que ter um processo em tribunal e mal de ti se as coisas chegarem a esse ponto, quer dizer que vais acabar por pagar muito mais do que aquilo que devias inicialmente.

    Os salários ou pensões tem como limite para penhora 1/3 do salário e o limite minimo que a pessoa irá receber é o ordenado minimo, isto quer dizer que uma pessoa que receba o salário minimo não poderá ver o seu salário penhorado.

    volto a dizer, tenta chegar a um acordo com a financeira, não deixes as coisas evoluírem para um processo em tribunal, só tens a perder com isso.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    pauloaguia

    Mesmo não lhe podendo penhorar a pensão, podem penhorar outros bens que estejam em nome deles (carro, casa, etc). Como já foi dito, isto só depois de chegar à via judicial o que é de todo de evitar.

    Não consegues vender nada para pagar a dívida? Ou pressionar o patrão a adiantar uma parte do vencimento em atraso?

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Cláudio

    É isso que tenho feito nestes dias, tenho tentado pressionar a empresa para quem trabalho, mas ainda não me disseram nada em concreto.

    Quanto a negociar, deram-me um prazo até ao fim deste mês para efectuar o pagamento.

    Isso quer dizer que em situação alguma o meu pai pode receber menos que o salário mínimo?

    Obrigado por tudo, este site é realmente útil

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    elbmurcs

    Não me querendo intrometer na tua vida, acho incrível a paciência e a passividade dos portugueses perante estas situações. 3 meses sem receber, é óbvio que a empresa está mal e não vai melhorar da noite para o dia, as pessoas tendem sempre a aguentar, pode ser que melhore, são muitos anos de casa, etc.

    Com a rescisão de contrato não sem tem direito ao fundo de desemprego?

    Em relação ao crédito, como já disseram o melhor é contactares a financiadora, pois eles são muito agressivos em casos de falta de cobrança.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Cláudio

    date=1239735545]

    Não me querendo intrometer na tua vida, acho incrível a paciência e a passividade dos portugueses perante estas situações. 3 meses sem receber, é óbvio que a empresa está mal e não vai melhorar da noite para o dia, as pessoas tendem sempre a aguentar, pode ser que melhore, são muitos anos de casa, etc.

    Com a rescisão de contrato não sem tem direito ao fundo de desemprego?

    Em relação ao crédito, como já disseram o melhor é contactares a financiadora, pois eles são muito agressivos em casos de falta de cobrança.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Beatriz

    Olá bom dia,

    Entendo perfeitamente a tua situação pois também já o meu marido passou pelo mesmo e é mto complicado tomar decisões, mas na altura e com muita pressão da minha parte ele acabou por suspender o contrato de trabalho e ficou a receber o subsidio de desemprego até lhe pagarem os ordenados em atraso e regressar ao trabalho, felizmente a situação resolveu-se passado pouco tempo. Não poderás fazer o mesmo?

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Cláudio

    Sim, até pretendo fazer isso mesmo Beatriz e claro que seria muito útil o desemprego, mas para já tenho de resolver esta situação do crédito.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    CFinanceiro

    Sim, até pretendo fazer isso mesmo Beatriz e claro que seria muito útil o desemprego, mas para já tenho de resolver esta situação do crédito.

    Pois mas senão resolves a situação do emprego vais novamente deixar de pagar mesmo que consigas negociar, até pq o $$$ do desemprego normalmente demora.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites

    Your content will need to be approved by a moderator

    Guest
    You are commenting as a guest. If you have an account, please sign in.
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


    ×
    FinancasPessoais.pt

    Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

    Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

    Não mostrar mais esta caixa