Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Guest João (visitante)

    regime de isenção art.53

    Recommended Posts

    Guest João (visitante)

    Boa tarde

    Estou no regime de IVA regime de isenção artº53 e emito facturas manualmente.  Até agora enviava a relação de facturas em papel todos os meses para as finanças. A partir de Janeiro/2015 tenho de as enviar no e-factura/comerciantes, tudo bem. No que respeita às facturas que emito com NIF do cliente, não há problema, a minha dúvida é  na "informação global" onde se coloca o primeiro e último número das facturas emitidas no mês correspondente, pois também tenho facturas sem NIF do cliente. E aqui tenho duas dúvidas:

    1 - se coloco todos os números, incluindo as que têm NIF do cliente
    2 - no item "valor do IVA" o que lá coloco

    Muito obrigado
    João Dias

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    OldRock

    Olá João Dias

    Pelo que percebi (corrige-me se estiver errado) emites faturas em papel e procedes à recolha das mesmas pelo Portal do eFatura

    Aquilo que deves preencher são os campos que estão marcados com um asterisco e que são OBRIGATÓRIOS.

    Assim sendo:

    NIF do Consumidor – Campo não obrigatório (apesar de ser recomendado que esteja indicado sempre que esteja mencionado para evitar a criação de Divergências.

    Tipo de Fatura – Obrigatório, devendo ter atenção quanto ao tipo de documento e que deve ser coincidente com a PRIMEIRA folha dos livros de faturas (pois há muitos livros onde a primeira folha diz FATURA, a segunda é o Duplicado, a terceira folha é o Recibo e a quarta diz Fatura/Recibo).

    Número de Fatura – Obrigatório. Tem de ser cronologicamente sequencial e deve-se ter em atenção a existência de Séries de Faturas. NUNCA emitir uma fatura com numeração anterior à última fatura emitida.

    Data de Emissão – Obrigatório. Data em que foi emitida a fatura (CUIDADO com a numeração e com os prazos para emissão de faturas).

    Código de controlo – Campo não obrigatório. Na verdade não tem razão de ser pois as faturas em papel não possuem este código e as emitidas eletronicamente são comunicadas por ficheiro SAF-T, que o indica automaticamente.

    CAE – Opcional. Embora não seja obrigatório, a omissão ou preenchimento errado pode originar um erro no enquadramento da despesa nos elementos do consumidor.

    Total – Obrigatório. Valor total da fatura, incluindo o IVA (quando há liquidação deste)

    Taxa – Opcional. Deve ser indicada a taxa aplicada na fatura. No teu caso, ISENTO!

    Motivo – Embora não seja indicado como obrigatório, é elemento obrigatório da fatura pelo que é de preencher. No teu caso (artigo 53.º) deves indicar “IVA ? Regime de Isenção”. Apesar de haverem outras isenções indicadas a sua evocação constitui contraordenação (Divertido, não é?)

    Base tributável – Campo Obrigatório e que fica automaticamente preenchido assim que se indica o Total e a Taxa de IVA (logo aí recomendo o preenchimento)

     

     

    De seguida é só guardar. Será que fui de ajuda? Espero que sim!

    Um abraço!

    • Upvote 1

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest Ivo

    No meu caso, empresa em nome individual, estava isento de IVA, mas quem me pôs o programa informático, colocou o IVA a 23%. Pensava que estava tudo correcto, mas as finanças dizem que cometi fraude fiscal e querem-me cobrar o IVA que supostamente cobrei ao cliente. Não cobrei nada, até porque a declaração de IRS tem o valor total faturado. Aquilo é um erro informático.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Pedro Pais
    há 12 horas, Visitante Ivo disse:

    No meu caso, empresa em nome individual, estava isento de IVA, mas quem me pôs o programa informático, colocou o IVA a 23%. Pensava que estava tudo correcto, mas as finanças dizem que cometi fraude fiscal e querem-me cobrar o IVA que supostamente cobrei ao cliente. Não cobrei nada, até porque a declaração de IRS tem o valor total faturado. Aquilo é um erro informático.

    E qual era a informação que ia nas facturas?

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest Ivo

    Numa fase inicial aparecia assim

     

    Corte.     7€

     

    Algumas linhas abaixo

     

    Corte         5.69 € 

    IVA 23%      1.31€

     

    Isto foi a parte que a empresa fez asneira. Deveria ter isento de iva segundo artigo 53. 

     

    Por outro lado, as finanças reconheceram que não me apoderei de dinheiro nenhum, até porque a minha folha de IRS, está a condizer com o valor total. Isto é, se entraram 7€, esses 7€ e não os 5,69€, estava no IRS entregue em Maio. 

     

     

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Pedro Pais
    há 24 minutos, Visitante Ivo disse:

    até porque a minha folha de IRS, está a condizer com o valor total. Isto é, se entraram 7€, esses 7€ e não os 5,69€, estava no IRS entregue em Maio. 

    Não digo que não tenha cobrado IVA, mas o facto de o valor do IVA não estar no IRS (que nunca estaria, diga-se), não prova grande coisa.

    Mas já tentou explicar o assunto às Finanças? Não lhe indicaram de qual seria o melhor caminho para corrigir a situação?

    • Upvote 1

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest Ivo
    A 04/11/2016 at 10:35, Pedro Pais disse:

    E qual era a informação que ia nas facturas?

    Corte 7€

     

    Bocado mais abaixo tinha

     

     

    Corte 5,69€

    Iva 23% 1,31€

     

    A empresa que criou o software já não existe. Não devia ter feito o programa assim, mas corte a 7€ e isento de iva segundo artigo 53. Estamos à falar de um erro que não tive culpa.

     

    Pelo menos, reconheceram que não me apoderei de dinheiro. Que tudo o que foi faturado estava na folha de irs entregue em Maio. Se entrou o valor X (serviço+IVA) em determinado ano, este foi declarado no IRS. 

    Se cometesse fraude, só deveria ter declarado no IRS o valor do serviço, sem o IVA e isso não aconteceu.

     

     

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest Ivo
    A 04/11/2016 at 10:35, Pedro Pais disse:
    há 9 minutos, Pedro Pais disse:

    Não digo que não tenha cobrado IVA, mas o facto de o valor do IVA não estar no IRS (que nunca estaria, diga-se), não prova grande coisa.

    Mas já tentou explicar o assunto às Finanças? Não lhe indicaram de qual seria o melhor caminho para corrigir a situação?

    Não. O valor do IVA está no IRS. Aparece o total. Essa está a ser a minha grande vantagem.

    Ex. Se facturei 5000€ dos serviços + Iva 23% = 6150€

    Na folha de IRS em Maio, estão declarados os 6150€.

    As finanças pediram uma fatura de 2013, 2014 e 2015 para analisar  Mas eu estou a tentar saber o máximo para ter armas. Espero que tenham bom senso, o que não acredito muito.

     

    A 04/11/2016 at 10:35, Pedro Pais disse:

    Eles pediram uma fatura de cada ano 2013, 2014 e 2015 para analisarem. Mas estou a tentar saber mais para ter armas caso nao tenha uma resposta de bom senso. Aquilo foi erro do programa.

     

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest Ivo

    Não. O valor do IVA está no IRS. Aparece o total. Essa está a ser a minha grande vantagem.

    Ex. Se facturei 5000€ dos serviços + Iva 23% = 6150€

    Na folha de IRS em Maio, estão declarados os 6150€.

    As finanças pediram uma fatura de 2013, 2014 e 2015 para analisar  Mas eu estou a tentar saber o máximo para ter armas. Espero que tenham bom senso, o que não acredito muito.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest Carla

    Boa tarde,

     

    No de 2016 estive a passar recibos ( ART 53) excedi os 10.000€

    A minha questao é:

    Ese ano tenho de pagar Iva certo ao emitir o recibo tenhode colocar o iva e irs?

     

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest joaquim

    bom dia

    o meu caso é o seguinte: estou com isenção de iva art. 53 mas tenho as seguintes duvidas.

    compro artigos para vender com x de valor mais iva por isso para vender na fatura tenho de por assim

    exemplo compro a 100 euros + iva 23€ = 123 euros 

    vendo a 123 + o meu lucro 10% = 135 euros e na parte de iva sai isento.

    será que estou a fazer bem?

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites

    Your content will need to be approved by a moderator

    Guest
    You are commenting as a guest. If you have an account, please sign in.
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


    ×
    FinancasPessoais.pt

    Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

    Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

    Não mostrar mais esta caixa