Ir para o conteúdo
  • FORMAS DE POUPAR

  • Bunker

    Crédito Habitação - Como me livrar deste empecilho? Insolvência?

    Recommended Posts

    Bunker

    Olá a todos.

    Vou começar por explicar a minha situação, e gostaria de contar com a vossa ajuda para tentar resolver isto pela melhor maneira.

    Tenho um CH no BES (agora Novo Banco) desde 2007.

    Ha cerca de 2 anos fiz um pedido de um ano de periodo de carência para o credito, em que só paguei juros. Recentemente, e devido a alterações familiares, fiz novo pedido que me foi recusado.

    Sendo assim gostava de saber que soluções tenho para tentar livrar deste sufoco?

    Devo pedir insolvencia? Em que condições posso fazê-lo?

    Se quiser entregar a casa ao banco? Como funciona? Eles vendem o imovel e fico com o valor em divida da diferença que fica para pagar?

    Se imigrar, posso optar por essa decisao? de entregar a casa?

    Que outras soluçoes posso ter?

    Obrigado pela vossa ajuda e pelos vossos esclarecimentos !!!

    Partilhar esta publicação


    Link para a publicação
    Partilhar noutros sites
    pauloaguia
    Devo pedir insolvencia? Em que condições posso fazê-lo?
    A condição para pedir a insolvência é não ser capaz de pagar as dívidas todas. Embora não seja preciso chegar a uma situação de incumprimento para se considerar estar nesse estado, talvez seja de tentares algumas alternativas primeiro. Até porque o pedido de insolvência também tem custos...

    Se quiser entregar a casa ao banco? Como funciona? Eles vendem o imovel e fico com o valor em divida da diferença que fica para pagar?
    Basicamente é isso, sim. Mas até a casa ser vendida pode passar bastante tempo e, até lá, não tens propriamente o problema resolvido...

    A menos que tenhas a certeza que a casa consegue ser vendida por um preço próximo do valor em dívida, é capaz de ser melhor procurar outras alternativas primeiro - é que pagar uma renda e as prestações do remanescente da dívida pode ser ainda pior do que a situação em que estás agora...

    Se imigrar, posso optar por essa decisao? de entregar a casa?
    Suponho que estejas a pensar em emigrar e não em imigrar? :)

    Mas naturalmente que sim, é uma hipótese que não depende de estares a morar no imóvel. Embora enquanto a casa não for vendida vais dar por ter a ter que suportar uma renda de um sítio para morar e a prestação do empréstimo (ou o aumento da dívida com os juros), o que é bem pior que o que tens agora.

    Que outras soluçoes posso ter?
    Eu começava por voltar ao banco e pedir para ser integrada num PERSI (http://clientebancario.bportugal.pt/pt-PT/Credito/ApoioSobreEndividamento/Paginas/ApoioSobreEndividamento.aspx)

    O banco terá que analisar a situação e ver se consegue apresentar alguma proposta, renegociando o empréstimo. Tipicamente isso passa por aceitar um período de carência (que já te foi recusado) ou alargar o prazo do empréstimo - em ambos os casos, o custo global do empréstimo aumenta, mas a redução da prestação pode ser suficiente para permitir ultrapassar algumas dificuldades temporárias).

    Se o banco chegar à conclusão que não há contraproposta possível, aí sim, será de considerar a dação em pagamento ou o recurso ao pedido de insolvência.

    Em qualquer caso, a solução que é obtida em acordo com o credor, provavelmente será sempre a que minimiza os prejuízos para ambas as partes...

    Partilhar esta publicação


    Link para a publicação
    Partilhar noutros sites
    Bunker

    Olá Paulo.

    Primeiro, quero agradecer a excelente resposta. Muito obrigado pelos esclarecimentos  :)

    > Insolvência, segundo estive a pesquisar será a última solução. Porque acho que passa por um novo plano com duração de 5 anos e à primeira vista o que pretendo é simplificar e não ir por um caminho mais complexo.

    > Sim, é emigrar.  ;D

    Eu tenho 2 emprestimos. CH + multiopções ( na altura fui induzido a erro, para fazer estes emprestimos desta maneira, porque seria beneficiado "não sei em quê..." e basicamente fui prejudicado a dobrar em tudo, principalmente nos custos, a unica pessoa que beneficiou foi o construtor, nao tinha necessidade de fazer os 2 so mesmo o CH )

    Em termos de emprestimos por exemplo tenho 80K + 20K = 100K € - Posso vender o imovel por 80K e ser possivel desta maneira escriturar e pagar o emprestimo de CH ou terei que saldar os dois ao mesmo tempo?

    Vou pesquisar e ver quais as diferenças entre PERSI e regime - extraordinario

    Partilhar esta publicação


    Link para a publicação
    Partilhar noutros sites
    pauloaguia
    Em termos de emprestimos por exemplo tenho 80K + 20K = 100K € - Posso vender o imovel por 80K e ser possivel desta maneira escriturar e pagar o emprestimo de CH ou terei que saldar os dois ao mesmo tempo?
    Do que conheço, a maior parte dos bancos obriga a amortizar sempre o multiopções primeiro. Até porque tipicamente é o que tem piores condições (logo compensa mesmo amortizar primeiro).

    Em qualquer caso terás sempre de falar com o banco primeiro para ver as tuas opções - se a venda for por um montante superior ao capital em dívida não vão pôr entrave nenhum. Agora, se for para continuar a dever uns milhares, sobretudo sem qualquer garantia por trás (e especialmente se fores emigrar), vais precisar de negociar isso muito bem na mesma... no mínimo cheira-me a contrato novo, com todos os custos associados, e provavelmente uma taxa de juro bem mais alta.

    Partilhar esta publicação


    Link para a publicação
    Partilhar noutros sites
    Bunker

    Pois, vou-me informar no banco se posso amortizar separadamente, ou como poderei fazê-lo. Penso que deverá estar escrito em algum lado, escritura ou qq coisa.

    Acho que agora a solução é ver a questão do PERSI e do Regime-Extraordinário.

    Vou estudar bem os DL's - Penso que passa por aí. Se estiver de acordo posso pedir até 48meses de periodo de carência...

    Depois passa por vender o imovel e liquidar a divida.

    O valor de venda não supera o valor em divida daí a questão de amortizar apenas um emprestimo

    Cumps

    B.

    Partilhar esta publicação


    Link para a publicação
    Partilhar noutros sites

    Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

    Visitante
    Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
    Responder a este tópico

    ×   Colou conteúdo com formatação.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Foi criada uma pré-visualização automática a partir da ligação que colocou.   Mostrar apenas como ligação

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


    ×
    FinancasPessoais.pt

    Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

    Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

    Não mostrar mais esta caixa