Ir para o conteúdo
postman

Alugar casa longe devido ao trabalho -rendas

Recommended Posts

postman

A minha mulher está a trabalhar longe de casa e para usufruir das rendas em 2015 tem que pedir novo cartão NIF (como lhe disseram nas finanças e cada um tem de entregar individualmente o IRS).As minhas dúvidas são as seguintes:

  1- Nesta situação podemos manter a cruz no quadrado de "casados" ou somos obrigados a coloca-la no que indica "separação de facto"?

  2- Mesmo com dois cartões NIF de localidades diferentes não podemos entregar o mesmo IRS, apesar das finanças dizerem o contrário (eu pergunto isto porque eles foram um pouco hesitantes quando lhes fui pôr esta questão)?

Muito obrigado.

Vitor Claudino

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
pauloaguia

A opção separados de facto deixou de existir a partir deste ano, até porque a norma passa a ser a tributação separada.

Os casados podem continuar a meter a declaração conjunta (assim como os unidos de facto). No caso dos casados não há qualquer restrição relativamente às moradas dos dois para isso acontecer (ao contrário do caso das uniões de facto, onde essa restrição existe e advém da própria definição de união de facto).

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoticons maximum are allowed.

×   Foi criada uma pré-visualização automática a partir da ligação que colocou.   Mostrar apenas como ligação

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
FinancasPessoais.pt

Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

Não mostrar mais esta caixa