Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Sign in to follow this  
    R.T.

    quais os descontos de IRS, de casado com 1 filho e 1 ou 2 titulares

    Recommended Posts

    R.T.

    Bom dia

    As minhas dúvidas são sobre quais os descontos de IRS, de casado com 1 filho e 1 ou 2 titulares, sendo que segundo eu percebi, quando 1 dos elementos do casal não tem qualquer actividade (dependente ou independente) o agregado enquadra-se no Escalão casado, mas apenas 1 titular, certo????

    Em relação ao ano de 2008 a minha mulher (trabalho dependente) descontou +/- 18% sobre 2100 Euros o ano todo, mas eu em Abril de 2008 encerrei a actividade, logo como é que irão fazer as contas??? 2 Titulares até Abril e o resto do ano 1 titular???? Irei ser reembolsado??? Aquando dos acertos este ano???

    Agora em 2009 em Janeiro descontou 19% sobre 2200Euros, mas a partir de Fevereiro vai começar a descontar 14% sobre 2200 euros, pois como eu continuo sem qualquer actividade, enquadro-me no escalão: Casado com 1 filho mas apenas 1 titular, certo???

    Mas se eu por exemplo, em Dezembro de 2009 abrir a actividade, como vai ser??? Será considerado o ano todo como 2 titulares e depois em 2010 nos acertos de IRS eu teria que pagar bastante!!!

    Com os melhores cumprimentos

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    pauloaguia

    As minhas dúvidas são sobre quais os descontos de IRS, de casado com 1 filho e 1 ou 2 titulares,

    Os descontos acho que são os mesmos.

    Em relação ao ano de 2008 a minha mulher (trabalho dependente) descontou +/- 18% sobre 2100 Euros o ano todo, mas eu em Abril de 2008 encerrei a actividade, logo como é que irão fazer as contas??? 2 Titulares até Abril e o resto do ano 1 titular???? Irei ser reembolsado??? Aquando dos acertos este ano???

    Em primeiro lugar continuais a meter a declaração em conjunto, como é óbvio - tu tens rendimentos do ano passado e isso é que interessa. Depois, no anexo B que te diz respeito, declaras o encerramento da actividade (há lá uma caixa para esse efeito).

    O reembolso é feito ao agregado e não a cada um dos elementos individualmente. Portanto se há ou não lugar a reembolso vai depender dos rendimentos dos 2. De qualquer forma, se tu tiveste poucos rendimentos, o rendimento do agregado fica mais baixo do que se tivessem recebido os dois durante o ano todo, talvez dê para ficar num escalão mais baixo e a probabilidade de receberes dinheiro de volta será muito maior.

    Para teres a certeza o melhor mesmo é fazer uma simulação: http://www.pedropais.com/forum/index.php/topic,1079.0.html

    Agora em 2009 em Janeiro descontou 19% sobre 2200Euros, mas a partir de Fevereiro vai começar a descontar 14% sobre 2200 euros, pois como eu continuo sem qualquer actividade, enquadro-me no escalão: Casado com 1 filho mas apenas 1 titular, certo???

    O que interessa não é o teu enquadramento mas o dela ;)

    Mas sim, é isso...

    Mas essa alteração podia ter sido feita logo em Abril, acho eu. Quando nasce um filho, por exemplo, a taxa de retenção na fonte também é logo actualizada, ou não?

    Mas se eu por exemplo, em Dezembro de 2009 abrir a actividade, como vai ser??? Será considerado o ano todo como 2 titulares e depois em 2010 nos acertos de IRS eu teria que pagar bastante!!!

    Mais uma vez, o que interessa é sobretudo o rendimento do agregado. Aliás, acho que o cálculo do IRS nem distingue entre casados com 1 titular ou casados com 2 titulares, essa distinção só existe ao nível das retenções na fonte, se não me engano.

    De qualquer forma, o facto de tu pouco contribuires para os rendimentos do agregado vai fazer com que fiqueis num escalão mais baixo. Sobretudo se ocmeçarem só em Dezembro, a diferença será pouco significativa.

    Mais uma vez, assim que arranjares nova fonte de rendimento, convém que a tua esposa actualize a sua situação junto da empresa onde trabalha de forma a que a retenção na fonte seja feita correctamente. Senão, como dizes, arriscais-vos a pagar muito quando chegar o acerto de contas...

    Se algum dos especialistas fiscais que por aqui andam quiser confirmar / corrigir o que disse, força. Eu próprio não tenho a certeza de algumas coisas que escrevi...

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Girassol

    R.T.

    quando 1 dos elementos do casal não tem qualquer actividade (dependente ou independente) o agregado enquadra-se no Escalão casado, mas apenas 1 titular, certo?

    Certo. Este enquadramento só interessa quando estamos perante trabalho dependente, de forma a ser feita a retenção na fonte adequada.

    Sempre que há uma alteração no agregado familiar, relacionada com o cônjuge ou os dependentes, esta deve ser logo comunicada à entidade patronal, para se descontar Irs de forma correcta.

    vai começar a descontar 14% sobre 2200 euros

    A taxa está a ser bem aplicada, atendendo à situação actual do agregado familiar. Em Dezembro de 2009, caso comeces com a nova actividade, a tua esposa terá de comunicar essa alteração à entidade patronal, passando a ser dois titulares, um dependente.

    Quando se procede à entrega da Mod. 3, o que conta é a situação do agregado familiar em 31 de Dezembro, portanto, no teu caso, o fisco vai fazer o cálculo do imposto, tendo em conta que são casados com 1 dependente.

    Se vais ser reembolsado ou não, além dos rendimentos da tua esposa, tudo depende dos rendimentos que obtiveste de Janeiro a Abril de 2008, e das despesas que tenhas (habitação, educação, seguros, etc...).

    Girassol

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    R.T.

    Obrigado pelas respostas, mas houve algumas coisas que eu ainda não percebi!!!

    Vamos imaginar que nós entregamos o Irs sem apresentar despesas, ou abatimentos, apenas os rendimentos e as retenções.

    1º caso

    Casado, 1 titular e 1 dependente.

    O Titular recebeu 2200 x 14 ordenados = 30800 e descontou 4312 Euros (14%), em 2010 recebemos ou pagamos alguma coisa???

    2º caso

    Casado, 1 ou 2 titulares e 1 dependente

    1º titular tem actividade aberta Janeiro, Fevereiro, Março e Abril e passa em recibos verdes 1400 Euros.

    No final de Abril fecha actividade e fica sem qualquer tipo de trabalho.

    o 2º titular recebeu 2200 x 14 ordenados = 30800 e descontou 5852 Euros (19%), em 2010 recebemos ou pagamos alguma coisa???

    3º caso

    Casado, 1 ou 2 titulares e 1 dependente

    1º titular abre e fecha actividade em Dezembro e passa 1 recibo de 350 Euros

    O 2º titular recebeu 2200 x 14 ordenados = 30800 e descontou 4312 Euros (14%), em 2010 recebemos ou pagamos alguma coisa???

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites

    Join the conversation

    You are posting as a guest. If you have an account, sign in now to post with your account.
    Note: Your post will require moderator approval before it will be visible.

    Guest
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

    Sign in to follow this  

    ×
    ×
    • Create New...
    FinancasPessoais.pt

    Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

    Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

    Não mostrar mais esta caixa