Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • car4321

    Nova Tributação de Fundos Nacionais

    Recommended Posts

    car4321

    Acompanhei em Dezembro a discussão sobre a espetativa da nova tributação de fundos nacionais.

    Já saiu hoje em DR:

    https://dre.pt/application/conteudo/66145328

    e parece-me que não poderia estar mais correta e simplificada para o subscritor de fundos, a não ser que me escape alguma coisa.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest miguelalmeida

    Boa tarde,

    pode-me explicar com uma situação prática o que acontece actualmente e o que vai acontecer a partir da entrada em vigor deste decreto-lei?

    Imaginemos que investi 10.000€ num fundo nacional há uns tempos e que no dia 30 de junho as o valor está em 11.000€.

    - O que acontece se o resgatar no dia 30 de junho de 2015?

    - O que acontece se o resgatar a partir do 1 de julho de 2015? (data da entrada em vigor)

    Obrigado

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    D@vid

    Acontece o mesmo, tens 1000€ de mais valias.

    Isto se os fundos Portugueses ficarem iguais aos estrangeiros, ou seja, com obrigatoriedade de declarar no IRS no próximo ano.

    No entanto penso eu que só se tem de declarar em IRS as mais valias a apartir de Julho  porque o fundo até Junho paga IRC á cabeça...mas sinceramente não sei como irá ser esse processo.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    PedroPinto

    Estive a pensar neste problema....

    Quando se diz que os fundos nacionais tem uma rendibilidade liquida deve-se ao facto de o imposto de 28% ser pago pelo fundo. Mas este imposto apenas é cobrado/pago aquando do resgate, correto?

    Se assim for, simplesmente o que acontece é que se na hora que resgatamos um fundo nacional este apresenta (por exemplo) 100 euros de mais valias (liquidas para nos), na verdade o fundo apresenta rendibilidade de ~139 euros (bruta).

    Nao havera assim, uma solucao bastante simples? Se resgatarem no dia 30 de junho resgatam 100 euros que nao temos que declarar no IRS, se resgatarmos a partir de dia 1 de julho, iremos resgatar 139 euros os quais teremos que declarar no IRS. (obviamente, partindo do principio que o valor do fundo se mantinha inalterado)

    Nao me parece, muito complicado, ou estarei a esquecer algo?

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    D@vid

    Não são 28% são 25% de IRC mas pouco importa.

    Sim de facto é isso, quando queres comparar um fundo Português com um estrangeiro temks de fazer essa conta, eu cheguei em tempos a dar o exemplo de 2 fundos, o NB Obrigacões Europa e o NB Euro Bond, são iguais, a mesma carteira e tudo, no entanto a diferença de rentabilidade, plo menos era e agora não fui ver, era minima se fizessemos a conta para calcular a rentabilidade bruta de um e liquida no outro.

    O que me dá entender que a rentabilidade a passar a deixar de ter os 25% de IRC passa a ser maior...

    Eu não vejo isto como um problema nem me vou dar ao trabalho de resgatar fundo num dia para voltar a aplicar no da seguinte, se nem ainda se sabe o que vai acontecer...

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    PedroPinto

    Concordo, mas algo terá que ser diferente para quem tem o fundo antes de 1 de julho ou o adquira depois desta data. De outra forma quem tiver o fundo antes terá parte das suas mais valias tributadas duplamente, e obviamente isto nao é sequer imaginável, eu diria...

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    D@vid

    Sim, mas não existe dupla tributação para o investidor na prática, aliás ele actualmente nem é tributado, daí também haver discordância de declarar actualmente esses fundos no IRS quando os queremos englobar, porque os mesmos não foram tributados ao investidor.

    Mas terá de haver algo novo sem dúvida.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest miguelalmeida

    Pois, vamos aguardar....

    Sou um novato nestas andanças... há duas semanas apliquei umas poupanças em dois fundos da caixagest - Ações Líderes Globais e Seleção Global (misto de 60% obrigações e 40% ações). Fiz esta aplicação por sugestão da minha gestora de conta da cgd, que na altura me disse que os rendimentos seriam líquidos... entretanto andei a ler umas coisas e percebi que não seria bem assim....

    Obrigado pelos vossos esclarecimentos.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    D@vid

    Pois, vamos aguardar....

    Sou um novato nestas andanças... há duas semanas apliquei umas poupanças em dois fundos da caixagest - Ações Líderes Globais e Seleção Global (misto de 60% obrigações e 40% ações). Fiz esta aplicação por sugestão da minha gestora de conta da cgd, que na altura me disse que os rendimentos seriam líquidos... entretanto andei a ler umas coisas e percebi que não seria bem assim....

    Obrigado pelos vossos esclarecimentos.

    Actualmente são, depois de 1 de Julho continuarão a ser, a diferença é que os fundos de investimentos passaram a ter o mesmo tratamento de outros activos financeiros como as acções ou obrigações, terão de ser declarados no IRS.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    steinmetz

    Boa noite,

    Relativamente ao IRS de 2014, que está a ser feito este ano (2015), pedia-vos o favor de esclarecer a seguinte dúvida:

    Possuo alguns fundos de investimento nacionais e alguns fundos de investimento nacionais/internacionais num outro banco. Este último banco enviou-me uma "declaração de movimentos de registo/depósito de valores mobiliarios" com a listagem de movimentos relativos a fundos que fiz em 2014.

    Não optando pelo englobamento, é obrigatório declarar alguma coisa na declaração de IRS relativo aos fundos de investimento, quer nacionais, quer não nacionais?

    Desde já obrigado.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    steinmetz

    Sem englobamento, nenhum fundo precisa de ser declarado.

    Só é necessário declarar no IRS de 2015, a ser feito em 2016, correto?

    Já agora mais uma questão: quando é feito o resgate de um fundo de investimento estrangeiro, não deveria ser debitado o IRS correspondente às mais valias?

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    ABCD

    Mas, no próximo ano, há certos fundos de declaração obrigatória!...

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    ruicarlov

    Já agora mais uma questão: quando é feito o resgate de um fundo de investimento estrangeiro, não deveria ser debitado o IRS correspondente às mais valias?

    Sim, normalmente são retidos os 28% sobre as mais-valias. Agora pode acontecer é que nos movimentos do banco apareça apenas o montante líquido creditado na conta.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    D@vid

    Só é necessário declarar no IRS de 2015, a ser feito em 2016, correto?

    Já agora mais uma questão: quando é feito o resgate de um fundo de investimento estrangeiro, não deveria ser debitado o IRS correspondente às mais valias?

    Anos anteriores sim, este ano já não há retenção, apenas em fundos que pagam rendimentos periódicos ( dividendos ).

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    steinmetz

    Anos anteriores sim, este ano já não há retenção, apenas em fundos que pagam rendimentos periódicos ( dividendos ).

    Ok, obrigado!

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    FoxNinja

    Actualmente são, depois de 1 de Julho continuarão a ser, a diferença é que os fundos de investimentos passaram a ter o mesmo tratamento de outros activos financeiros como as acções ou obrigações, terão de ser declarados no IRS.

    Os fundos só se têm que declarar no IRS quando é feito o resgate do mesmo certo?

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    D@vid

    Os fundos só se têm que declarar no IRS quando é feito o resgate do mesmo certo?

    Certo.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites

    Your content will need to be approved by a moderator

    Guest
    You are commenting as a guest. If you have an account, please sign in.
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


    ×
    FinancasPessoais.pt

    Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

    Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

    Não mostrar mais esta caixa