Ir para o conteúdo
::tgo::

Declaração de IRS: Despesas de formação/educação

Recommended Posts

::tgo::

Bom dia a todos

Tenho uma dúvida sobre despesas de educação/formação que é a seguinte:

A minha esposa trabalha por conta de outrem e está a tirar uma pós-graduação na Universidade de Coimbra.

O que eu gostaria de saber é se é possível deduzir as propinas que ela pagou, bem como o restante material (livros, etc.)

Em caso afirmativo, onde é que se declaram essas despesas? No anexo A ou no H? Eu nunca percebi muito bem a diferença entre os dois itens: falam ambos em despesas de educação/formação.

Desde já obrigado pela ajuda.

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
Daniela

Boa tarde,

Segundo a minha interpretação pode ser tanto de um campo como outro, as despesas da pós-graduação é considerada despesa de educação, bem como o restante material.

O que eu considero despesa em formação, são por exemplo, formações que ela tenha de fazer devido ao trabalho que ela exerce, por exemplo, os TOC's são obrigados a fazer algumas formações durante o ano, isso, é considerado despesa em formação, pois está directamente relacionado com a sua actividade.

Se a Pós-Graduação estiver directamente ligada ao trabalho que a sua esposa exerce, pode também considerar despesa de formação, mas eu faria o seguinte, ver qual o mais benéfico para vocês. Pois se não me engano, embora as despesas de formação tenham um limite menor que as despesas de educação, a percentagem de dedução acho que é maior, por isso, antes de optar por um dos campos veja qual o mais vantajoso.

Mas por favor confirmem se é mesmo assim!

Como já disse é a interpretação que faço, o que não quer dizer que seja a correcta.

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
Girassol

::tgo::

De uma forma resumida é assim:

No anexo A, código 407, devemos mencionar as quotas para ordens profissionais, bem como as despesas de formação profissional, indispensáveis ao exercício da respectiva actividade desenvolvida por conta de outrém. As despesas de formação profissional só são aceites desde que a entidade formadora seja reconhecida como tendo competência no domínio da formação profissional pelo Ministério competente.

No anexo H, quadro 8, devemos mencionar as despesas de educação e de formação profissional, que não estejam propriamente relacionados com a actividade profissional desenvolvida por conta d'outrém.

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
sandra 86

Boa tarde,

Estou a tirar um curso de formaçao, onde me pediram 5€.

Informaram me que nao me passam recibo desses 5 eur, porque é um imposto que pagam as finanças sobre o contrato.

Nao terei direito a um recibo desse valor? Para depois colocar nas despesas de formaçao no IRS?

Uma vez que é um custo de formaçao para mim.

Já agora, em relaçao ao imposto de selo que se paga sob os contratos, na empresa onde trabalho, nunca pagaram esse imposto sob os contratos de trabalho dos funcinários,o meu contrato de trabalho e valido?A empresa na estará a praticar uma contra-ordenaçao?è que nunca foram notificados pelas finanças de nao terem pago esse imposto.

Agradeço a vossa atençao,

Sandra

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
pauloaguia

Boa tarde,

Estou a tirar um curso de formaçao, onde me pediram 5€.

Informaram me que nao me passam recibo desses 5 eur, porque é um imposto que pagam as finanças sobre o contrato.

Nao terei direito a um recibo desse valor? Para depois colocar nas despesas de formaçao no IRS?

Uma vez que é um custo de formaçao para mim.

Em princípio diria que sim - imagina que perdiam os 5€ ou o seu registo, pelo menos, e tos pediam amanhã outra vez? Como é que ias provar que tinhas entregue os 5€?

Agora daí a ser descontado no IRS acho que talvez já não desse... mas não sei.

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
sandra 86

Bom dia. Obrigado pela resposta.

Pois, eu solicitei o recibo  e a resposta que me deram foi "nao temos recibo, porque é um imposto que pagamos ás finanças".

Talvez colocarei essa questao, "imagina que perdiam os 5€ ou o seu registo, pelo menos, e tos pediam amanhã outra vez? Como é que ias provar que tinhas entregue os 5€?".

Cumprimentos,

Sandra

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
pauloaguia

Só mais algumas ideias sobre isto - quando eu compro umas calças, 1/6 desse valor também é imposto para pagar às Finanças (IVA). No entanto, a loja passa-me o recibo pela totalidade, como é óbvio. Aliás, as Finanças sabem o que têm que cobrar em função dos recibos passados pela loja.

Se calhar era melhor deixares registo disso no livro de reclamações - cheira-me que há por aí fuga fiscal...

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
sollis

OLá

Alguém tem um esclarecimento mais concreto acerca da inclusão de despesas com formação: Congressos, Jornadas e afins, nos campos de despesas?

Grato

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoticons maximum are allowed.

×   Foi criada uma pré-visualização automática a partir da ligação que colocou.   Mostrar apenas como ligação

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
FinancasPessoais.pt

Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

Não mostrar mais esta caixa