Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Guest Rafaela

    Crédito Universitário - Pagamento

    Recommended Posts

    Guest Rafaela

    Olá a todos!

    Queria pedir ajuda para um esclarecimento.

    Fiz um crédito universitário em janeiro de 2011 no santander totta de 4 anos e no valor de  20 000€, para ser pago em 10 anos + 1 ano de carencia. Em janeiro de 2015 inicia o dito ano de carência, em que o valor cobrado ronda os 80€ mensais. Só acabo a licenciatura em Fevereiro de 2015, e pelas minhas contas neste momento só tenho condições de pagar os primeiros dois meses do ano de carência. Não sei quando arranjo um trabalho, e por isso tenho andado com falta de sono a pensar neste assunto.

    O que poderá acontecer em Março de 2015 se não tiver possibilidade de pagar a mensalidade? E se esta situação se prolongar até julho ou mais?!!

    Obrigada pela atenção.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    pauloagsantos

    bem o melhor é ler com atenção o contracto de crédito e ver o que lá está, mas assim de repente se não tiveres bens nem ordenado não há nada que o banco possa fazer além de que ir somando juros para serem cobrados um dia quando arranjares emprego.

    no entanto se existir nesse crédito algum fiador ele será chamado a pagar as mensalidades. Foste a unica a assinar o contracto ou mais alguém assinou.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    ABCD

    Fiz um crédito universitário em janeiro de 2011 no santander totta de 4 anos e no valor de  20 000€,

    para ser pago em 10 anos + 1 ano de carencia.

    Em janeiro de 2015 inicia o dito ano de carência, em que o valor cobrado ronda os 80€ mensais.

    acabo a licenciatura em Fevereiro de 2015, e pelas minhas contas neste momento só tenho condições de pagar os primeiros dois meses do ano de carência. Não sei quando arranjo um trabalho, e por isso tenho andado com falta de sono a pensar neste assunto.

    O que poderá acontecer em Março de 2015 se não tiver possibilidade de pagar a mensalidade? E se esta situação se prolongar até julho ou mais?!!

    Obrigada pela atenção.

    Que contas fez quando foi pedir o crédito universitário?

    5000€/ano e depois logo se vê?

    "Torrou" o capital todo e agora é que se preocupa?

    Só viu facilidades no inicio e nem se lembrou da eventualidade de não ter possibilidade de pagar? Ou na possibilidade de não ter "trabalho" no imediato?

    Tal como se afigura, admira-me a forma como "geriu" as finanças.

    Não lhe foi possível solicitar bolsa?

    Se não era bolseira e precisava de capital devia ter algum cuidado, aconselhando-se com familiares, antes de avançar para o crédito...

    Podia ter solicitado um período de 6 meses após a conclusão do "curso" exatamente para dar tempo de encontrar trabalho/estágio...

    Agora, deverá ler muito bem o contrato e ir informar-se, expondo a situação tal como se afigura atualmente, ao balcão onde efetuou o crédito...

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Tiago Pereira

    Olá a todos!

    Queria pedir ajuda para um esclarecimento.

    Fiz um crédito universitário em janeiro de 2011 no santander totta de 4 anos e no valor de  20 000€, para ser pago em 10 anos + 1 ano de carencia. Em janeiro de 2015 inicia o dito ano de carência, em que o valor cobrado ronda os 80€ mensais. Só acabo a licenciatura em Fevereiro de 2015, e pelas minhas contas neste momento só tenho condições de pagar os primeiros dois meses do ano de carência. Não sei quando arranjo um trabalho, e por isso tenho andado com falta de sono a pensar neste assunto.

    O que poderá acontecer em Março de 2015 se não tiver possibilidade de pagar a mensalidade? E se esta situação se prolongar até julho ou mais?!!

    Obrigada pela atenção.

    Depende do tipo de crédito que foi feito, Rafaela. Se foi um produto normal de crédito do banco, começam a cair os procedimentos habituais para incumprimento de crédito como qualquer outro produto.

    Se tiver sido ao abrigo do programa de crédito universitário de garantia mútua, caso haja incumprimento do crédito e não existam possibilidades de pagar, o Estado, na pessoa da Lisgarante, Norgarante ou Garval (dependendo da zona), cobre as prestações sempre que não exista emprego e não existam quaisquer rendimentos ou estes sejam inferiores ao valor da prestação mensal.

    Funciona um pouco como fiador: se incumprir, quem entra é o Estado. A única questão é que isto só é válido enquanto não tem emprego e, logo que tenha e seja dada indicação no banco (com ordenado regular) ou no Estado (com desccontos feitos para a Segurança Social), regressa o pagamento das prestações, tendo que avisar sempre - e eu repito sempre! - as duas instituições, sempre que tal ocorra.

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest Tiago
    A 11/02/2015 at 14:14, Tiago Pereira disse:

     

    As prestações pagas pelo Estado abatem o capital em divida com o Banco?

    Obrigado

     

    Citação

     

    Depende do tipo de crédito que foi feito, Rafaela. Se foi um produto normal de crédito do banco, começam a cair os procedimentos habituais para incumprimento de crédito como qualquer outro produto.

     

     

    Se tiver sido ao abrigo do programa de crédito universitário de garantia mútua, caso haja incumprimento do crédito e não existam possibilidades de pagar, o Estado, na pessoa da Lisgarante, Norgarante ou Garval (dependendo da zona), cobre as prestações sempre que não exista emprego e não existam quaisquer rendimentos ou estes sejam inferiores ao valor da prestação mensal.

     

     

    Funciona um pouco como fiador: se incumprir, quem entra é o Estado. A única questão é que isto só é válido enquanto não tem emprego e, logo que tenha e seja dada indicação no banco (com ordenado regular) ou no Estado (com desccontos feitos para a Segurança Social), regressa o pagamento das prestações, tendo que avisar sempre - e eu repito sempre! - as duas instituições, sempre que tal ocorra.

     

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites

    Your content will need to be approved by a moderator

    Guest
    You are commenting as a guest. If you have an account, please sign in.
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


    ×
    FinancasPessoais.pt

    Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

    Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

    Não mostrar mais esta caixa