Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • apaiva72

    Resgate PPR fora das condições legais

    Recommended Posts

    apaiva72

    Boa noite.

    Eu estava a pensar efectuar um resgate de um PPR /E fora das condições legais.

    Constitui o PPR/E em 2003, e desde então o meu histórico de valores declarados na declaração do IRS foram os seguintes:

    2003 - 550€

    2004 - 2600€

    2005 - 0 (não havia beneficios fiscais)

    2006 - 600€

    2007 - 800€

    2008 - 1096.58€

    2009 - 600€

    2010 - 600€

    2011 - 600€

    2012 - 600€

    2013 - 600€

    Qual será o valor que terei que devolver, já com as penalizações todas. Algué, sabe efectuar este cálculo?

    Muito Obrigado,

    António Paiva

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    pauloaguia

    O EBF refere as penalizações no número 4 do artigo 21º do EBF: http://info.portaldasfinancas.gov.pt/pt/informacao_fiscal/codigos_tributarios/bf_rep/bf21.htm

    Grosso modo, tem que se devolver o benefício fiscal usufruído acrescido de 10% por cada ano passado.

    Os montantes que dão direito ao benefício fiscal, assim como a percentagem que é dedutível têm variado ao longo dos anos, pelo que é preciso ir a cada versão anterior do EBF confirmar qual foi efetivamente o benefício fiscal em cada ano (outra hipótese é correr novamente os simuladores desses anos, se ainda estiverem disponíveis, e ver a diferença na coleta declarando ou não o PPR/E).

    Não me vou por a fazer essas contas, mas vão ser montantes elevados, de alguns milhares (só os 10% ao ano desde 2003 significam que o benefício vai ser devolvido em mais do dobro).

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest António Paiva

    Muito Obrigado pela resposta.

    Pois, essa é uma das minhas duvidas. Esses 10% tem que se pagos ao ano? Pensei ser apenas referente ao ano do beneficio.

    Exemplo: 2003 - beneficio de 400€, logo nesse ano, penalização de 10%, alem dos 400€, totalizando 440€ e não, 10% por cada ano, ou seja, 40 x 11 anos, que dá 440€ a somar aos 400€ do beneficio.

    Esses 10% não será apenas referente a cada ano respectivo do beneficio?

    Obrigado,

    António Paiva

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    pauloaguia

    Pois, essa é uma das minhas duvidas. Esses 10% tem que se pagos ao ano? Pensei ser apenas referente ao ano do beneficio.

    Esses 10% não será apenas referente a cada ano respectivo do beneficio?

    devendo as importâncias deduzidas, majoradas em 10 %, por cada ano ou fracção, decorrido desde aquele em que foi exercido o direito à dedução, ser acrescidas à colecta do IRS

    Eu leio que as importâncias deduzidas são majoradas em 10% por cada ano ou fração.

    Tu lês que as importâncias deduzidas por cada ano ou fração são majoradas em 10%.

    Pessoalmente, e porque não me faz muito sentido falar em deduções por fração de ano, acho que a minha interpretação está mais correta. Também acho que faz sentido aplicar alguma penalização que vai crescendo com o tempo, para levar em conta a desvalorização do dinheiro (embora 10% me pareça excessivo para os dias de hoje; mas não pareceria há 20 anos atrás, por exemplo).

    Mas, se queres saber como as Finanças vão interpretar, deves colocar a questão às Finanças...

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest António Paiva

    Sim,

    Obrigado pela resposta. Já fiz essa pergunta através de um requerimento a semana passada.

    António Paiva

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest António Paiva

    E já agora,

    Onde entra esta questão: "...ou quando tenham decorrido, pelo menos, cinco anos a contar da respectiva entrega e ocorra qualquer uma das situações definidas na lei..." ?

    Será que só podem aplicar essas penalizações aos ultimos 5 anos

    Obrigado

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    pauloaguia

    E já agora,

    Onde entra esta questão: "...ou quando tenham decorrido, pelo menos, cinco anos a contar da respectiva entrega e ocorra qualquer uma das situações definidas na lei..." ?

    Será que só podem aplicar essas penalizações aos ultimos 5 anos

    A frase completa, retiradas algumas partes que não são importantes, é:
    A fruição do benefício ... fica sem efeito, devendo as importâncias deduzidas ... ser acrescidas à colecta ..., se aos participantes ... for concedido o reembolso dos certificados, salvo ... quando tenham decorrido, pelo menos, cinco anos a contar da respectiva entrega e ocorra qualquer uma das situações definidas na lei.
    Ou seja, a interpretação que faço, é que o resgate, mesmo nas condições definidas na lei, só não obriga à devolução do benefício fiscal se tiverem decorrido pelo menos 5 anos desde as entregas. Há ali um 'e' que faz toda a diferença...

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    Guest kitah

    Boa tarde!

    Tenho uma questão relativa a este assunto e procuro alguém que me saiba ajudar e esclarecer.

    Fiz um PPR em 2013 com o montante de 500€. Desde então nunca mais lá coloquei dinheiro. Em 2014 recebi 100€ de beneficio fiscal.

    Agora gostaria de resgatar os 500€ que lá tenho e terminar com o PPR, gostaria de saber o que fazer, sei que tenho de devolver os 100€, como faço essa devolução, etc.

    Cumps e obrigada!

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    pauloaguia
    Fiz um PPR em 2013 com o montante de 500€. Desde então nunca mais lá coloquei dinheiro. Em 2014 recebi 100€ de beneficio fiscal.

    Agora gostaria de resgatar os 500€ que lá tenho e terminar com o PPR, gostaria de saber o que fazer, sei que tenho de devolver os 100€, como faço essa devolução, etc.

    Na próxima declaração de IRS, no anexo H, declaras o resgate do PPR. Supostamente o fisco, ao calcular o imposto, vai acrescentar os 100€ e mais 10% por cada ano passado desde que o benefício foi atribuído: http://info.portaldasfinancas.gov.pt/pt/informacao_fiscal/codigos_tributarios/bf_rep/bf21.htm

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites

    Your content will need to be approved by a moderator

    Guest
    You are commenting as a guest. If you have an account, please sign in.
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


    ×
    FinancasPessoais.pt

    Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

    Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

    Não mostrar mais esta caixa