Jump to content
  • FORMAS DE POUPAR

  • Guest luisdamasio

    duvida entre vender ou manter imovel arrendado

    Recommended Posts

    Guest luisdamasio

    Boa tarde

    Tenho uma questão a qual não tenho resposta:

    Recebo de um imóvel arrendado cerca de 330,00 € mensais. Pago 37,00 € de condomínio e IMI anual no valor de 180,00 €. E ainda vou pagar 28% de IRS.

    De um outro imóvel, tenho um empréstimo bancário a 25 anos no valor de 80.000,00 €, com um spread de 3,1% (Euribor a 3 meses), o que dá uma prestação mensal de 400,00 €.

    Como surgiu a hipótese de vender o imóvel arrendado por 90.000,00 €, não sei se é melhor vender e liquidar o empréstimo, ou manter a situação tal como está.

    Obrigado

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    pauloaguia

    Se queres uma resposta de um ponto de vista puramente matemático, parece-me preferível trocar uma receita anual de cerca de 2400€ por uma poupança de 4800€ (descontando as deduções no IRS, que devem ser de um valor bastante mais baixo) e, eventualmente, ainda acrescentar a mais valia da venda do imóvel.

    Outras variáveis a ter em conta:

    * será que daqui por uns anos se consegue vender o apartamento por mais ou menos do que agora?

    * se se mantiver o apartamento e o inquilino se mudar, quão fácil é arranjar outro para manter o nível de rendimento?

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites
    ABCD

    Boa tarde

    Tenho uma questão a qual não tenho resposta:

    Recebo de um imóvel arrendado cerca de 330,00 € mensais. Pago 37,00 € de condomínio e IMI anual no valor de 180,00 €. E ainda vou pagar 28% de IRS.

    De um outro imóvel, tenho um empréstimo bancário a 25 anos no valor de 80.000,00 €, com um spread de 3,1% (Euribor a 3 meses), o que dá uma prestação mensal de 400,00 €.

    Como surgiu a hipótese de vender o imóvel arrendado por 90.000,00 €, não sei se é melhor vender e liquidar o empréstimo, ou manter a situação tal como está.

    Obrigado

    Rende-lhe mais se vender, liquidar o crédito (no todo ou em parte) da habitação própria e permanente e colocar o remanescente a render.

    Tal como foi dito anteriormente, não sabe se "amanhã" voltará a ter outra possibilidade de vender por esse valor ou no caso do inquilino sair, se virá a arranjar outro (e com a consequente necessidade de efetuar obras, e pagar as despesas fixas que referiu ou outras que surjam mais tarde)!...

    Share this post


    Link to post
    Share on other sites

    Your content will need to be approved by a moderator

    Guest
    You are commenting as a guest. If you have an account, please sign in.
    Reply to this topic...

    ×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

      Only 75 emoji are allowed.

    ×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

    ×   Your previous content has been restored.   Clear editor

    ×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


    ×
    FinancasPessoais.pt

    Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

    Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

    Não mostrar mais esta caixa