Ir para o conteúdo
presidentedajunta

CGD, Santander Totta, BPI

Recommended Posts

presidentedajunta

Boas,

Como sabemos das notícas o ganha praticamente todos os anos como banco mais sólido em Portugal o Santander Totta.

Ora sabemos que este banco apresenta todos os anos melhores resultadoss que os concorrentes. Muitos dizem que é por pertencer ao maior banco da zona euro e que são resultados empolados.

BPI é um banco que desde sempre teve uma boa aceitação no nosso país e se formos vem a ver é o único banco dos grandes que ainda não teve o seu nome associado a polémicas.

CGD é o eterno banco do estado considerado por muitos o mais sólido somente por pertencer a um estado sem dinheiro.

Ora posto isto gostaria ter a vossa opinião de qual consideram o mais sólido destes três bancos.

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
presidentedajunta

aliás pedi a opinião mas os números não enganam e o Santander apresenta os melhores rácios...

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
presidentedajunta

hoje, depois de ver bem as contas do crédito agrícola poderia ser um banco para colocar aqui a competir com os bancos de retalho mais sólidos.

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoticons maximum are allowed.

×   Foi criada uma pré-visualização automática a partir da ligação que colocou.   Mostrar apenas como ligação

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
FinancasPessoais.pt

Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

Não mostrar mais esta caixa