Ir para o conteúdo
Entrar para seguir isto  
elbmurcs

Subsídio mensal vitalício (deficiência) acumular com trabalho

Recommended Posts

elbmurcs

É possível acumular subsídio mensal vitalício de deficiência com trabalho, nem que seja um valor muito baixo, abaixo do salário mínimo?

Eu encontrei isto na segurança social

O descendente separado de pessoas e bens, divorciado ou viúvo, tiver um rendimento mensal igual ou superior a 187,18 EUR (44,65% do valor do IAS).

É possível declarar uma remuneração assim tão baixa à segurança social?

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
elbmurcs

Afinal não se aplica o que eu escrevi acima. O que eu queria dizer é que o sujeito é solteito e obviamente depende do pai, porque é deficiente. Encontrei isto num ficheiro da segurança social.

O jovem pode trabalhar sem perder o direito ao subsídio mensal vitalício?

Apenas se a sua atividade não estiver enquadrada por um regime de proteção social obrigatório, ou

seja, se não for obrigado a descontar para a Segurança Social.

No entanto, os rendimentos têm de ser reduzidos, uma vez que este subsídio se destina a pessoas

que não conseguem assegurar o seu próprio sustento através do trabalho

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoticons maximum are allowed.

×   Foi criada uma pré-visualização automática a partir da ligação que colocou.   Mostrar apenas como ligação

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Entrar para seguir isto  

×
FinancasPessoais.pt

Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

Não mostrar mais esta caixa