Ir para o conteúdo
investidorPT

Investir 150.000€ - devo diversificar?

Recommended Posts

AKIROKAWA

No que diz respeito às Mais valias e respectiva tributação:

Se o investimento for levado até à maturidade nao ha mais valias, ha apenas reembolso. Porque uma mais valia implica uma compra e sucessiva venda. Assim, se for ate ao fim nao ha mais valias a declarar.

Existem tambem Obrigações Float do BES com maturidae em Fev.13 a 93%; BCP Maio.13 a 90%; BCP Fev.14 acho eu a 76%.

São varias Floats.

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
ruicarlov

Não se fiem muito nisso das mais valias. É uma discussão que já venho observando há bastante tempo, tanto perguntando em bancos, como assistindo a conversas dessas no Caldeirão de Bolsa. É um terreno muito cinzento, onde ninguém se entende e cada gestor e cada funcioário das finanças quase que tem a sua opinião. Nesses casos é sempre melhor contar-se com o pior, pois é geralmente o que acontece.

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
PNogueira

Bom se ouver lugar a mais valias qual é a percentagem a pagar?

E se ouver lugar ao pagamento de mais valias e não se declararem quais são as consequências?

Cordialmente

Reituga

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
Visitante Bushy

Bom se ouver lugar a mais valias qual é a percentagem a pagar?

E se ouver lugar ao pagamento de mais valias e não se declararem quais são as consequências?

Cordialmente

Reituga

Fiscalidade

Os rendimentos gerados pelas obrigações estão sujeitos a uma taxa de retenção na fonte de 25%, independentemente da entidade que as emita. Como essa taxa é liberatória, não é necessário declarar esses rendimentos ao Fisco. O englobamento apenas é interessante para quem tenha a declarar rendimentos muito reduzidos.

Relativamente às mais-valias, os eventuais ganhos obtidos na venda das obrigações ou no momento do reembolso têm de ser declarados e são tributados em 25 por cento.

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
PNogueira

Então só para IRS e mais valias vão 50% depois mais as comições então assim será que vale a pena investir em Obrigações?

E o estado tambem ajudar a atenuar o prejuiso quando á lugar a este ou é só tem interese quando existe mais valias?

Cordialmente

Reituga

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
Visitante Bushy

Penso que neste momento existe obrigações muito atractivas no mercado a curto prazo, com rendibilidade de 12 e 13% que não acredito que não as paguem como as dos bancos ou obrigações das empresas cotadas, logo é de aproveitar. Que a troika irá ficar aqui até perder de vista, porque uma coisa é garantido a 101% a troika irá fazer mais um apoio em 2014.

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
PNogueira

Pedi uma simulação de investimento em Obrigações da Brisa ao Invest e na simulação já vinha IRS 25% IVA 23% alem das respetivas comições assim sendo a mais valia caso aconteça já não fica liquidada com os 25% de IRS?

Cordialmente

Reituga

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
Visitante Bushy

Pedi uma simulação de investimento em Obrigações da Brisa ao Invest e na simulação já vinha IRS 25% IVA 23% alem das respetivas comições assim sendo a mais valia caso aconteça já não fica liquidada com os 25% de IRS?

Cordialmente

Reituga

No meu entender quando compras e se levas até à maturidade, eles tiram-te 25% de imposto e pronto acabou os impostos é como os DP, mas se tu vendes andes da maturidade, tens de pagar 25% da mais valia se a tiveres e os juros corridos até a tua venda tem os 25% normais ja vem descontado

eu hj tive a ver as do bcp com 14% parece muito bom. a 2 anos

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
ruicarlov

Estão-se a formar para aqui umas confusões.

Cupão: pago anuamente = cupão bruto - IRS (25%) - comissões (~2.5%)

Mais valia: pago no final da obrigação. Diferença entre preço de compra e preço de venda

              Recebe-se Valor bruto - comissões (~2%)

Depois na declaração de IRS anual é que podem entrar apenas as mais valias, sendo taxadas a 25%. É sobre este ponto que há discussão, pois não há bem a certeza se elas são declaradas assim ou não.

             

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
Visitante bushy

Estão-se a formar para aqui umas confusões.

Cupão: pago anuamente = cupão bruto - IRS (25%) - comissões (~2.5%)

Mais valia: pago no final da obrigação. Diferença entre preço de compra e preço de venda

              Recebe-se Valor bruto - comissões (~2%)

Depois na declaração de IRS anual é que podem entrar apenas as mais valias, sendo taxadas a 25%. É sobre este ponto que há discussão, pois não há bem a certeza se elas são declaradas assim ou não.

             

Foi isso que quis dizer, se calhar expliquei mal.

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
PNogueira

Mais duas questões acerca de Obrigações:

1- Se eu obter mais valias nas Obrigações declaro em IRS e vamos imaginar que tenho 500€ a receber de reembolso de IRS o montante a pagar já vem liquidado ou pago a parte?

2- Se comprar Obrigações a 95.25% se elas baixarem para 85% nesse caso estou a ganhar ou a perder ?

Cordialmente

Reituga

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
ruicarlov

Foi isso que quis dizer, se calhar expliquei mal.

Não, explicou bem. Os posts é que foram muito em cima do outro e não vi que já tinha escrito o seu.

@Reituga:

1 - O dinheiro que receber do IRS anual já vai ter em conta tudo isso. Não é preciso pagar mais nada.

2 - Está a perder se decidir vender nessa altura. Se deixar chegar até à maturidade só há ganhos.

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
PNogueira

Então na data da maturidade quanto mais abaixa estiver do preço que comprei mais ganho certo?

Cordialmente

Reituga

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
ruicarlov

Isso não está muito correcto, ou pelo menos exprimiu-se mal nessa frase.

Na data da maturidade, o preço vai estar a 100, ou seja, mais alto do que aquilo comprou. É daí que vem os ganhos com mais-valias.

Pondo de outra forma: quanto mais baixo conseguir comprar agora, mais ganha no final.

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
PNogueira

É que consultei as Obrigações á pouco no site do banco Invest Obrigações Brisa e vi que o preço de compra estava a 93.50% liguei para o gestor de conta para comprar, ele ligou para a sala e disse-me que talvez se arranja-se a 95.25%, ou o que vi não está atualizado ou estão a passar-me a perna.

Cordialmente

Reituga

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
ruicarlov

Tem a certeza que o preço real de compra é de 93.5%

O melhor para ter a certeza é mesmo ir como se fosse negociar através do site, mas sem confirmar.

Se o preço que consegue pelo site for mesmo isso, então aproveite.

Quando fala com o gestor, eles vão directamente à sala dos mercados, onde lhe dão o preço mais actual. Tendo em conta que os juros das OTs estão a aliviar, não é de espantar que os da Brisa acompanhem. Penso que os preços para comprar online são através de packs de obrigações que o banco compra, sendo actualizados quando um "lote" acaba. Pelo menos as variações das cotações das obrigações só se traduzem com algum atraso nesses valores. Veja lá hoje o preço e tire as suas conclusões.

Claro que também pode decidir dar uma ordem por telefone a um preço mais baixo se achar que as cotações vão descer novamente e que vai conseguir satisfazer a sua ordem.

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
Visitante Bushy

Queria opiniões sobre as obrigações do bcp com 14.33% de yield até 2014, acho que o bcp não vai à falência ou deixar de pagar as suas dividas e ainda por cima Portugal está a portar-se bem na Europa e os bancos ainda nem utilizaram os 12 mM€ que tem para usar, logo acho que é "seguro", quer para levar para a maturidade ou para fazer mais valias se o preço subir. Acham que estou muito optimista ou até a coisa com jeitinho vai lá.

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
Visitante bushy

Eu até era capaz de investir nessas, se tivesse o dinheiro necessário para comprar 1 obrigação. Precisar de quase 50k é um entravezito  ;D

Faz uma proposta ao teu banco um emprestimo a 6% e vais buscar 10% liquidos logo um ganho de 4% com pilim que nem é teu. Mas vai ao BCP e depois dás as obrigaçoes como garantia se eles dizerem que não perguntas ao gajo se ele não acredita no banco. Uma vez fiz isso no BES o homem já se embrulhava todo a falar pq eu dizia se eu não acredita no seu banco entao eu vou tirar o meu pilim todo e vou para outro banco.

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
Visitante bushy

É a isso que se chama alavancar, certo?

Isso quer dizer que se por acaso alguma coisa correr mal, não só se perde o dinheiro como ainda se pode ficar com dívidas.

Isso já é risco demais para o meu gosto.

se o banco aceita-se as obrigaçoes como a propria garantia não tens nada a perder, se der para o torto as obrigaçoes são a garantia e o dinheiro não é teu.

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
minsk

como é que está essa situacao "cinzenta" em relacao a declarar ou nao a mais valia das obrigacoes mesmo deixando até a maturidade?

É mesmo preciso declarar caso a mais valia seja superior a 500€?

Comprei obrigacoes recentemente pela primeira vez e nao sei o que acontece mas presumo que pelo menos no banco nao seja aplicada qualquer taxa liberatoria automatica... Pelo menos no Invest acho que nao porque a simulacao em Excel da compra nao tinha qualquer imposto na altura do reembolso do valor nominal (excepto comissoes).

Sendo assim, se o banco nao aplica a retencao, como é que o fisco vai saber destas mais-valias (no caso de ser mesmo preciso declará-las)?

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
ruicarlov

Pois, é essa a questão. Normalmente é difícil saber. Quanto há uma venda antes da maturidade (alienação), há uma registo, que é comunicado ao fisco, mas quando é amortização (maturidade) parece que já não é bem assim. O que é certo é que há pessoas que pura e simplesmente não declaram e têm-se escapado com isso. O problema é se o fisco decide investigar.

Aqui neste link está um parecer que enviaram de um banco sobre o assunto:

http://caldeiraodebolsa.jornaldenegocios.pt/viewtopic.php?t=77300&postdays=0&postorder=asc&start=525

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
minsk

Ok, obrigado pelo esclarecimento ruicarlov. Também tenho acompanhado essa discussao no caldeirão do JN e parece que tudo depende da interpretacao de "alienacao". Eu também sou da opiniao que um reembolso por amortizacao nao corresponde a uma mais valia, sendo que uma venda sim.

Mas é bom saber que quando ha uma venda antecipada o banco comunica com o fisco enquanto que na amortizacao já nao. É mais um incentivo para deixar ficar até a maturidade. Só esperemos que o fisco nao ande a espreita aqui no forum  :)

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
PNogueira

Tem a certeza que o preço real de compra é de 93.5%

O melhor para ter a certeza é mesmo ir como se fosse negociar através do site, mas sem confirmar.

Se o preço que consegue pelo site for mesmo isso, então aproveite.

Quando fala com o gestor, eles vão directamente à sala dos mercados, onde lhe dão o preço mais actual. Tendo em conta que os juros das OTs estão a aliviar, não é de espantar que os da Brisa acompanhem. Penso que os preços para comprar online são através de packs de obrigações que o banco compra, sendo actualizados quando um "lote" acaba. Pelo menos as variações das cotações das obrigações só se traduzem com algum atraso nesses valores. Veja lá hoje o preço e tire as suas conclusões.

Claro que também pode decidir dar uma ordem por telefone a um preço mais baixo se achar que as cotações vão descer novamente e que vai conseguir satisfazer a sua ordem.

Não entendo fiz como se fosse negociar e o preço era de 93.50% mas como já tinha dado ordem de compra ao gestor de conta ele comprou a 95.25%, só se para comprar a 93.50% era necessario comprar 100.000.

Ainda hoje faço negociar no site do invest e o valor de compra é de Quant.100.000 preço compra 93.50%. ???

Cordialmente

Reituga

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoticons maximum are allowed.

×   Foi criada uma pré-visualização automática a partir da ligação que colocou.   Mostrar apenas como ligação

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.


×
FinancasPessoais.pt

Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

Não mostrar mais esta caixa