Ir para o conteúdo

Toda a actividade

This stream auto-updates     

  1. Última Hora
  2. esses fundos de gestao activa mais tarde ou mais cedo explodem e não têm melhor rentabilidade que os passivos cpms
  3. Hoje
  4. Eu percebo o que estás a dizer. No entanto esses valores não se adequam a um património de 10M. Imagina o Ronaldo que ganha 1M por mês, investir 995.000€ e ficar com 5k para o mês. Quem tem milhões tem outro tipo de despesas e ainda tem despesas fixas (elevadas). Não se trata de gastar 30k em despesas variáveis que tbm acontece, jantares, viagens para outros países, etc, luxos. Esses valores que referes não são valores de milionários mas de ricos. 5k chegavam para ti e para qq um que não tenha conhecimento da realidade dos milionários.
  5. Sem crédito=pior empréstimo?

    Tanto quanto sei, não existe nada muito transparente. Pelo que sei, cada banco terá a sua própria metodologia de verificação de historial de crédito que, julgo eu, passará por avaliar pelo menos o comportamento do potencial cliente em créditos passados, a recorrência e finalidade da utilização dos créditos, os actuais rendimentos e sua origem/permanência.
  6. Ontem
  7. Sem crédito=pior empréstimo?

    Saudações pessoal, Vim aqui tentar perceber um pouco sobre a relação do historial de crédito com os empréstimos. Ora bem, a situação é a seguinte: Tenho visto que, pelo menos no EUA, liga-se muito ao facto do historial de crédito de uma pessoa para esta ter direito a um empréstimo. O chamado CREDIT SCORE. Até um multi-milionário pode ter problemas em ter um empréstimo quando este não tem qualquer historial (nem sequer dividas). As pessoas têm de ter cartões de crédito e usá-los, para construir o seu historial e ganharem os tais pontos que vão até aos 780, segundo o que li por alto. Aqui em Portugal e na Europa, esse sistema existe, ou algo do género? Eu sei que conta muito para ter acesso ao empréstimo, o facto de não termos dividas ou ter uma taxa de esforço baixa, sermos bons pagadores, ter um emprego estável, etc. Refiro-me é mesmo ao aspecto do histórico. Se for "vazio", ou seja, nunca ter pedido um cartão de crédito, e pagar tudo a pronto. Sou um leigo nesta matéria. Agradeço toda a vossa ajuda para perceber o que em Portugal e na Europa se faz. Cumprimentos.
  8. Eu, da perspectiva da minha humildade, não consigo conceber gastar consistentemente 30 mil euros por mês. Lá está, é mesmo uma questão de relativizar as coisas, como é que X€/mês chegavam para mim vivendo "à grande" e para outras pessoas os mesmos X€/mês era como estar na miséria!! Foi apenas um dos primeiros exemplos de fundos "income" que me apareceu. Neste exercício de exemplo não me faria muita diferença uma queda, é um fundo de risco 3, vá em vez de receber 5000€ naquele mês, recebia só 4500€. Era menos uma mariscada
  9. quem tem muito dinheiro demora muito tempo a ganha-lo nao tem tempo para o gastar como dizes cps viva esse fundo pq? É de obrigações ? E quando elas cairem? Abraço
  10. Isso ñ é uma estratégia para alguém que teria 10M! Acham que alguém que tem milhões se contenta em viver com 5k por mês? Qualquer gestor de uma grande empresa ou dono de um negócio vive com mais por mês e nao tem sequer esse dinheiro total. 5k em PT para ricos (+) e milionários não dá. Apontem para 20 a 30k mês. As despesas que eles têm são mt elevadas! PS- E os valores que falo podem ser pequenos.
  11. E meter uma parte do dinheiro num daqueles fundos "income", tipo este da Pimco: http://www.morningstar.pt/pt/funds/snapshot/snapshot.aspx?id=F00000OY3P? Contas rápidas, 1 milhão nesse fundo dava qualquer coisa como 2400€/liquidos mês. Com um prémio de 10 milhões, metia 2 milhões nesse fundo, ficava com ~5000€/mês para viver mesmo à vontade. Com mais 2 milhões fazia umas carteiras de investimento para os meus filhos a longo prazo e os restantes 6 aplicava em algo de risco baixo / moderado just in case. Ah, é tão bom sonhar!
  12. Como é o vosso portfolio e qual a vossa idade?

    Por vezes escrevo no telemóvel e acabo por não transmitir as ideias da melhor forma. No entanto respondi-te a grande parte das coisas por MP. Este assunto é muito vasto, com partes positivas e negativas, naturalmente. No entanto ñ existe perfeição neste mundo. Basta estar atento à evolução, que acredito que ocorrerá.
  13. Última semana
  14. Como é o vosso portfolio e qual a vossa idade?

    Obrigado pelo teu ponto de vista. Bons argumentos, que nunca me tinham ocorido, em particular a dimensão relativamente pequena da euforia BTC, quando comparada com eventos como a dot.com ou a china 2015, ambas claramente exemplos de estoiros em que as massas já tinham entrado para o barco.
  15. Como é o vosso portfolio e qual a vossa idade?

    Mas vês divulgação como aconteceu com o governo chinês para se investir em BTC? Só uma pequena % é que sabe realmente o que é...eu pelo menos ñ vi/li, venda stocks e comprem btc's, por exemplo. Quando falas em sufar a onda, totalmente de acordo. O problema é que tu aqui ñ sabes se estás no inicio, apesar da subida brutal...porque o pessoal gosta de comparar as cryptos às dot.com mas esquece-se que em 2000, o valor rondava os trillions, por isso... Duas notas finais: Não aconselho ninguém a aventurar-se neste "tipo de investimento" senão tiver total consciência do enorme risco que corre. No meu caso não porque tenho BTCs que vou defendê-las sem ser imparcial. O que significa que concordo que a subida tem sido brutal mas também acredito que se tivermos uma bolha, isto ainda tem de fazer uns 1000% máximo (e 400% no mínimo).
  16. Como é o vosso portfolio e qual a vossa idade?

    Não podes comparar um índice accionista assente na maior economia do mundo com uma criptomoeda altamente especulativa e sem regulação a nível mundial. Basta nos EUA se anunciar "BTC, no thanks" e tens muita malta "ai oh Rita, ai oh Rita". Como qualquer produto especulativo, tem de bom saber surfar a onda enquanto ela não se desfaz. O meu comentário não foi bearish, foi mais no sentido de que para mim, enquanto investidor e indivíduo, não se adequa ao meu perfil. Já no SP500 e semelhantes, estou bull a 100%. EDIT: Ah, agora é que percebi que tavas a dizer que eu não podia comparar o BTC com Shangai. Sim claro que não, mas o movimento exponencial vivido em 2015 foi assente numa especulação fomentada pelo próprio governo chinês, que fez crer aos seus cidadãos que meter dinheiro na bolsa era sinónimo de "instant money". Depois foi o que se viu.
  17. Boas. Estive à procura de outros ETFs para investir. Gostava que partilhassem a vossa opinião sobre como poderia reorganizar a minha carteira para investir (ou não!) em alguns destes ETFs. A ideia é sempre ter ETFs de grande dimensão, de acumulação e que me permitam diversificar a carteira. 1 - Uma aposta que me parece lógica é investir em small cap, uma vez que os ETFs de ações que tenho são de grandes ações. As hipóteses que tenho são estas sendo que ainda não decidi qual: SPDR® MSCI World Small Cap UCITS ETF (EUR) | ZPRS - IE00BCBJG560 com (55% exposição US!) https://www.justetf.com/uk/etf-profile.html?query=IE00BCBJG560&groupField=index&from=search&isin=IE00BCBJG560 iShares Edge MSCI World Size Factor UCITS ETF USD (Acc) (EUR) | IS3T - IE00BP3QZD73 com (22% exposição Japão!) https://www.justetf.com/uk/etf-profile.html?query=IE00BP3QZD73&groupField=index&from=search&isin=IE00BP3QZD73 Talvez o ishares!… 2 - Faz sentido reforçar a carteira com estes de bonds governamentais? A verdade é que o Bond Global Aggregate que tenho me desiludiu um pouco mas confesso que não sou especialista para perceber se deveria ter tido algum comportamento diferente. Se calhar até se portou muito bem!. De obrigações governamentais selecionei estes: Amundi ETF Govt Bond EuroMTS Broad Investment Grade 10-15 UCITS ETF | C10 - FR0010754143 https://www.justetf.com/en/etf-profile.html?groupField=index&query=FR0010754143&from=search&isin=FR0010754143 iShares USD TIPS UCITS ETF - IE00B1FZSC47 https://www.justetf.com/en/etf-profile.html?sortField=fundSize&groupField=none&sortOrder=desc&from=search&isin=IE00B1FZSC47&distributionPolicy=distributionPolicy-accumulating&assetClass=class-bonds&country=US 3 - Destes 3 abaixo tenho algumas dúvidas sobre o que são, que ativos contêm e de que forma me permitem diversificar a minha carteira: db x-trackers S&P Global Infrastructure UCITS ETF 1C - LU0322253229 https://www.justetf.com/de-en/etf-profile.html?groupField=index&query=global&from=search&isin=LU0322253229&distributionPolicy=distributionPolicy-accumulating Strategy of iShares Edge MSCI World Multifactor UCITS ETF - IE00BZ0PKT83 https://www.justetf.com/de-en/etf-profile.html?index=MSCI%2BWorld%2BDiversified%2BMultiple-Factor&groupField=index&from=search&distributionPolicy=distributionPolicy-accumulating&isin=IE00BZ0PKT83 Amundi ETF Govt Bond EuroMTS Broad Investment Grade 10-15 UCITS ETF | C10 - FR0010754143 https://www.justetf.com/en/etf-profile.html?groupField=index&query=FR0010754143&from=search&isin=FR0010754143 Obrigado!
  18. Como é o vosso portfolio e qual a vossa idade?

    Extremamente rápido? Não há comparacão possível. No entanto gosto de ver descrédito e o alerta constante de "bolha". Só bons sinais. O SP500 também sobe há mais de 7 anos, e o que não faltou foi comentários deste género. No entanto sobe, com menos violência do que a BTC mas ñ se pode comparar um índice a uma moeda digital. Dentro do Sp500 há empresas que subiram muito e ainda continuam. FANG (por exemplo).
  19. Retenção na fonte

    Viva, como vão? Tenho uma dúvida que gostaria que me esclarecessem. Sou trabalhador independente, sou formador, e nos recibos verdes que emito faço sempre a retenção na fonte do IRS de 25%. Existe algum problema se agora não o fizer em alguns dos próximos recibos? Pelo que sei a retenção na fonte do IRS cada um faz a que quer, sendo que mais tarde poderão vir a ser ressarcidos ade alguns euros queles que retiveram ao longo do ano ou pagar IRS aqueles que não têm por hábito fazer essa retenção que falo, certo? Fico a aguardar respostas. Obrigado pela atenção que me for prestada. Fernando Miguel
  20. Bom dia a todos,Estou a decidido a dedicar-me a outra atividade.Tenho de avisar a empresa 60 dias antes.Tenho 10 dias de férias por tirar de 2017.A carta que penso entregar e que queria a vossa ajuda para a redigir coloco-a em baixo.Entregando a carta no dia 20 de Novembro, os 60 dias acabam por volta do dia 20 de Janeiro.Como passamos para 2018 temos mais 22 dias de férias. No total fico com 32 dias de férias para gozar? Só tenho de trabalhar até inicio/meados de Dezembro? Em que dia já posso sair?Muito obrigado pela vossa ajuda preciosa. Nome da Empresa Ao Cuidado do Departamento de Recursos Humanos Morada Código Postal Exs. Srs., Venho, por meio desta carta, informar relativamente à intenção de rescindir a ligação contratual que me liga à vossa empresa. A rescisão do meu contrato tornar-se-á efetiva a partir do dia (__) de (__) de (____), o que significa que estou a cumprir com a obrigação legal de vos informar relativamente à minha rescisão de contrato com uma antecedência mínima de (__) dias. Acresce que pretendo ter o direito ao período de férias que vencerei até à data de rescisão de contrato e disponibilizo-me para chegar a acordo relativamente às datas em que irei usufruir do mesmo. Relembro também que os valores relativos aos subsídios de Natal e de férias devem ser-me ressarcidos no final do contrato, na proporção relativa aos dias em que trabalhei. Sem qualquer outro assunto, deixo os meus cumprimentos. (A sua assinatura) (O seu nome)
  21. Venda de bitcoins

    oi refere-me o melhor site . Olá Qual o melhor sitio?
  22. Arrendamento sem recibo nem contrato

    Boas noites. Já pesquisei aqui no fórum mas não encontrei nenhum caso idêntico para me ajudar. Á cerca de um ano tive a minha esposa no desemprego e as contas apertaram um bocado, por esse motivo tivemos que mudar de casa para uma renda mais barata. Na zona a única que apareceu foi um anexo que para todos os efeitos não existe, logo não tenho nem contrato de arrendamento nem recibos,todos os pagamentos são feitos em dinheiro e a luz está em nome do senhorio a água é do poço. Aqui à uns dias ouve uma discussão com uns vizinhos e disseram ao senhorio que o iam denunciar às finanças. A minha questão é a seguinte: em caso de denuncia o que acontece? Sou obrigado a abandonar a casa? Já me disseram que tenho direito a habitação social caso isso aconteça, é verdade? Quais as consequências tanto para mim como para o senhorio? Desde já o meu obrigado. .
  23. CGD

    Considero um rendimento razoável algo acima do que, presentemente, a Caixa oferece pelos depósitos a prazo, um valor insignificante. O conselho que me deram, esta semana, foi aplicar em Obrigações do Estado, mas disseram-me que tinham uma taxa de juro de apenas 1,1% (brutos) e que podia variar conforme a situação económica. A menina que me atendeu fez umas contas e chegou a valores que não achei nada de especial. Para isso, prefiro ter o dinheiro disponível.
  24. Melhor escolha - Eletrecidade / Gás 2017

    Se mais alguém quiser um "angariador", eu sou cliente Endesa.
  25. Podes por favor enviar-me uma MP? Abr
  26. CGD

    Tudo o que seja seguro rende < 1% actualmente. A CGD então deve ser a pior instituição financeira em termos de retorno para os clientes lol
  27. CGD

    O que é que consideraria como um rendimento razoável?
  28. CGD

    Boa tarde. O meu saldo da CGD está num valor superior ao que eu preciso para o dia a dia. Por isso, gostava de aplicar uma verba a mais longo prazo, como 2 ou 3 anos. Sabem dizer-me, por favor, se a Caixa tem algum produto que dê um rendimento razoável para aquele prazo? Como disse, não penso precisar do dinheiro num futuro próximo. Estou disponível para assumir algum risco, mesmo que possa vir a perder algum do meu dinheiro, isto no pior dos cenários, que, esperemos, não aconteça nestes 2 ou 3 anos. Obrigada.
  1. Carregar mais actividade
×
FinancasPessoais.pt

Subscreva a newsletter e tenha acesso a todas as novidades do grupo de sites FinancasPessoais.pt e a conteúdos exclusivos.

Os sites FinancasPessoais.pt respeitam a sua privacidade e vontade:

Não mostrar mais esta caixa