Katolo

QREN 2014-2020

17 publicações neste tópico

Caros amigos,

Preparamo-nos para receber um novo pacote de fundos europeus no âmbito do quadro de referência estratégico nacional. Muito deste apoio será direcionado para revitalizar pme's ou start-ups que cumpram os objetivos do programa, nomeadamente na vertente da exportação.

Muitos de nós, que aqui andamos, somos pessoas qualificadas, competentes e inteligentes, preocupadas em gerir as nossas finanças, procurando sempre rentabilizar da melhor forma os nossos investimentos e assumindo diversos riscos, mas esquecemo-nos que não há investimento melhor do que em nós próprios, nos nossos sonhos, objetivos pessoais e profissionais.

Hoje em dia, os bons profissionais não têm perspetivas de carreira, são mal remunerados, trabalham 10 a 12 horas por dia para simplesmente poderem sobreviver. E quantas pessoas qualificadas não estão desocupadas, sabendo que as perspetivas de ter um bom emprego, no país, são escassas...

No entanto, somos ambiciosos e queremos mais, mas, por vezes, falta-nos um clique que nos desperte. Todos os negócios começaram do zero e, hoje, muitos deles venceram e são grandes multinacionais. Bastou um sonho, uma ideia, e não desistir contra todas as adversidades.

Prevejo que o Qren poderá vir a financiar até 75% de novos projetos elegíveis. O restante capital poderá vir de outras fontes que acreditem no projeto...

O que proponho? A quem não está satisfeito com a sua vida, é ambicioso, não tem medo de arriscar, de lutar e trabalhar, formar um grupo/equipa de trabalho com vista à criação de um plano de negócio/projeto que possamos transformar em realidade através dos fundos da união europeia.

Não se pretende mais de 4/5 pessoas com boas qualificações académicas e profissionais. Objetivo, ter uma ideia, levá-la para o papel e encetar esforços para nos candidatarmos ao Qren com um projeto com dimensão, sólido e viável.

Penso que um bom fórum de finanças, com tanta gente inteligente e ambiciosa, também é um sítio onde podemos pensar em mudar a nossa vida  ;)

Abraço

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Tem alguma informação que possa partilhar para percebermos o que é elegível e ou em que condições podemos candidatar-nos ao novo QREN?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Viva Ruif,

Ainda não há muitas informações, mas pressupõe-se que até final do semestre haverá mais dados concretos. Desconfio que serão apoiados os sectores estratégicos para a economia, nomeadamente o exportador, novas tecnologias, energias renováveis, obras públicas estratégicas, etc etc etc. Não deve variar muito do anterior em termos de apoios. Simplesmente haverá mais controlo sobre o dinheiro a fundo perdido e objetivos mais rigorosos a cumprir. Não esquecer que no o último Qren muitos "empreendedores" usaram os fundos para comprar quintas e carros de luxo para beneficio próprio. Os chamados chicos espertos  ;)

No entanto, o objetivo deste tópico foi despertar consciências e os menos acomodados que, se calhar, poderá estar a aproximar-se uma grande oportunidade de investimento e de mudar de vida, para quem não está satisfeito com a sua. Desconfio que haverá muitas pessoas nessa situação, mas que por falta de apoio, experiência, motivação e, obviamente, dinheiro, vão adiando os seus sonhos.

Eu, como investidor de produtos financeiros de elevado risco, e na casa dos trinta, com experiência profissional e qualificações académicas, estou a ponderar seriamente investir no meu futuro profissional.

Chega uma altura em que temos de tomar decisões. Uma pessoa chega a uma altura em que está farta de ser escravizada, mal paga e sem grandes perspetivas de carreira.

Ainda mais quando o investimento poderá vir, quase na sua totalidade, a fundo perdido  ;)

Vamos acompanhando...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Bom dia Katolo

Concordo basicamente com tudo o que escreves.

Tentarei estar atento e partilharei a informação que conseguir obter.

Vamos acompanhando como dizes.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

...

Ainda mais quando o investimento poderá vir, quase na sua totalidade, a fundo perdido  ;)

Vamos acompanhando...

"Baterista dos Jáfumega acusado de desviar 1,4 milhões de euros de fundos comunitários".

O problema de toda esta "envolvência" em torno dos dinheiros a fundo perdido é a palavra "quase". Não é de um dia para o outro que se consegue qualquer fundo, por maior ou mais pequeno que ele seja. Para receber verbas é necessário ter capital na casa dos 30 a 40%, bem como estudos, projetos, previsões, viabilidade, autorizações,.... e só depois virá o capital caso este tenha pernas para andar.

Recordo-me de um caso que aguardou 10 anos, depois de passar por todas as burocracias inerentes ao processo, e quando finalmente recebeu luz verde recebeu algo na casa dos 10000€ (mais que isso foi gasto em burocracias) sobre projeto que estaria orçado na casa do milhão de euros... Quase mais valia dizer para ficarem com esse valor!...

Agora, nada de confundir as situações. Estes são alguns casos menos bem conseguidos. E dentro dos casos que todos conhecem ("patrões" a comprar veículos de alta cilindrada e imóveis de luxo com as ditas verbas a fundo perdido...) também haverão casos de sucesso. Desde que haja vontade, ideias e pernas para andar... toca a mexer (já)!...  ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boas,

Eu também estou interessado em fazer uso desta alavanca. Tal como descreveste, temos que ser ambiciosos, e no meu caso, cansei de ser escravo de outros. Actualmente encontro-me a concluir um MBA nos EUA e em Dezembro volto para Portugal. Um dos motivos que me levou a vir para aqui foi para mudar de vida.Tinha um bom trabalho tendo em conta a realidade portuguesa (não era emprego, era trabalho...) e despedi-me para para embarcar nesta aventura e mudar de vida. Podia tentar arranjar um trabalho por estas bandas, mas a minha prioridade vai ser encontrar uma solução para trabalhar por conta própria em Portugal. Espero poder vir a aproveitar os fundos comunitários. Gostava de realizar um projecto na área do turismo, mas para já ainda está tudo numa fase embrionária (alguém sabe se este género de projectos terá acesso a fundos comunitários?). Estou também disponível para outros projectos que se revelem interessantes.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boas,

Eu também estou interessado em fazer uso desta alavanca. Tal como descreveste, temos que ser ambiciosos, e no meu caso, cansei de ser escravo de outros. Actualmente encontro-me a concluir um MBA nos EUA e em Dezembro volto para Portugal. Um dos motivos que me levou a vir para aqui foi para mudar de vida.Tinha um bom trabalho tendo em conta a realidade portuguesa (não era emprego, era trabalho...) e despedi-me para para embarcar nesta aventura e mudar de vida. Podia tentar arranjar um trabalho por estas bandas, mas a minha prioridade vai ser encontrar uma solução para trabalhar por conta própria em Portugal. Espero poder vir a aproveitar os fundos comunitários. Gostava de realizar um projecto na área do turismo, mas para já ainda está tudo numa fase embrionária (alguém sabe se este género de projectos terá acesso a fundos comunitários?). Estou também disponível para outros projectos que se revelem interessantes.

O MBA que está a concluir é uma pós graduação em gestão de empresas?

Quase 60000 projetos aprovados com apoio do QREN: http://www.qren.pt/np4/2014_2020

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Master Business Administration, a melhor tradução será  um mestrado em Gestão de Empresas. A minha licenciatura já tinha uma forte componente de gestão, sendo no entanto mais vocacionada para a área financeira/contabilidade.

Obrigado pela informação. Vou ter que pesquisar melhor, mas ao que parece existem vários programas operacionais consoante os distritos. Tenho que ver o melhor enquadramento para o turismo, e perceber o processo de submissão do projecto...os timmings etc etc.. Pelo que vi já foram aprovados projectos na área do turismo, nomeadamente na requalificação de infraestruturas.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Pois...

acho isto tudo muito giro, mas nao sei até que ponto o esforço e dinheiro que se gastará para preparar o dossie para a candidatura valerá a pena.

A ideia que tenho disto é que os chicos esperto, os das cunhas, e os que trabalham nos sectores de cada cidade onde vivemos que tenham conhecimentos vão passar logo para a frente.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boas,

Fico satisfeito por ver que o tópico começa a mexer e malta interessada em começar a estudar o assunto :D

master-chief,

É certo o que dizes! Não é por qualquer motivo que somos conhecidos como o país dos favores e das cunhas...

Mas o fundamental (além do projecto obviamente) é a consultora que contratares para colocar esse projecto, porque esses é que têm os contactos e os conhecimentos nas instituições para dar andamento rápido ao processo.

Sei de alguns casos em que, devido à consultora em questão, os projectos foram aprovados num par de meses. E projectos de milhões. Nada de tostões!

Bom, eu ainda estou a aguardar novidades, porque até à data nada! Nessa altura voltarei à carga  ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Seria interessante termos uma lista de consultoras competentes (ou com os contactos certos...).

Alguém tem ideia dos custos com uma consultora para um processo deste género?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa tarde a todos,

Manifesto o meu interesse em integrar um novo projecto.

Katolo, se lhe for possível partilhe mais informações sobre o QREN 2014-2020.

Apesar de possuir energia, determinação, motivação, formação e algumas ideias em estado embrionário, reconheço que a falta de experiência em matéria de empreendedorismo tem sido um forte constrangimentos.

Cumprimentos,

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boas,

Ainda não há dados concretos relativamente aos novos fundos comunitários. Aguardemos serenamente. A ideia á eventualmente juntar um grupo (pequeno) de pessoas motivadas, qualificadas e competentes para, eventualmente, começar a pensar num projeto concreto. Ou seja, um plano de negócios. Um brain storming é bem-vindo! Independentemente das dificuldades e da falta de experiência, acredito que pessoas motivadas e inteligentes conseguirão ultrapassar essas barreiras. Trata-se de uma questão de crer! Ao fim ao cabo, se estamos à espera que sejam os outros a mudar a nossa vida, bem podemos esperar sentados  ;)

A organizar um grupo de trabalho, terá de ser presencialmente! Estas coisas não funcionam pela internet.

Abraço

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Eu estarei disponível a partir de Dezembro, que será o mês em que volto a Portugal.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Vamos aguardar mais pormenores (porque ainda não há nada concreto) e manter o tema em standby...

Mas mantenham a motivação e a chama porque, como o poeta dizia, "o sonho comanda a vida" e só tem sucesso na vida quem arrisca.

Mal haja pormenores do novo QREN, informo a malta.

Abraço

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Ja vi que no google existem NNNN de empresas que fazem consultoria disto... qual será a melhor?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor