macase

Certificados

8 publicações neste tópico

Viva,

Há alguém por aqui com alguma "experiência" nos certificados? Procurei pelo fórum algo relacionado, mas sem sucesso... só certificados do tesouro, aforro, etc...

Eis o seguinte: a parcela do património destinada a maiores riscos entretanto vencida e disponível, foi por sugestão do meu principal banco (BCP) reinvestida em certificados e num fundo, ambos produtos do banco.

A a filosofia dos certificados é replicar a evolução do valor num ativo de referência, que para o caso são os índices de ações tais como Eurostoxx 50, PSI20, S&P500, etc. O fundo é apenas para diversificar o produto mantendo o mesmo objectivo. https://ind.millenniumbcp.pt/pt/Particulares/Investimentos/Pages/FundsDetail.aspx?Ttl=7000497&Bls=1&AllowBack=true&Isi=PTYAFILM0008

Quanto à minha filosofia, é investir num prazo mínimo de 5 anos, potenciar a rentabilidade, realizar efectivamente um investimento e não uma poupança, seguir a orientação/recomendação do banco, reduzir os custos de operação/gestão pelo facto de serem produtos do próprio banco, e também ver o que isto no fim vai dar. ;D

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

E qual é o tipo de certificado que fizeste? e a paridade?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Certificados!? Não serão ETFs?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Gracias D@vid, não conhecia esses produtos

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boas,

Esqueci-me de adicionar o link dos Certificados para v/ analise. :-[

Cá vai:

http://ind.millenniumbcp.pt/pt/Particulares/Investimentos/Pages/Certificados.aspx

Pela minha análise de leigo na matéria, observo duas características que se destacam sobre os Certificados:

1 - Parece-me ser um tipo de investimento que procura o melhor dos melhores "mundos". Por exemplo, se investir num índice que replica o conjunto das melhores empresas cotadas em bolsa de um determinado país ou região, e se a este índice juntar outros que replicam outras áreas geográficas igualmente importantes, consigo ter uma carteira que representa os melhores mercados acionistas a nível mundial, deixando de fora outro tipo de mercados secundários. É um pouco como apostar só no Benfica, Porto e Sporting para ganhar campeonatos sem nunca apostar nas outras equipas. 8)

O mesmo acontece para os principais sectores das economias europeias e para as matérias-primas.

2 - Se observar as performances dos índices, verifico que na generalidade dos mesmos apresentam grandes rentabilidades devido ao seus crescimentos regulares e que para os quais não há limites. Obviamente que quando escrevo "não há limites", o mesmo significa que pode ir desde a perda total do capital para o crescimento ilimitado.

De um conjunto de Certificados recomendados selecionei 6 dos principais índices dos mercados acionistas. A ideia principal é reduzir ao máximo os custos de transação caso tivesse que vender ou realocar percentagens de outros Certificados menos expressivos mesmo fazendo parte dos recomendados.

Esses Certificados do Best parecem-me ser mais complexos, para não dizer "obscuros". Não especificam claramente onde e em que índices são aplicados, parece filosofia sobre matemática quântica, ou estarei a ver mal.  ;D

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Eu investi nesse fundo. Está a ir devagarinho, como seria de esperar, mas a subir.

Dos certificados não sei e são coisas demasiado complexas para mim. E só invisto em produtos que eu consiga compreender.

Viva,

Há alguém por aqui com alguma "experiência" nos certificados? Procurei pelo fórum algo relacionado, mas sem sucesso... só certificados do tesouro, aforro, etc...

Eis o seguinte: a parcela do património destinada a maiores riscos entretanto vencida e disponível, foi por sugestão do meu principal banco (BCP) reinvestida em certificados e num fundo, ambos produtos do banco.

A a filosofia dos certificados é replicar a evolução do valor num ativo de referência, que para o caso são os índices de ações tais como Eurostoxx 50, PSI20, S&P500, etc. O fundo é apenas para diversificar o produto mantendo o mesmo objectivo. https://ind.millenniumbcp.pt/pt/Particulares/Investimentos/Pages/FundsDetail.aspx?Ttl=7000497&Bls=1&AllowBack=true&Isi=PTYAFILM0008

Quanto à minha filosofia, é investir num prazo mínimo de 5 anos, potenciar a rentabilidade, realizar efectivamente um investimento e não uma poupança, seguir a orientação/recomendação do banco, reduzir os custos de operação/gestão pelo facto de serem produtos do próprio banco, e também ver o que isto no fim vai dar. ;D

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boas,

Esqueci-me de adicionar o link dos Certificados para v/ analise. :-[

Cá vai:

http://ind.millenniumbcp.pt/pt/Particulares/Investimentos/Pages/Certificados.aspx

Pela minha análise de leigo na matéria, observo duas características que se destacam sobre os Certificados:

1 - Parece-me ser um tipo de investimento que procura o melhor dos melhores "mundos". Por exemplo, se investir num índice que replica o conjunto das melhores empresas cotadas em bolsa de um determinado país ou região, e se a este índice juntar outros que replicam outras áreas geográficas igualmente importantes, consigo ter uma carteira que representa os melhores mercados acionistas a nível mundial, deixando de fora outro tipo de mercados secundários. É um pouco como apostar só no Benfica, Porto e Sporting para ganhar campeonatos sem nunca apostar nas outras equipas. 8)

O mesmo acontece para os principais sectores das economias europeias e para as matérias-primas.

2 - Se observar as performances dos índices, verifico que na generalidade dos mesmos apresentam grandes rentabilidades devido ao seus crescimentos regulares e que para os quais não há limites. Obviamente que quando escrevo "não há limites", o mesmo significa que pode ir desde a perda total do capital para o crescimento ilimitado.

De um conjunto de Certificados recomendados selecionei 6 dos principais índices dos mercados acionistas. A ideia principal é reduzir ao máximo os custos de transação caso tivesse que vender ou realocar percentagens de outros Certificados menos expressivos mesmo fazendo parte dos recomendados.

Esses Certificados do Best parecem-me ser mais complexos, para não dizer "obscuros". Não especificam claramente onde e em que índices são aplicados, parece filosofia sobre matemática quântica, ou estarei a ver mal.  ;D

As características dos certificados que destacas não são muito diferentes dos ETFs, embora tenham uma regras diferentes na negociação. Dessa parte é que já não percebo. Mas a ideia é que podes aplicar a mesma estratégia tanto num produto como noutro. Não vejo grande razão para a perfomance de certificados e ETFs que seguem o mesmo índice ser muito diferente.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead