Entrar para seguir isto  
Seguidores 0
Visitante Jorge Pinto

Dívidas comerciais

2 publicações neste tópico

Boa tarde,

Desculpem se se tratar de um assunto já esclarecido mas não encontrei a resposta à minha questão pelo que...

O cenário com que me debato é o de ser fornecedor credor de uma firma cujo o proprietário faleceu, tendo os activos passado para o irmão (herdeiro).

Apesar de o cenário de pagamento deferido no tempo parecer estar acordado entre as partes, o meu actual cliente alvitrou a possibilidade de apenas estar legalmente obrigado a pagar dívidas da empresa até ao montante X que o irmão lhe deixou.

A dúvida é então se, atingido esse montante X, e apesar de a mercadoria que forneci continuar a ser transacionada, ele estaria ou não obrigado a assumir o pagamento da dívida que tem comigo.

Desde já obrigado,

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O irmão deixou-lhe a empresa, não deixou? Então o valor da empresa está incluído nesse montante X.

Além disso a dívida foi com a empresa não com o falecido - o património da empresa pode ser chamado a pagar a dívida.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

Entrar para seguir isto  
Seguidores 0