Visitante Solki

Banco esqueceu-se de debitar comissão

8 publicações neste tópico

Bom dia,

Realizei uma escritura de um imóvel no banco popular no dia 20 de Novembro, deveria ter sido debitado pelo banco o imposto de selo + a comissão de dossier. No entanto, parece que se esqueceram de debitar ambos os valores. Já me desloquei ao banco por várias vezes para tentar pagar e a resposta que obtenho é que isso é tudo automático e que se esqueceram melhor para mim e que não tenho que fazer nada.

O senhor do balcão inclusive diz, que eu não tenho qualquer divida no sistema, não percebo como é possível.

A questão é, eu devo este dinheiro e quero pagá-lo para não ter problemas futuros e me livrar da dívida que sei que tenho. Agora não posso usar o dinheiro com medo que um dia o banco se lembre que tem que me debitar os valores... e não posso pagá-lo porque a divida "não existe"...

A minha questão é simples, existe algum limite legal para o débito deste tipo de valores por parte dos bancos?

O que mais posso fazer?

Obrigado.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Hummm está-me a parecer um pouco estranho... "Banco" e "esqueceu-se" na mesma frase quando estamos a falar de cobranças não combina muito bem!

Tens a certeza que não foi/seria cobrada de outra forma?

Vai a um balcão e pede que te esclareçam essa questão, não perguntes apenas se tens alguma divida.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Hummm está-me a parecer um pouco estranho... "Banco" e "esqueceu-se" na mesma frase quando estamos a falar de cobranças não combina muito bem!

Tens a certeza que não foi/seria cobrada de outra forma?

Vai a um balcão e pede que te esclareçam essa questão, não perguntes apenas se tens alguma divida.

Olá Pedro,

Pois, a mim também me parece muito estranho e até surreal. De acordo com o meu contrato, a comissão de dossier seria cobrada assim que fossem emitidas as minutas, e seria cobrada por débito em conta. Quanto ao imposto de selo, seria cobrado no dia útil seguinte à escritura e também por débito em conta.

O que me dizem no balcão é que não sabem o que se passou porque o processo é automático, já me atenderam 3 pessoas diferentes mas a resposta foi a mesma. Não conseguem verificar que eu não paguei aquele valor e também não conseguem verificar que o paguei, dizem que "...realmente deveria ter sido debitado...". No sistema não aparece nenhuma dívida, nem existe qualquer referência que eu teria que pagar esses valores, o que de acordo com os senhores "...é muito estranho, mas ainda bem porque assim não tenho que pagar nada..."

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Acrescentando, inicialmente disseram-me para esperar cerca de 15 dias porque poderia ter existido algum problema de actualização na plataforma e que não poderia pagar em dinheiro pois o débito é directo na conta e mesmo que quisesse pagar em dinheiro não poderia porque não há nada para pagar.

Neste momento já se passou quase 3 meses e continuo na mesma situação.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Alguém sabe se existe algum prazo legal para o banco debitar este tipo de comissões? Ou se pode cobrar a qualquer altura sem aviso prévio após X tempo?

Tenho receio que um dia (digamos daqui a 1 ano) quando não tiver o dinheiro necessário na conta (ainda são cerca de 1000€ que o Banco tem de me debitar) eles não consigam retirar o dinheiro e me obriguem a pagar juros sobre algo que não me avisaram que iam debitar...

Algum especialista em legislação bancária por aqui?

Obrigado.

Cumprimentos.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Solki ; Eu não me daria a esse trabalho todo. Colocava-o a render.

E que tal enviar um email ou reclamação para o banco a dizer que deseja pagar uma dívida e caso não se pronunciem em 10 dias a mesma fica sem efeito :)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Bom dia Assistente obrigado pela resposta.

Isso é legal?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Solki ,

Quem pode aferir se é ilegal é o tribunal.

Penso que se deve "proteger", isto é, provar que tentou resolver e a parte interessada ou não responde e assume-se deferimento táctico, isto é, que deve nada , ou responde !

Futuramente, ninguém lhe pode acusar de nada, digo eu!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor