postman

Certificados de aforro dos ctt

6 publicações neste tópico

O meu pai era titular de um certificado de aforro onde a minha mãe tinha a repectiva autorização para movimentá-lo. Acompanhei-a  à dias aos correios para levantar algum dinheiro e disseram-nos que tinha saído uma lei que após ter passado um certo nº de anos (15 ou 18), perdíamos o direito ao certificado e que o mesmo estava trancado.

Acho esta situação muito estranha e vinha solicitar um esclarecimento, ou o caminho que devo fazer para resolver este problema.

Muito obrigado pela atenção.

postman

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Podem encontrar a legislação referente a certificados de aforro no site do IGCP: http://www.igcp.pt/gca/?id=94

Presumo que o teu pai tenha falecido? Há quantos anos? Segundo a legislação, se após o falecimento os CA não forem transferidos num prazo de 5 anos, revertem para o Estado... será isso que aconteceu?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa tarde,

O meu pai faleceu e tem certificados de aforro dos CTT em que a minha mãe é movimentadora.Quando comunicar às finanças o seufalecimento sou obrigada a dar a relação das mesmas? Têm de entar na relação de bens e respectiva habilitação de herdeiros? O que aconselha fazer?

Manuela

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigado pela resposta à minha questão.Efetivamente o meu pai morreu à mais de cinco anos.

Vitor Claudino

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa tarde,

O meu pai faleceu e tem certificados de aforro dos CTT em que a minha mãe é movimentadora.Quando comunicar às finanças o seufalecimento sou obrigada a dar a relação das mesmas? Têm de entar na relação de bens e respectiva habilitação de herdeiros? O que aconselha fazer?

Manuela

Se a sua mãe tiver os títulos físicos dos Certificados de Aforro, e por ser o "movimentador" indicado, pode resgatar parcial ou totalmente os valores. Basta deslocar-se aos CTT com os títulos e resgatar.

Não vejo a necessidade de comunicar à finanças a existência de CA em nome do seu pai, mas não lhe posso garantir se existe ou não essa obrigatoriedade.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

eu ainda tenho alguns C aforro antigos de 90 que dão bom juro!! os mais recentes retirei e coloquei em ctpm

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead