ngp

Colectar-me ou passar acto único?

2 publicações neste tópico

Boa tarde...

Trabalho numa empresa para a qual ganhos 850€ brutos mensais e agora apareceu-me um trabalho para fazer do qual receberei 1000€...

Acham que me compensa mais passar um recibo como acto único ou então colectar-me e assim não tenho de descontar? O que aconselham?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Do ponto de vista do IRS ambas as opções são idênticas - não és obrigado a fazer retenção na fonte mas esses 1000€ vão contar como teu rendimento quando fizeres a declaração no próximo ano (e vão entrar para o cálculo do imposto).

Do ponto de vista do IVA pode haver diferença - enquanto trabalhador independente que faz menos de 10.000€ / ano podes não cobrar IVA. No ato único, a menos que diga respeito a uma atividade que está isenta de IVA, terás de cobrar o IVA ao cliente para depois entregar ao Estado. Se já acordaste o preço com o cliente, pode ser complicado estar agora a explicar-lhe que terá de pagar mais 230€, pelo que o IVA poderia acabar por ter de sair dos teus 1000€...

Do ponto de vista da SS, como trabalhas por conta de outrem, à partida, não terás de fazer descontos (desde que os 1000€ venham de uma entidade diferente). No entanto, se nunca estiveste colectado tens direito a isenção durante o primeiro ano - algo que nunca mais voltarás a ter. Se alguma vez voltares a abrir atividade sem estar a trabalhar por conta de outrem, começarias logo a ter de descontar para a SS.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead