Visitante Pedro M

calculo e prazo das mais valis

5 publicações neste tópico

Boa tarde

Tenho algumas dúvidas em relação ao tema das mais valias com a venda de acções nacionais.

A minha primeira dúvida tem a haver com algo que em tempos me disseram e que passava pela não obrigatoriedade da declaração das mais valias em sede de IRS quando se tratasse da venda de acções que foram detidas por um prazo superior a 12 meses... ou seja apenas existia a obrigatoriedade da declaração das mais valias em sede de IRS para as acções adquiridas e vendidas num prazo inferior a 1 ano. Isto é verdade ou temos sempre de declarar as mais valias independentemente do espaço temporal em que detemos as acções?

A segunda dúvida que tenho prende-se com o calculo das mais valias que me disseram ser efectuado da seguinte forma: valor de venda (1500€) - valor de compra (1000€) - comissão de venda (10€) = 1500-1000-10= 490€ de mais valias.

Isto é mesmo assim ou posso também abater ao valor de venda os valores respeitantes a comissões de guarda de títulos e a comissões de compra dessas mesmas acções como no exemplo seguinte: Valor de venda (1500€) - valor de compra (1000€) - comissão de venda (10€) - comissão de compra (9€) - comissão de guarda de títulos (16€) = 1500-1000-10-9-16 = 465€ de mais valias.

Será que alguém me pode ajudar?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sem 100% certeza (há uns 4 anos que também não vendo ações  ;D  ):

1 - Atualmente é obrigatório declarar venda de ações detidas há mais de 1 ano

2 - Despesas = comissões de venda. Não se contabilizam guardas de títulos (se fossem, como comprovar a imputação a dada ação, na medida em que a custódia se aplica a N títulos?).

A maior injustiça será o CIRS/modelo não evidenciar explicitamente encargos de compra. Por isso, há quem considere Valor de Compra=Valor da ação x Nº ações compradas + Comissão de compra. Não me recordo de uma opinião inequívoca sobre este ponto

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sem 100% certeza (há uns 4 anos que também não vendo ações  ;D  ):

1 - Atualmente é obrigatório declarar venda de ações detidas há mais de 1 ano

2 - Despesas = comissões de venda. Não se contabilizam guardas de títulos (se fossem, como comprovar a imputação a dada ação, na medida em que a custódia se aplica a N títulos?).

A maior injustiça será o CIRS/modelo não evidenciar explicitamente encargos de compra. Por isso, há quem considere Valor de Compra=Valor da ação x Nº ações compradas + Comissão de compra. Não me recordo de uma opinião inequívoca sobre este ponto

Boa questão. Eu tinha ideia que se considerava o custo da comissão de compra no valor da compra.

Alguém sabe se a fórmula de cálculo é igual para acções estrangeiras?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O aborrecido nas mais-valias de acções é não se poder utilizar o coeficiente de desvalorização de moeda...  >:( >:( >:(

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

pbslbstr obrigado pela ajuda.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead