CFinanceiro

Há bancos que continuam a calcular a Euribor a 365

13 publicações neste tópico

Queria pedir para todos terem atenção ao numero de dias que os bancos estão a calcular as vossas euribors pq de facto tenho tido muitos clientes q tem estado a ser enganados nesse sentido alias há bancos que se dão ao luxo de ter o numero de dias incorreto(365) na descrição do extracto, tenham atenção a isso pq estão a ser prejudicados.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

CFinanceiro

Bom dia, a mim estão-me a aplicar a média mensal a 365 dias, justificando-se que é pelo facto de ainda me encontrar em periodo de utilização de capital (construção de habitação). o que posso fazer para alterar esta situação??

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Aliás, já há alguns meses que a página do blog dedicada a isso podia ter deixado de publicar a média a 365 dias. Talvez chamasse a atenção a mais algumas pessoas...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

a mim estão-me a aplicar a média mensal a 365 dias, justificando-se que é pelo facto de ainda me encontrar em periodo de utilização de capital (construção de habitação). o que posso fazer para alterar esta situação??

Reclamar... os únicos clientes que podem ainda ter a Euribor base 365 são aqueles cuja taxa ainda não foi revista desde finais de Junho de 2008.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

existe algum tipo de "texto tipo" para este tipo de reclamação?

Nunca efectuei nenhuma reclamação, se me pudessem ajudar...

obrigada

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

existe algum tipo de "texto tipo" para este tipo de reclamação?

Interessa mais o conteúdo que a forma... mas já que pedes, que tal algo do género:

Venho por este meio reclamar contra o facto do banco X não estar a aplicar o Decreto-Lei 88/2008 ao meu empréstimo habitação, com o número Y. Nomeadamente pelo facto de me continuar a ser aplicada uma taxa indexada à Euribor calculada na base de 365 dias algo que, segundo o referido Decreto-Lei, deveria ter sido revisto a partir da data Z.

Para além disso pretendo também a devolução do dinheiro indevidamente cobrado pela aplicação da taxa incorrecta.

Podes deixar a reclamação no livro de reclamações do banco (não te esqueças que uma das cópias fica para ti, muita gente não se lembra disso) e/ou no formulário que o Banco de Portugal disponibiliza para o efeito no Portal do Cliente Bancário. Podes ainda deixar a reclamação junto do departamento que o banco possa ter para esse efeito, ou do provedor do cliente, caso exista.

Nos 2 primeiros casos o Banco de Portugal tem que apreciar a reclamação (para te dar ou não razão). Se não receberes uma resposta (digamos para aí num mês) entra em contacto directo com eles, citando o número da reclamação para saber do andamento.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

por favor elucidem me...

eu tenho credito habitação com o Montepio, pelo que a minha taxa euribor a 6 meses foi revista em 26 de dez 2008 e consta a taxa de 5.195 isto ja com o spread de 0.8, sendo a taxa base de 4.495!!! A minha duvida é a seguinte: nas tabelas do pedro pais as medias da euribor n coimcidem c este nº nem a 360 dias nem a 365 dias, pk??!! o k poderá ser??!!! Acham que deva reclamar no banco??!!!

obrigada

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

eu tenho credito habitação com o Montepio, pelo que a minha taxa euribor a 6 meses foi revista em 26 de dez 2008 e consta a taxa de 5.195 isto ja com o spread de 0.8, sendo a taxa base de 4.495!!! A minha duvida é a seguinte: nas tabelas do pedro pais as medias da euribor n coimcidem c este nº nem a 360 dias nem a 365 dias, pk??!! o k poderá ser??!!! Acham que deva reclamar no banco??!!!

Tendo a taxa sido revista em Dezembro, foi usada a média de Novembro (4,295%). Com spread de 0,8% isso dava 5,095% (já agora, enganaste-te nas contas).

Das duas uma: ou estás a ver a TAE em vez da TAN ou o banco se enganou. Antes da reclamação segue sempre a via diplomática, como €ureka fez - vai ao banco ou telefona e pergunta o que se passa. Errar é humano e, na maior parte dos casos, os bancos resolvem as coisas a bem (nós é que só ouvimos normalmente os casos em que as coisas correm mal).

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Aliás, já há alguns meses que a página do blog dedicada a isso podia ter deixado de publicar a média a 365 dias. Talvez chamasse a atenção a mais algumas pessoas...

Sim acho que ñ deviam ter sido feitos os calculos dos meses seguintes á lei o que no fundo já alertava as pessoas ou até uma parte do decreto lá publicada. Fica a sugestão ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Banco de Portugal tem feito inspecções regulares

Cálculo de juros: Constâncio desconhece violações dos bancos

2009/02/10  12:07Redacção /  PGMAAAA

Sefin detectou sinais de que instituições ignoram regra dos 360 dias

O Banco de Portugal garante não ter qualquer conhecimento de violação, por parte dos bancos, das novas regras de cálculo dos juros no crédito à habitação, que impõe o cálculo com base em 360 dias, em vez de 365, como faziam algumas instituições.

Num comunicado emitido esta segunda-feira à noite, a instituição liderada por Vitor Constâncio reage a uma notícia do «Diário Económico», segundo a qual a Associação Portuguesa dos Utilizadores e Consumidores de Serviços e Produtos Financeiros (Sefin) vai apresentar uma queixa no Banco de Portugal, depois de ter recolhido indícios de que a banca não está a cumprir o cálculo dos juros a 360 dias.

«No âmbito das suas competências de supervisão comportamental, o Banco de Portugal faz regularmente inspecções para fiscalizar o cumprimento pela instituições dos dispositivos regulamentares e legais em vigor e analisa as reclamações que lhe são dirigidas pelos clientes bancários», explica o Banco de Portugal no seu esclarecimento.

«Neste contexto, e ao contrário do que a notícia hoje publicada no Diário Económico faz crer, o Banco de Portugal não tem conhecimento de violação do disposto no Artº 4º do Decreto-Lei nº 51/2007, de 7 de Março, alterado pelo Decreto-Lei n.º 88/2008, de 29 de Maio», conclui.

in "Agência Financeira"

Este Sr. é sempre o ultimo a saber( Já diz o ditado ;)) isto de receber uma pipa de massa todos os meses e ser o ultimo sempre a saber das coisas >:(

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este Sr. é sempre o ultimo a saber( Já diz o ditado ;)) isto de receber uma pipa de massa todos os meses e ser o ultimo sempre a saber das coisas >:(

Em abono da verdade, se as pessoas não se queixam, eles não podem saber.

Pelo teor da notícia, a própria Sefin manda a queixa aos jornais antes de a mandar ao BdP  :-\

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O pessoal do BdP neste momento nem precisa de se chatear muito, basta acompanhar o forum para saber o que está mal :D

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Atenção a quem tem empréstimos na CGD!

O meu contrato relativo ao CH foi feito em Setembro de 2008, já depois do decreto lei que prevê 360 dias como base de cálculo, e, antes de o assinar, verifiquei que era este o número utilizado. Acontece que nos extractos que tenho recebido, a base de cálculo mencionada é de 365. Já fui ao banco tratar disto e disseram que desde Janeiro 09 têm aplicado os 360. Então e até lá? Não se esqueçam de reclamar se for o vosso caso.

Cumprimentos

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor