Entrar para seguir isto  
Seguidores 0
D4Dpower

Dúvida na TAE de CGD

11 publicações neste tópico

Bons dias,

Este é o meu primeiro tópico neste fórum e antes de mais gostaria de felicitar o(s) criador(es) do mesmo, assim como os seus participantes, pois é uma excelente ferramenta de esclarecimento neste campo que pode ser muito confuso para a generalidade das pessoas (e onde me incluo)...

Agora, em relação à dúvida que tenho, é a seguinte:

Tenho na CGD um crédito habitação e também um multi-opções associado, de Janeiro 2006, com spread 1% entretanto renegociado para 0.8%. A taxa é revista em Janeiro, usando a Euribor 6 meses de Dezembro, correspondendo a uma TAE de 4,165% e de acordo com o conversor do blog, uma TAE de 4.245% (que é o que aparece no site homebanking da CGD. Acontece que a informação que me chegou a casa por correio do banco, refere correctamente a TAN (igual para os dois créditos) mas a TAE é diferente da do site e do conversor, e além disso, são diferentes no dois créditos, sendo que sempre foram iguais.

Já fui ao banco na sexta-feira e não souberam explicar (vieram com a conversa da TAE incluir comissões e blábláblá) que não explica nada.

Alguém pode ter uma ideia do que se terá passado?

Obrigado.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A "conversa" do banco está correcta.

A TAE de um crédito não se calcula da mesma forma que a TAE de um depósito a prazo (que é aquela com que o conversor do blog trabalha).

A ferramenta financeira que aqui disponho permite converter entre TAE e TANB, facilitando a comparação de depósitos entre bancos (porque uns anunciam as taxas nominais - TANB - e outros as taxas efectivas - TAE).

A TAE de um empréstimo dá uma trabalheira a calcular e leva em conta efectivamente as comissões bancárias, seguros, etc.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Pois, realmente tem razão... não tinha reparado nisso :-[...

No entanto, o valor de TAE que me aparece no site está de acordo com o conversor e as taxas das revisões anteriores também... pode ser apenas coincidência... outra coisa curiosa é que as taxas sempre foram iguais nos dois créditos e agora aparecem diferentes (quase 0.1%)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

outra coisa curiosa é que as taxas sempre foram iguais nos dois créditos e agora aparecem diferentes (quase 0.1%)

Se eles são indexados à média de Dezembro, e com spread de 0,8%, a TANB agora deve estar nos 4,165%. As respectivas TAE's são necessariamente diferentes uma vez que o peso das despesas em cada um dos créditos é necessariamente diferente...

Se o conversor em causa deu valores idênticos até agora, isso é pura coincidência. Mas acho bastante estranho - a TAE devia ser um bom bocado mais alta que a TANB, não apenas umas centésimas...

Não haverá para aí alguma confusão entre as várias taxas? Afinal, que taxas é que tens?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

OK, vamos a ver se consigo explicar...

1.º ponto: até agora, as taxas sempre foram iguais nos dois créditos, quer a TAN como a TAE.

2.º ponto: no site (homebanking) da CGD aparece a taxa nominal efectiva 4.245% (nos dois créditos).

3.º ponto: nas cartas (uma para cada crédito) vem TAN=4.165% (em ambas) a que corresponde uma TAE 4.2??% (> que 4.245%) para o CH e 4.3??% para o MO, isto é, diferente nos dois créditos... [peço desculpa. mas não tenho aqui os valores e não me recordo exactamente deles]...

o que estranho é a diferença do que acontecia antes para agora... ou estavam enganados e corrigiram ou enganaram-se agora...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

1.º ponto: até agora, as taxas sempre foram iguais nos dois créditos, quer a TAN como a TAE.

Quanto à TAN não me admiro. Agora a TAE, como referi, já acho estranho... é capaz de ter havido um erro até recentemente.

2.º ponto: no site (homebanking) da CGD aparece a taxa nominal efectiva 4.245% (nos dois créditos).

Isso não pode estar certo. A taxa ou é nominal ou é efectiva :)

Eu até podia admitir que fosse a efectiva, mas isso contraria o que dizes depois no 3º ponto...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Quanto à TAN não me admiro. Agora a TAE, como referi, já acho estranho... é capaz de ter havido um erro até recentemente.

Isso não pode estar certo. A taxa ou é nominal ou é efectiva :)

Eu até podia admitir que fosse a efectiva, mas isso contraria o que dizes depois no 3º ponto...

tem razão, foi lapso meu... no site diz só taxa efectiva...

precisamente por haver esta discrepância é que fui ao banco...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Olá

Tive exactamente a mesma dúvida. Ou seja, após a última revisão da prestação (Euribor a 6 meses, no meu caso), recebi em casa o documento com a informação da CGD sobre as novas taxas e a nova prestação. O documento que me foi enviado era diferente dos enviados anteriormente - porque já era resultante de um novo programa infomático. A taxa nominal (TAN)estava correcta mas a taxa efectiva (TAE) era muito superior à que surgia no Caixa Directa on-line e à que surgia no sistema informático do próprio balcão. Acrescente-se que, pela primeria vez, a TAE era diferente no empréstimo principal e no multi-opções. Pensei tratar-se de um engano e estabeleci muitos contactos com o Caixa Directa on-line e com o Balcão, todos sem sucesso, pois a questão não era compreendida.

Só recentemente vi a questão esclarecida, por mérito de uma funcionária do Balcão da CGD que analisou comigo toda a informação disponível no sistema.

Assim, os antigos documentos informavam os clientes sobre a taxa nominal (TAN) e sobre a Taxa de Juro Efectiva (TAE). Os actuais documentos informam sobre a TAN e sobre a Taxa de Juro Anual Efectiva. É aqui que a confusão se gerou. Efectivamente há uma diferença entre a Taxa de Juro Efectiva (TAE) e a Taxa de Juro Anual Efectiva. Esta última apresenta todos os encargos com o empéstimo - aqui se incluindo os seguros de vida e o seguro multi-riscos, por exemplo.

No site da CGD continua a  surgir apenas a Taxa de Juro Efectiva (TAE). No sistema informático dos balcões da CGD é possível ter acesso às 3 taxas: TAN, TAE e Taxa de Juro Anual Efectiva.

Só é de lamentar que o serviço de apoio telefónico da CGD online não consiga explicar tudo isto aos clientes que, como eu, estavam muito confusos sobre esta questão.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Olá

Tive exactamente a mesma dúvida. Ou seja, após a última revisão da prestação (Euribor a 6 meses, no meu caso), recebi em casa o documento com a informação da CGD sobre as novas taxas e a nova prestação. O documento que me foi enviado era diferente dos enviados anteriormente - porque já era resultante de um novo programa infomático. A taxa nominal (TAN)estava correcta mas a taxa efectiva (TAE) era muito superior à que surgia no Caixa Directa on-line e à que surgia no sistema informático do próprio balcão. Acrescente-se que, pela primeria vez, a TAE era diferente no empréstimo principal e no multi-opções. Pensei tratar-se de um engano e estabeleci muitos contactos com o Caixa Directa on-line e com o Balcão, todos sem sucesso, pois a questão não era compreendida.

Só recentemente vi a questão esclarecida, por mérito de uma funcionária do Balcão da CGD que analisou comigo toda a informação disponível no sistema.

Assim, os antigos documentos informavam os clientes sobre a taxa nominal (TAN) e sobre a Taxa de Juro Efectiva (TAE). Os actuais documentos informam sobre a TAN e sobre a Taxa de Juro Anual Efectiva. É aqui que a confusão se gerou. Efectivamente há uma diferença entre a Taxa de Juro Efectiva (TAE) e a Taxa de Juro Anual Efectiva. Esta última apresenta todos os encargos com o empéstimo - aqui se incluindo os seguros de vida e o seguro multi-riscos, por exemplo.

No site da CGD continua a  surgir apenas a Taxa de Juro Efectiva (TAE). No sistema informático dos balcões da CGD é possível ter acesso às 3 taxas: TAN, TAE e Taxa de Juro Anual Efectiva.

Só é de lamentar que o serviço de apoio telefónico da CGD online não consiga explicar tudo isto aos clientes que, como eu, estavam muito confusos sobre esta questão.

Bom dia,

gostaria de agradecer o comentário, que vem confirmar o que eu tinha já intuído, do que me disseram no banco, onde não me explicaram com a clareza com que o fez aqui... disseram-me que a diferença estaria de facto na inclusão na TAE dos seguros, etc., mas como eu pago os seguros separadamente dos créditos, não me parece que sejam contabilizados para o cálculo da TAE, no meu caso. No entanto, como as comissões são diferentes nos dois créditos, isso pode explicar a pequena diferença nos valores informados...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Olá

No meu caso, também pago todos os seguros separadamente. No entanto, foi-me dito que os Bancos são obrigados a contabilizar na Taxa de Juro Anual Efectiva todas as despesas respeitantes ao empréstimo (ainda que não digam respeito directamente ao banco em questão), para que possa haver não só uma tomada de consciência pelo consumidor dos custos reais do crédito, como para possibilitar uma comparação entre as taxas praticadas pelos vários bancos.

Existem ainda diferenças entre o crédito à habitação e o multi-opções. Neste último, por exemplo, para além do habitual imposto de selo de 0,5% aplicada à Comissão de processamento sobre a Verba, existe um imposto de selo de 4% sobre os próprios juros. Só recentemente tomei conhecimento deste facto, nos documentos digitais da Caixa-Directa.

De qualquer modo, para o cálculo da prestação a pagar apenas interessa a TAN. As outras taxas aparecem a título informativo. Talvez na TAE se incluam, para além da Euribor e do spread, as despesas de processamento e o imposto de selo. Pena é que a clareza não seja o forte dos bancos. Valham-nos os fóruns, como este.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Talvez na TAE se incluam, para além da Euribor e do spread, as despesas de processamento e o imposto de selo. Pena é que a clareza não seja o forte dos bancos. Valham-nos os fóruns, como este.

Na TAE incluem-se todas as despesas originadas pelo credito (com excepçao do imposto de selo)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

Entrar para seguir isto  
Seguidores 0