daniel__

Investir entre 30.000-35.000€

24 publicações neste tópico

Boa noite

Tenho cerca de 30.000 a 35.000 para investir a 1 ano ou 6 meses. As hipoteses que coloco são:

-Deposito a prazo no invest a 1 ano - 3.75 tanb

-BIG Super Depósito a 6 meses- 3.25 tanb

-ES Plano Prudente (o simulador deu-me perfil conservador, nunca meti dinheiro em fundos e não estou disponivel para perdas de capital)

-Outro?

Em todos colocar 100% do capital.

As questões:

-Relativamente ao fundo é se é expectável que venha a ter maior taxa liquida que os dois referidos depositos?

-Se é expectável que daqui a seis meses as taxas serão superiores ou se mais vale colocar a 1 ano.

-Relativamente a taxas dos bancos, confesso que não estou dentro do assunto, entre BIg e Invest há alguma cobrança além dos obvios 28%?

-Por este valor será que consigo negociar mais qualquer coisita em algum banco?

Obrigado pelo vosso tempo. Estou aberto a sugestões.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa noite

Tenho cerca de 30.000 a 35.000 para investir a 1 ano ou 6 meses. As hipoteses que coloco são:

-Deposito a prazo no invest a 1 ano - 3.75 tanb

-BIG Super Depósito a 6 meses- 3.25 tanb

-ES Plano Prudente (o simulador deu-me perfil conservador, nunca meti dinheiro em fundos e não estou disponivel para perdas de capital)

-Outro?

Em todos colocar 100% do capital.

As questões:

-Relativamente ao fundo é se é expectável que venha a ter maior taxa liquida que os dois referidos depositos?

-Se é expectável que daqui a seis meses as taxas serão superiores ou se mais vale colocar a 1 ano.

-Relativamente a taxas dos bancos, confesso que não estou dentro do assunto, entre BIg e Invest há alguma cobrança além dos obvios 28%?

-Por este valor será que consigo negociar mais qualquer coisita em algum banco?

Obrigado pelo vosso tempo. Estou aberto a sugestões.

- Sim, acredito que esse fundo venha a valorizar mais face aos depósitos tradicionais, e a cotação já vem líquida, ou seja, quando se fizer o resgate é líquido.

- As taxas não deverão subir, o BCE vai manter ou mesmo baixar ainda mais as taxas de juro.

- A comissão de manutenção de conta e dos cartões que se possa vir a ter, mas penso que estes não cobram.

- Não acredito, mas não custa tentar  :)

A opinião que eu daria era o ES Liquidez, no BES ou no Best, a um ano está a dar 3.7% líquidos.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Por acaso, acho que seria mais correcto apontar para uma rentabilidade de 3.3% líquidos.

A rentabilidade a 12 meses está de facto nos 3.7%, mas desde o início do ano houve uma ligeira quebra na velocidade de crescimento do valor das UPs (é bem observável num gráfico a 12 meses). Anualizando a rentabilidade desde 2013 dá os tais 3.3%.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa noite

Tenho cerca de 30.000 a 35.000 para investir a 1 ano ou 6 meses. As hipoteses que coloco são:

-Deposito a prazo no invest a 1 ano - 3.75 tanb

-BIG Super Depósito a 6 meses- 3.25 tanb

-ES Plano Prudente (o simulador deu-me perfil conservador, nunca meti dinheiro em fundos e não estou disponivel para perdas de capital)

-Outro?

Em todos colocar 100% do capital.

As questões:

-Relativamente ao fundo é se é expectável que venha a ter maior taxa liquida que os dois referidos depositos?

-Se é expectável que daqui a seis meses as taxas serão superiores ou se mais vale colocar a 1 ano.

-Relativamente a taxas dos bancos, confesso que não estou dentro do assunto, entre BIg e Invest há alguma cobrança além dos obvios 28%?

-Por este valor será que consigo negociar mais qualquer coisita em algum banco?

Obrigado pelo vosso tempo. Estou aberto a sugestões.

Quando falas de perdas de capital não podes falar isoladamente sem correlacionares com um horizonte temporal,ou seja,por exemplo o fundo es plano prudente já teve perdas de capital em quem nele esteve investido 6 meses algures no passado mas nunca teve perdas de capital em quem nele esteve investido 2 anos ou mais algures no passado durante a vida do fundo, por isso se te decidires por investir neste fundo a 2 anos ou mais a probabilidade de perderes capital reduz-se drasticamente em relação a investires a 1 ano ou menos na realidade em investimentos para 2 anos ou mais  tal nunca aconteceu desde que existe o fundo o que te dá alguma segurança. na pior das hipoteses perdes o capital na percentagem do desvio padrão

que actualmente é 2,95%

eu actualmente estou ainda mais conservador que o es plano prudente e estou investido assim:

29,25% es liquidez

29,25% es rendimento

41,5%  es plano prudente

neste caso limitas as perdas de capital e reduzes o horizonte temporal não calculei o dp desta carteira mas deverá andar em torno dos 1% o horizonte temporal minimo de investimento aí uns 6 meses e a rendibilidade entre 3 e 4 % liquidos ao ano, espero ter ajudado

cumps

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa tarde a todos!

Penso que as taxas que estarão a mencionar do fundo não serão liquidas, tendo em conta que a valorização das UP terá de ser tributada em IRS.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

na pior das hipoteses perdes o capital na percentagem do desvio padrão que actualmente é 2,95%

será mesmo esse o cenário, "na pior das hipóteses" ? 

considerando uma distribuição normal (que não será) 68% das cotações estarão dentro desse intervalo de desvio padrão .... 

mas e os outros 32% ? 

estão fora desse intervalo, logo (embora estatisticamente menos provável) são possíveis de atingir, como já o atingiram no passado

dai este tipo de produto, como outros, não ter capital garantido (nem ganhos garantidos, pelo mesmo motivo) , porque a amplitude das perdas (ou dos ganhos) futuros não são previsíveis - veja se os últimos dois meses dos "super estáveis e "calmos"" PIMCO

acho que consigo compreender o que queres dizer, mas conseguir que o pior cenário seja realmente esse, é maios ou menos como acertar nos pontos de compra e venda certos - timming de mercado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa tarde a todos!

Penso que as taxas que estarão a mencionar do fundo não serão liquidas, tendo em conta que a valorização das UP terá de ser tributada em IRS.

Não tem. Em fundos nacionais a valorização da UP já inclui todos os impostos pagos pela entidade gestora, assim que o rendimento é líquido.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Qd fazes o IRS não tens de declarar esses rendimentos?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Se não queres perdas de capital então basta escolher o DP que melhor taxa te oferece pois nos outros pode sempre haver perdas de capital.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Qd fazes o IRS não tens de declarar esses rendimentos?

não

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Qd fazes o IRS não tens de declarar esses rendimentos?

Não, só se optares pelo englobamento, os fundos são rendimento de capital como os depositos a prazo etc, só declaras se quiseres.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

será mesmo esse o cenário, "na pior das hipóteses" ? 

considerando uma distribuição normal (que não será) 68% das cotações estarão dentro desse intervalo de desvio padrão .... 

mas e os outros 32% ? 

estão fora desse intervalo, logo (embora estatisticamente menos provável) são possíveis de atingir, como já o atingiram no passado

dai este tipo de produto, como outros, não ter capital garantido (nem ganhos garantidos, pelo mesmo motivo) , porque a amplitude das perdas (ou dos ganhos) futuros não são previsíveis - veja se os últimos dois meses dos "super estáveis e "calmos"" PIMCO

acho que consigo compreender o que queres dizer, mas conseguir que o pior cenário seja realmente esse, é maios ou menos como acertar nos pontos de compra e venda certos - timming de mercado

nestes fundos flexiveis o gestor quando existem fenomenos de mercado cataclismais e essas perdas atingem niveis coincidentes com o desvio padrão farão todas as alterações a nivel de activos para que esse valor não se agrave nem que seja vender os activos e guardar o dinheiro no cofre :) :) :) :) .esse calculos probabilisticos que te referes nestes fundos de gestão activa não colam bem visto o fundo estar permanentemente a mudar a alocação de activos e logo o risco ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Após ter pensado acho que vou ficar num meio termo. Vou meter cerca de 30.000€ no invest a 1ano e e cerca de 2000€ (7% do total) num dos fundos a longo prazo (ES plano prudente, ES liquidez). Assim começo a aprender conceitos base como diversificar e aprender como funcionam os fundos. Possivelmente irei metendo mais algum no fundo progressivamente. Agora confesso que ainda tenho receio entrar logo com todo o capital num fundo.

Relativamente ao Es plano prudente e ES liquidez, quais são as principais diferenças e qual recomendam para um primeiro fundo de cerca de 2000€?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Após ter pensado acho que vou ficar num meio termo. Vou meter cerca de 30.000€ no invest a 1ano e e cerca de 2000€ (7% do total) num dos fundos a longo prazo (ES plano prudente, ES liquidez). Assim começo a aprender conceitos base como diversificar e aprender como funcionam os fundos. Possivelmente irei metendo mais algum no fundo progressivamente. Agora confesso que ainda tenho receio entrar logo com todo o capital num fundo.

Relativamente ao Es plano prudente e ES liquidez, quais são as principais diferenças e qual recomendam para um primeiro fundo de cerca de 2000€?

O liquidez é curto prazo(min 30 dias) o prudente medio prazo(min 2 anos)

2000 euros é pouco para o prudente 10000 no min para veres algum retorno o liquidez podes por la qualquer valor alias eu por exemplo vejo esse fundo mais como um deposito  ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

nestes fundos flexiveis o gestor quando existem fenomenos de mercado cataclismais e essas perdas atingem niveis coincidentes com o desvio padrão farão todas as alterações a nivel de activos para que esse valor não se agrave nem que seja vender os activos e guardar o dinheiro no cofre :) :) :) :) .esse calculos probabilisticos que te referes nestes fundos de gestão activa não colam bem visto o fundo estar permanentemente a mudar a alocação de activos e logo o risco ;)

desconheço totalmente o ES Prudente, bem como a política de investimento do seu gestor. mas olhando outros fundos, dos falados neste tópico e não andando muito para trás (menos de dois meses basta), é possível ver perdas superiores a isso, não?

se a medida do risco é o desvio padrão das variações das cotações, e o desvio padrão é um calculo contabilistico, algo se "cola" ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Após ter pensado acho que vou ficar num meio termo. Vou meter cerca de 30.000€ no invest a 1ano e e cerca de 2000€ (7% do total) num dos fundos a longo prazo (ES plano prudente, ES liquidez). Assim começo a aprender conceitos base como diversificar e aprender como funcionam os fundos. Possivelmente irei metendo mais algum no fundo progressivamente. Agora confesso que ainda tenho receio entrar logo com todo o capital num fundo.

Relativamente ao Es plano prudente e ES liquidez, quais são as principais diferenças e qual recomendam para um primeiro fundo de cerca de 2000€?

Se tens a disponibilidade de ter o dinheiro parado durante 1 ano então definitivamente nem ia para depósitos a prazo na minha perspectiva, só no liquidez a 1 ano tens cerca de 4.50% brutos, com liquidez imediata e sem perda de "juros" como acontece nos DPs se quiseres resgatar antecipadamente.

Tens de dar uma olhadela no nosso tópico sobre fundos, onde esse fundo entre outros são falados diariamente, e verás que pelo menos o Liquidez é a melhor alternativa no mercado aos Dps, são aplicações diferentes, é óbvio, mas se veres como funciona vais ver que o chamado risco é tanto ou menos que um depósito.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

desconheço totalmente o ES Prudente, bem como a política de investimento do seu gestor. mas olhando outros fundos, dos falados neste tópico e não andando muito para trás (menos de dois meses basta), é possível ver perdas superiores a isso, não?

se a medida do risco é o desvio padrão das variações das cotações, e o desvio padrão é um calculo contabilistico, algo se "cola" ;)

não gosto de dar o exemplo deste período recente pois várias circuntancias negativas se associaram não sendo provavel virem a acontecer no futuro proximo novamente de qualquer modo a perda máxima do prudente foi a subscrição a 23/05/2013 e resgate 26/06/2013 perdeu 4,22% se houve alguem que o subscreveu e resgatou nestas datas aconselho uma ida à bruxa. :);)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Após ter pensado acho que vou ficar num meio termo. Vou meter cerca de 30.000€ no invest a 1ano e e cerca de 2000€ (7% do total) num dos fundos a longo prazo (ES plano prudente, ES liquidez). Assim começo a aprender conceitos base como diversificar e aprender como funcionam os fundos. Possivelmente irei metendo mais algum no fundo progressivamente. Agora confesso que ainda tenho receio entrar logo com todo o capital num fundo.

Relativamente ao Es plano prudente e ES liquidez, quais são as principais diferenças e qual recomendam para um primeiro fundo de cerca de 2000€?

Para começares eu fazia como já tenho recomendado

1/3 es plano prudente

1/3 es liquidez

1/3 es rendimento

com esta carteira podes ficar tranquilo e consegues perceber a dinamica dos fundos e carteiras de investimento :);)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Depósito a prazo no Invest a 1 ano e não te chateies mais com isso mete lá os 35k a render, era o que faria no teu lugar.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Eu sem dúvida que diversificava.

Sim eu li que querias 100% num só.

Mas por exemplo:

15% Obrigações Tesouro 2037

50% 2 ou 3 fundos debaixo risco ( ES Liquidez por exemplo)

35% Depósito a prazo

Tens o dinheiro espalhado, e dá mais "trabalho" mas o risco é menor e  a rentabilidade maior.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

desconheço totalmente o ES Prudente, bem como a política de investimento do seu gestor. mas olhando outros fundos, dos falados neste tópico e não andando muito para trás (menos de dois meses basta), é possível ver perdas superiores a isso, não?

se a medida do risco é o desvio padrão das variações das cotações, e o desvio padrão é um calculo contabilistico, algo se "cola" ;)

eu não disse que não colava, apenas disse que não colava bem  ;)

PorquÊ?

Porque estares a utilizar desvios padroes calculados para periodos de tempo passados e com os activos desse periodo de tempo como medida de risco para investimentos futuros quando depois futuramente o fundo pode pelas suas caracteristicas mudar completamente de activos e de risco não é fiável,pode ser e eu uso a titulo meramente indicativo,se as condições do mercado forem relativamente normais, não para casos extremos como referes... :)

exemplo

o desvio padrao a 3 anos é 3%

amanhã o gestor vende os activos e coloca num deposito a prazo a 3 anos a 0,5%

Como medida de risco para os proximos 3 anos é fiável o desvio padrão  a 3a?

:);)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

eu não disse que não colava, apenas disse que não colava bem  ;)

PorquÊ?

Porque estares a utilizar desvios padroes calculados para periodos de tempo passados e com os activos desse periodo de tempo como medida de risco para investimentos futuros quando depois futuramente o fundo pode pelas suas caracteristicas mudar completamente de activos e de risco não é fiável,pode ser e eu uso a titulo meramente indicativo,se as condições do mercado forem relativamente normais, não para casos extremos como referes... :)

exemplo

o desvio padrao a 3 anos é 3%

amanhã o gestor vende os activos e coloca num deposito a prazo a 3 anos a 0,5%

Como medida de risco para os proximos 3 anos é fiável o desvio padrão  a 3a?

:);)

ok, faz sentido :) e isso aplica-se a todos os fundos de investimento, aos mistos flexíveis ou só ao ES Prudente?

como te disse, não tenho ideia nenhuma do andamento das cotações do ES Prudente, depois já vou procurar :)  tenho curiosidade para ver como se comportou naqueles pontos históricos (quedas fortes) e como se comportou no período  seguinte (de recuperação)

julgo que o objectivo do desvio padrão a 3a (ou o que quer que seja usado) apenas fornece uma "imagem" do que se passou o passado, e assim, expectável no futuro, mantendo se as mesmas condições, que uma alteração profunda da carteira, não seria o caso

a uma ou duas páginas atras da pagina actual, no tópico "TOP" Fundos de Investimento, coloquei uma imagem onde se pode comparar o comportamento da volatilidade (desvio padrão) - ao longo do tempo (tenho um histórico pequeno) - entre a volatilidade rolling a 12 M e a volatilidade de todo o periodo

consegue-se ver alguma "dinâmica" nessas curvas, logo a "imprevisibilidade" ou "pouca fiabilidade" a que te referes :)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

ok, faz sentido :) e isso aplica-se a todos os fundos de investimento, aos mistos flexíveis ou só ao ES Prudente?

como te disse, não tenho ideia nenhuma do andamento das cotações do ES Prudente, depois já vou procurar :)  tenho curiosidade para ver como se comportou naqueles pontos históricos (quedas fortes) e como se comportou no período  seguinte (de recuperação)

julgo que o objectivo do desvio padrão a 3a (ou o que quer que seja usado) apenas fornece uma "imagem" do que se passou o passado, e assim, expectável no futuro, mantendo se as mesmas condições, que uma alteração profunda da carteira, não seria o caso

a uma ou duas páginas atras da pagina actual, no tópico "TOP" Fundos de Investimento, coloquei uma imagem onde se pode comparar o comportamento da volatilidade (desvio padrão) - ao longo do tempo (tenho um histórico pequeno) - entre a volatilidade rolling a 12 M e a volatilidade de todo o periodo

consegue-se ver alguma "dinâmica" nessas curvas, logo a "imprevisibilidade" ou "pouca fiabilidade" a que te referes :)

o desvio padão é tanto mais fiável quanto mais rígida é a classe de activos do fundo, e tipos de fundos existem para todos os gostos p ex.

fundo de acções portuguesas

fundo de obrigações europeias

...

nestes a classe de activos não varia o dp é mais fiavel como medida de risco...cola muito mesmo. :);)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

ok, faz sentido e isso aplica-se a todos os fundos de investimento, aos mistos flexíveis ou só ao ES Prudente?

o que cada fundo pode ser constituido a cada momento encontra-se descrito no prospecto completo que os investidores devem ler com atenção antes de investirem

a categoria de fundos flexiveis permite ao gestor flexibilidade para alocar os activos da maneira que bem entender consoante o clima dos mercados a cada momento, nestes, em momentos diferentes  o fundo pode ser de uma classe diferente,risco diferente e horizonte temporal diferente.

Fundo Espirito Santo Plano Prudente (bes,best,esaf,bes açores...)

Características:

O Fundo poderá em cada momento investir nos

seguintes tipos de ativos: - máximo 50% em ações ou

fundos harmonizados de ações; - obrigações ou fundos

harmonizados de obrigações de taxa fixa; - obrigações

ou fundos harmonizados de obrigações de taxa variável

e instrumentos do mercado monetário. A alocação

acionista poderá ser de mercados desenvolvidos e de

mercados emergentes. O investimento da componente

obrigacionista será efetuado prioritariamente em

dívida pública e/ou privada de emitentes sedeados na

Europa, Estados Unidos e Mercados Emergentes.

Risco Associado ao Investimento:

O risco do Fundo depende do tipo de alocação decidida

pela gestão, podendo variar quanto ao risco de taxa de

juro, risco de crédito e risco de preço. O fundo poderá

ficar exposto ao risco cambial. O investimento em

Instrumentos Financeiros Derivados pode resultar num

acréscimo de risco no património do Fundo.

Perfil do Investidor

Investidores com uma reduzida apetência ao risco,

aceitando contudo a volatilidade implícita, por via da

exposição em ações e/ou fundos de ações, ainda que

reduzida, com expectativas de valorização do

investimento realizado, numa perspetiva de

Médio /Longo Prazo, com período mínimo recomendado de 2

anos.

A verde está o mais importante...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead