Entrar para seguir isto  
Seguidores 0
supermax

renogoçiação de spread

11 publicações neste tópico

Tentei junto da cgd baixar o meu spread, foi me dito que baixavam de 0,875 para 0,75, mas para isso tería que mudar de euribor a 3meses para 6 o que nesta altura não me parece que seja vantagoso, visto que o meu empréstimo foi revisto este mês e mantendo como está será revisto novamente em abril em baixa, se fizesse essa mudança da taxa para 6meses seria revista agora á taxa de novembro que aínda não estava tão baixa e depois só em julho seria refletido esta grande queda da euribor será que estou a pensar bem?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Olá ,

Se fosse a vc não caía nessa.Eu acho que a Euribor deve nivelar por volta dos 2% mais coisa , menos coisa. Não é bom momento para mudar para 6 meses...È melhor deixa-la tocar o fundo ,ver qual vai ser a média de Maio ,que é a usada para a de 6 meses e em Junho  , mudar a euribor para 6 meses.

O que vc devia fazer neste momento , isso sim , é ir a outros bancos ,ver quem lhe ofereçe menos e apareçer com as simulações À frente do seu gerente.Eu por exemplo , tenho uma amiga que apresentei agora ao BBVA e lhe foi ofereçido 0;45%.Bem negociado acabou por fechar a 0.35%.

Se vc quiser alguma ajuda lá , mande-me uma mensagem.

Abraço ,

Speedbird

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Tenho um crédito à habitação, taxa euribor 6 meses + 0,8 spread. Pelo que ouço várias pessoas a dizer este spread é muito alto! É possível saber se realmente está muito alto ou não, sem ser falando com o gestor de conta do banco?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Tenho um crédito à habitação, taxa euribor 6 meses + 0,8 spread. Pelo que ouço várias pessoas a dizer este spread é muito alto! É possível saber se realmente está muito alto ou não, sem ser falando com o gestor de conta do banco?

Depende muito das tuas condições para pagar o empréstimo. Nomeadamente:

* da relação financiamento / garantia - quanto dinheiro pediste? e por quanto está avaliado o imóvel? Tens fiadores ou outras garantias para além da hipoteca sobre o imóvel?

* do teu factor de endividamento - qual a percentagem das prestações dos teus empréstimos relativamente ao rendimento líquido do teu agregado familiar?

Por exemplo, se deves menos de metade do valor da casa e a prestação corresponde a menos de 20% do teu rendimento, esse spread podia ter sido mais bem negociado. Se deves mais dinheiro do que a casa vale ou metade do teu rendimento é para pagar a prestação, tiveste muita sorte - normalmente os spreads cobram spreads bem mais altos do que isso nesses casos.

Para além disso, os bancos tendem a baixar um pouco o spread em troca do cliente subscrever mais alguns dos seus produtos. Também depende um bocado de quanto da tua vida está no banco onde tens o empréstimo.

No final tudo depende do banco e da vossa capacidade de negociar um com o outro... e não perdes nada em pedir a opinião do gestor de conta do banco...

Para além disso, muitos dos comentários que podes ter lido podem já ter alguns meses. Com a crise financeira, os bancos já não praticam spreads tão baixos como o faziam há apenas uns meses atrás. Por isso, mesmo que até tenhas ficado com um spread alto para a altura, pode ser difícil renegociá-lo com o banco agora (mas podes sempre tentar na concorrência).

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boas pauloaguia!

Independentemente das questões que levantas na tua última mensagem para a possibilidade da renegociação do "spread", gostaria de te colocar estas:

- Quem tem um valor residual no CH, torna-se mais difícil renegociar?

- Na eventualidade de pagar antecipadamente esse valor, esse facto permite "jogar" mais facilmente com simulações de outros bancos, para pressionar o "meu"?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

- Quem tem um valor residual no CH, torna-se mais difícil renegociar?

Não vejo em quê. Aliás, como o facto de haver parte da dívida deixada para o fim do empréstimo baixa a prestação, isso até poderia ajudar no cálculo da taxa de esforço... Mas não vejo que o facto de ser especificamente um empréstimo com factor residual possa ter grande influência numa negociação com os bancos.

- Na eventualidade de pagar antecipadamente esse valor, esse facto permite "jogar" mais facilmente com simulações de outros bancos, para pressionar o "meu"?

O que interessa aos outros bancos é o capital em dívida (seja ela para pagar metade no fim ou ir pagando aos poucos). Até porque, ao negociar com outros bancos não precisas necessariamente de voltar a contratar um empréstimo com as mesmas condições...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Era aquilo que pensava, mas vá-se lá saber porque razão no Banco nos dão informações distorcidas ou pouco claras (no mínimo!

Obrigado Paulo!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Era aquilo que pensava, mas vá-se lá saber porque razão no Banco nos dão informações distorcidas ou pouco claras (no mínimo!

E não te explicaram o porquê da afirmação? E tu, não perguntaste? :)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

pauloaguia, obrigado pelo esclarecimento.

Vou entrar em contacto com o administrador de conta então.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

E não te explicaram o porquê da afirmação? E tu, não perguntaste? :)

É claro que os questionei sobre a falta de lógica da situação!

A explicação foi uma "algaraviada" sem ponta de senso, do princípio ao fim (do género: "não tenho a certeza"; "vou ter que consultar o Departamento não sei de quê")... A ilação que tirei, foi (imagino) o receio de que pedisse, porventura a transferência do crédito para outra instituição;a funcionária, ligada ao sector dos créditos, é muito jovem e pareceu-me acima de tudo, assustada talvez com essa possibilidade de mudança. Depois, o BPI, na zona daquela Agência é "líder" e acho que isso também a preocupou! Em concelhos pequenos, as repercussões são grandes e mexem de imediato com os actuais e potenciais clientes.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A melhor forma de negociar com os bancs é com a simuação de outros na mão....

Se ela ficou assustada com a possibilidade de vc se mudar de banco , explore isso...

Abraço,

Speedbird

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

Entrar para seguir isto  
Seguidores 0