nlopes

É a altura certa para amortizar?

76 publicações neste tópico

Numa conjuntura em que as taxas de juro estão em constante descida, acham que é uma boa altura para amortizar, parcialmente, a dívida do crédito da habitação ou é a melhor fase para investir?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A regra e´ sempre a mesma independentemente da conjuntura - se consegues investir com uma rendibilidade liquida superior `a da taxa do empréstimo força nisso... senao mais vale amortizar.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

hoje estão baixos , amanhã estão altos ...

Eu em 2 anos e meio já não deo nada a esses chulos...e ainda vou ter um aumento de salario de 800 euros...

Mal posso esperar o dia de pagar o ultimo euro...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

...e ainda vou ter um aumento de salario de 800 euros...

Chiça :o :o

Na tua empresa não estarão a precisar de pessoal? Tu avisa, mudo-me já! Eu, se tiver 8 € de aumento já é uma farturinha  >:(

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Chiça :o :o

Na tua empresa não estarão a precisar de pessoal? Tu avisa, mudo-me já! Eu, se tiver 8 € de aumento já é uma farturinha  >:(

Será que os 800€ não são o que ele vai deixar de pagar ao banco? ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Será que os 800€ não são o que ele vai deixar de pagar ao banco? ;)

Depois de ler o teu comentário, reli a observação do SpeedBird e provavelmente é isso mesmo ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa tarde,

Primeiro queria dar os parabéns por existir este fórum, tem tirado muitas dúvidas a muita gente!

Precisava da opinião de alguém experiente na matéria para me ajudar a decidir na seguinte questão:

Estou a pensar amortizar o meu credito habitação em 5.000,00€, no entanto, não sei como deverei fazer, dado que na realidade o meu crédito divide-se em 1 crédito habitação de 72800,00€ e um crédito suplementar com a mesma taxa e spreed de 19400,00€.

A dúvida é a seguinte, devo abater o crédito principal usufruindo assim de benefícios fiscais (penso eu!) ou deverei abater o suplementar, perdendo benefícios fiscais, mas estaria a reduzir o crédito que será mais rápido liquidar, caso opte sempre por abater este credito!

Gostaria mesmo que me dessem a opinião, e no caso dos benificios fiscais, quais seriam e quais os montantes.

E já agora, quais as despesas que terei ao fazer esta amortização?

Muito obrigada,

Pedro Teixeira

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Estou a pensar amortizar o meu credito habitação em 5.000,00€, no entanto, não sei como deverei fazer, dado que na realidade o meu crédito divide-se em 1 crédito habitação de 72800,00€ e um crédito suplementar com a mesma taxa e spreed de 19400,00€.

A dúvida é a seguinte, devo abater o crédito principal usufruindo assim de benefícios fiscais (penso eu!) ou deverei abater o suplementar, perdendo benefícios fiscais, mas estaria a reduzir o crédito que será mais rápido liquidar, caso opte sempre por abater este credito!

Gostaria mesmo que me dessem a opinião, e no caso dos benificios fiscais, quais seriam e quais os montantes.

E já agora, quais as despesas que terei ao fazer esta amortização?

Em primeiro lugar acho que os bancos tipicamente obrigam a amortizar primeiro no crédito complementar. Mas isso podes confirmar com o teu banco, tal como os custos da amortização. Já agora, no crédito habitação, caso possas escolher, a comissão máxima por amortização antecipada não pode exceder 0,5% do valor amortizado. No outro empréstimo não há qualquer limite, depende daquilo que acordaste com o banco (mas essa taxa tem que estar prevista na escritura).

Quanto aos benefícios fiscais, provavelmente ainda estás naquela fase em que a tua prestação é mais juros que amortização. Os juros também contam para efeitos do mesmo benefício fiscal. Uma vez que é relativamente fácil atingir os limites máximos de dedução, amortizar no crédito habitação não te faria qualquer diferença em termos de benefício fiscal.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Ok, obrigada, irei confirmar essa situação da comissão bancária junto do banco.

Mais uma vez obrigada,

Pedro Teixeira

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

a comissão máxima por amortização antecipada não pode exceder 0,5% do valor amortizado. No outro empréstimo não há qualquer limite, depende daquilo que acordaste com o banco (mas essa taxa tem que estar prevista na escritura).

para taxa variavel = 0.5% + 4 % de Imposto de selo

Para os 5.000€ será €5.000*0.5% = €25  +4% de IS = €26 no total

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

para taxa variavel = 0.5% + 4 % de Imposto de selo

Para os 5.000€ será €5.000*0.5% = €25  +4% de IS = €26 no total

Correcto. Se se tratar de um empréstimo a taxa fixa, o limite são 2%.

Isto, repito, para o crédito habitação. O outro não tem limite, é o que estiver definido no contrato.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A minha situação é esta: devo 68 mil euros ao banco e faltam-me 25 anos para terminar o empréstimo. Devo amortizar 35 mil euros do valor em dívida? É muito? Que benefícios fiscais posso vir a ter? São poucos? São muitos?

Obrigado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A minha situação é esta: devo 68 mil euros ao banco e faltam-me 25 anos para terminar o empréstimo. Devo amortizar 35 mil euros do valor em dívida? É muito? Que benefícios fiscais posso vir a ter? São poucos? São muitos?

Obrigado

Disse e repito: se conseguires encontrar um investimento cuja rendibilidade líquida seja superior à taxa do empréstimo, não amortizes - investe. Caso contrário, é sempre preferível resolver as nossas dívidas primeiro.

Se optares pela amortização, 35.000€ não é muito. 69.000€ é que seria muito :) (se bem que, se calhar, entre comissões, emissão de documentação e afins, se calhar chegavas lá perto). Seja como for, o importante é que não uses todas as tuas economias para a amortização. Mantém um fundo de emergência de lado, que te dure para alguns meses, no caso de alguma eventualidade.

Quanto aos benefícios fiscais, quer juros quer amortizações extraordinárias são passíveis de deduzir no IRS em 30%. Em 2008 o montante máximo para a dedução era de 586€ (correspondendo a um total de pouco menos de 2000€ em juros + amortizações extraordinárias). Acima deste valor não adiantas nada em termos de benefícios fiscais. Mas, a médio prazo, a redução na prestação em termos da componente de juros permite-te poupar muito mais sem ter que esperar pelo reembolso de IRS do ano seguinte...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Só mais uma nota - alguns bancos costumavam isentar da comissão de amortização antecipada se o valor da amortização fosse inferior a uma determinada percentagem do valor em dívida. Se for o teu caso (consulta o teu contrato) pode valer a pena amortizar em duas ou três parcelas de forma a garantir que ficas abaixo desses limites e não pagas comissões pela amortização...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigado Paulo Aguia, és um craque!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Como a comissão por amortização é de 0,5% , é fazer as contas de quanto é que vc pagaria de juros e quanto é que pagaria por amortizar antecipadamente.

Vale sempre a pena , porque vc paga 3% de juros e está entregar 0,5% pela amortização , ou seja fica ainda assim a ganhar mais ou menos 2,5%.

Abraço

Speedbird

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Como a comissão por amortização é de 0,5% , é fazer as contas de quanto é que vc pagaria de juros e quanto é que pagaria por amortizar antecipadamente.

Vale sempre a pena , porque vc paga 3% de juros e está entregar 0,5% pela amortização , ou seja fica ainda assim a ganhar mais ou menos 2,5%.

Não s esqueça depois de amortizar pedir a revisão dos seguros de vida , que incidem sobre o capital , e que fica menor depois da amortização.

Abraço

Speedbird

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Não s esqueça depois de amortizar pedir a revisão dos seguros de vida , que incidem sobre o capital , e que fica menor depois da amortização.

Fiz em Maio uma pequena amortização no meu empréstimo e continuo a pagar o mesmo valor de seguros. Eu não pedi nada e eles não me disseram. Fiz asneira  ???

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A asneira também não é tão grande como isso e até podes ter interesse em não actualizar o capital em divida.

Imagina que por exemplo tens filhos/marido/pais e que por infelicidade ficas numa das condições, (bate na madeira) para que o seguro pague a hipoteca. O seguro paga a hipoteca até ao montante em divida no banco e o remanescente vai para os herdeiros legais.

Claro que isto que digo só é válido para quem gosta de sentir que tem uma "protecção" adicional.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A asneira também não é tão grande como isso e até podes ter interesse em não actualizar o capital em divida.

Imagina que por exemplo tens filhos/marido/pais e que por infelicidade ficas numa das condições, (bate na madeira) para que o seguro pague a hipoteca. O seguro paga a hipoteca até ao montante em divida no banco e o remanescente vai para os herdeiros legais.

Claro que isto que digo só é válido para quem gosta de sentir que tem uma "protecção" adicional.

Totalmente certo..Como no meu caso , não tenho herdeiros , eu quero é o dinheiro do meu lado.

Mas acho que ainda vai a tempo de pedir um ajuste ..

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A tempo de pedir o ajuste vai com certeza.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Imagina que por exemplo tens filhos/marido/pais e que por infelicidade ficas numa das condições, (bate na madeira) para que o seguro pague a hipoteca. O seguro paga a hipoteca até ao montante em divida no banco e o remanescente vai para os herdeiros legais.

Claro que isto que digo só é válido para quem gosta de sentir que tem uma "protecção" adicional.

Hsfarao, bati na madeira, disse lagarto lagarto lagarto e cruzes canhoto  (não disse mais porque não sabia):D

Nunca tinha pensado nisso. Acho que há uma tendência natural para pensarmos que as coisas más só acontecem aos outros! E tenho uma herdeira legal.....Vou pensar melhor. Obrigadão pela ajuda, mais uma vez.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A actualização do seguro após ter sido efectuada uma amortização, é pelos vistos, diferente de Banco para Banco. Falo evidentemente, do caso em que se contrata o seguro da Companhia associada ao nosso Banco. Nestes casos, no meu (BPI), a actualização é automática, ou seja, na prestação seguinte, já vem reflectido o acerto do seguro referente ao capital em dívida. Se contratas outra Seguradora (não associada ao Banco), então terás de comunicar o facto.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A actualização do seguro após ter sido efectuada uma amortização, é pelos vistos, diferente de Banco para Banco. Falo evidentemente, do caso em que se contrata o seguro da Companhia associada ao nosso Banco. Nestes casos, no meu (BPI), a actualização é automática, ou seja, na prestação seguinte, já vem reflectido o acerto do seguro referente ao capital em dívida. Se contratas outra Seguradora (não associada ao Banco), então terás de comunicar o facto.

Pelos vistos varia de Banco para Banco já que a "minha" seguradora também é associada ao "meu" banco. Eles não disseram nada e eu não pedi. Vou ponderar no que o hsfarao me disse  ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Pelos vistos varia de Banco para Banco já que a "minha" seguradora também é associada ao "meu" banco. Eles não disseram nada e eu não pedi. Vou ponderar no que o hsfarao me disse  ;)

M.elis, eu falo no mero campo informativo. O BPI Directo deu-me esta informação há 3 dias. Vou amortizar dentro de pouco tempo e foi o que me disseram!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead