Visitante facturador

de recibos verdes para facturas

8 publicações neste tópico

Olá a todos

Abri actividade, como trabalhador independente, há coisa de 2 meses e comecei a passar recibos verdes.

Ainda passei uns poucos, mas rapidamente cheguei à conclusão que prefiro usar um programa de facturação.

A questão que queria colocar é:

Como faço essa transição?

Que considerações legais preciso ter em conta?

Desde já, agradeço.

Cumprimentos.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Desconheço qualquer formalismo legal para se poder alterar a forma de facturação.

O que tem de ter em atenção é que, ao adoptar um método de facturação diferente dos recibos verdes, terá de comunicar as facturas mensalmente à AT (e-factura).

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Desconheço qualquer formalismo legal para se poder alterar a forma de facturação.

O que tem de ter em atenção é que, ao adoptar um método de facturação diferente dos recibos verdes, terá de comunicar as facturas mensalmente à AT (e-factura).

Obrigado pela resposta.

Efectivamente o que indicas é verdade, mas preciso acrescentar alguma informação que é muito importante.

quem abre actividade e ainda não atingiu os 10 mil euros de facturação, está enquadrado no artigo 53 do CIVA e essa informação tem de estar presente na factura emitida, tal como já estava nos recibos verdes.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

quem abre actividade e ainda não atingiu os 10 mil euros de facturação, está enquadrado no artigo 53 do CIVA e essa informação tem de estar presente na factura emitida, tal como já estava nos recibos verdes.

também já tive chatices com uma factura de serviços, como tb estou isento de fazer retenção na fonte a contabilidade do cliente estava a pedir-me para indicar que estava isento. Algo do genero "Sem retenção fonte - art.º9. n.º1 DL 42/91"

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa noite.

Tenho actividade aberta, então neste caso posso ter um modelo personalizado de facturas sem ser a que é gerada no portal das finanças? com indicação do regime de IVA, base de incidên­cia em IRS, retenção na fonte de IRS e etc.

Teria que ter um software para isso?

Se sim, depois o que eu faço com estas facturas? serão válidas?

Obrigado.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa noite.

Tenho actividade aberta, então neste caso posso ter um modelo personalizado de facturas sem ser a que é gerada no portal das finanças? com indicação do regime de IVA, base de incidên­cia em IRS, retenção na fonte de IRS e etc.

Teria que ter um software para isso?

Se sim, depois o que eu faço com estas facturas? serão válidas?

Obrigado.

Tem 2 opções (além da fatura-recibo electronico do portal): Ou software certificado ou faturas manuais adquiridas numa tipografia certificada.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Fiquei com está dúvida depois de ler o artigo 2.º desde documento, que provavelmente está desactaulizado:

http://info.portaldasfinancas.gov.pt/NR/rdonlyres/08E6C895-2550-4D2B-863D-205D37FE1BE5/0/portaria_879A_2010.pdf

Artigo 2.º

Emissão do recibo

1 - O preenchimento e a emissão do recibo verde electrónico efectuam-se obrigatoriamente no Portal das Finanças

na Internet, no endereço electrónico www.portaldasfinancas.gov.pt.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Fiquei com está dúvida depois de ler o artigo 2.º desde documento, que provavelmente está desactaulizado:

http://info.portaldasfinancas.gov.pt/NR/rdonlyres/08E6C895-2550-4D2B-863D-205D37FE1BE5/0/portaria_879A_2010.pdf

Artigo 2.º

Emissão do recibo

1 - O preenchimento e a emissão do recibo verde electrónico efectuam-se obrigatoriamente no Portal das Finanças

na Internet, no endereço electrónico www.portaldasfinancas.gov.pt.

Essa portaria apenas aprova os novos modelos de recibos verdes à altura.

Atualmente existe outra portaria que aprova as faturas-recibos eletrónicos em vigor.

Essa portaria não obriga que a emissão de faturas tenha de ser por esse método.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor