ABCD

PPR atualmente!

63 publicações neste tópico

Gostaria de saber a opinião sobre vantagens e desvantagens de aderir a um PPR nos tempos que correm.

apresenta alguma vantagem, segura, relativamente aos depósitos a prazo?

continua a ter benefícios fiscais ou este varia consoante o escalão, o que em termos práticos reduz os ditos benefícios?

aconselham algum PPR com alguma taxa interessante (acima ou igual a 3%)?

é possível aderir a um PPR, pela taxa, e não o declarar no IRS? Nesse caso, não é preciso esperar pela reforma para o levantar em caso de necessidade, ou existe um espaço temporal mínimo de permanência?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Segundo a deco um PPR tem logica acima dos 40 anos (não me perguntes porquê?)

Beneficios fiscais, se não estou em erro, já os retiraram.

Não tenho conhecimento de PPRs com juro garantido, mas deve haver alguns indexados a euribor (seguros) provavelmente.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Não vejo grande vantagem dos PPR em relação aos depósitos a prazo. Benefícios fiscais ainda há, são é pequenos e limitados ao escalão de rendimentos. No máximo são 100€, e estão juntamente com outros benefícios como gastos em energias renováveis e não sei mais quê...

A nível de rentabilidade, ou há os sem rentabilidade garantida, que tanto podem dar muito como pouco, ou então temos os de rentabilidade garantida, mas que geralmente não têm taxas melhores que DPs. Muitos deles têm custos de subscrição e de gestão que são demasiado elevados para as rentabilidades que potenciam. Pode ser que haja um ou outro melhorzinho, mas é capaz de ser difícil de encontrar.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Não vejo grande vantagem dos PPR em relação aos depósitos a prazo. Benefícios fiscais ainda há, são é pequenos e limitados ao escalão de rendimentos. No máximo são 100€, e estão juntamente com outros benefícios como gastos em energias renováveis e não sei mais quê...

Concordo. Mas atendendo à atual situação das contas públicas haverá reforma na suposta altura de ir para a reforma? E com que idade? Em Portugal, "somos" pioneiros nestes avanços (retrocessos das conquistas do passado)...  :o

A nível de rentabilidade, ou há os sem rentabilidade garantida, que tanto podem dar muito como pouco, ou então temos os de rentabilidade garantida, mas que geralmente não têm taxas melhores que DPs. Muitos deles têm custos de subscrição e de gestão que são demasiado elevados para as rentabilidades que potenciam. Pode ser que haja um ou outro melhorzinho, mas é capaz de ser difícil de encontrar.

São os de rentabilidade garantida que me interessam. Mas dai a não remunerarem melhor que os depósitos a prazo só mesmo por comparação. De momento não tenho conhecimento de nenhum. Agradecia sugestões!...  :)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Concordo. Mas atendendo à atual situação das contas públicas haverá reforma na suposta altura de ir para a reforma? E com que idade? Em Portugal, "somos" pioneiros nestes avanços (retrocessos das conquistas do passado)...  :o

São os de rentabilidade garantida que me interessam. Mas dai a não remunerarem melhor que os depósitos a prazo só mesmo por comparação. De momento não tenho conhecimento de nenhum. Agradecia sugestões!...  :)

BES Vida PPR Super Poupança 4ª Série

este dá 3,75% até fim 2015 levantando pagas menos irs que nos dp não tem comissão de resgate

ou seja é melhor que um dp com a mesma taxa

As entregas beneficiarão de uma Taxa Garantida Anual de:

  • 2013: 3,75%

  • 2014: 3,75%

  • 2015: 3,75%



  • - Até 31-12-2015 a comissão de reembolso corresponde ao valor do juro relativo ao período decorrido. O
    valor a reembolsar corresponderá ao valor do capital investido.
    - A partir de 01-01-2016 não existe comissão de reembolso. O valor a reembolsar corresponderá à soma
    do capital investido e do juro relativo ao período decorrido, sem prejuízo da aplicação das consequências
    previstas na Lei em vigor.



    Se o reembolso total ou parcial do PPR não se enquadrar nessas situações, os rendimentos obtidos a
    título de Reembolso ou Vencimento serão tributados à Taxa liberatória de 21,5% de IRS


0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

este dá 3,75% até fim 2015 levantando pagas menos irs que nos dp não tem comissão de resgate

ou seja é melhor que um dp com a mesma taxa

As entregas beneficiarão de uma Taxa Garantida Anual de:

  • 2013: 3,75%

  • 2014: 3,75%

  • 2015: 3,75%



  • - Até 31-12-2015 a comissão de reembolso corresponde ao valor do juro relativo ao período decorrido. O
    valor a reembolsar corresponderá ao valor do capital investido.
    - A partir de 01-01-2016 não existe comissão de reembolso. O valor a reembolsar corresponderá à soma
    do capital investido e do juro relativo ao período decorrido, sem prejuízo da aplicação das consequências
    previstas na Lei em vigor.



    Se o reembolso total ou parcial do PPR não se enquadrar nessas situações, os rendimentos obtidos a
    título de Reembolso ou Vencimento serão tributados à Taxa liberatória de 21,5% de IRS

  • [/l][/l]
:blank:
Este, qual?
E onde?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
:blank:
Este, qual?
E onde?[/q]





sorry já corrigi o post 8) 8)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

BES Vida PPR Super Poupança 4ª Série

Parece-me deveras interessante relativamente aos depósitos a prazo. Obrigado pela sugestão.

Vou tentar informar-me melhor.

Estou recetivo a mais sugestões destes produtos.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Não me parece assim tão interessante quanto isso, excepto no caso de ser estar dento do escalão de rendimentos mais baixo e poder-se aproveitar os benefícios fiscais.

Sim, 3.75% é a mesma taxa que o Invest pratica, logo não é má agora. Mas "trancando" essa taxa até 2016 será assim tão boa ideia? As taxas de juro de referência andam em mínimos, e muitos economistas defendem que é insustentável manter as coisas assim durante muito tempo. É provável que mais cedo ou mais tarde as coisas subam e nesse caso, tem-se um custo de oportunidade ao bloquear o dinheiro por esse tempo.

A nível de taxas para 3 anos, o PrivatBank continua a ter melhor ligeiramente melhor remuneração, com 4.20% de 1 a 3 anos.

Isso dá 3,0% líquidos contra os 2.94% líquidos do PPR.

Logo o PPR até pode ser uma alternativa interessante, mas apenas num cenário em que as taxas permaneçam nestes níveis até ao final de 2015.

Gentleman, place your bets.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

É muito casino para mim... Calma, que eu vou lá devagarinho!...

O mesmo se passa com os fundos de acções e obrigações que falam noutro tópico, ou não?

Parece-me, pelo que tenho seguido, que até mesmo este PPR é melhor do que tenho visto "chorar" por lá ("desde que aderi está a descer"..."tenho de compensar com"... "gold I, gold II só para o banco"... "foram anos em que só rendeu para eles"...)!...

Até ao presente, estou inclinado para estas duas opções (PPR - declaro ou não declaro, é a questão que espero ver debatida aqui; e PrivatBank - qual o nome do produto ou é tudo igual ao "litro", salva a devida comparação?).

Prefiro Shaked, not stirred!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

É muito casino para mim... Calma, que eu vou lá devagarinho!...

O mesmo se passa com os fundos de acções e obrigações que falam noutro tópico, ou não?

Parece-me, pelo que tenho seguido, que até mesmo este PPR é melhor do que tenho visto "chorar" por lá ("desde que aderi está a descer"..."tenho de compensar com"... "gold I, gold II só para o banco"... "foram anos em que só rendeu para eles"...)!...

Até ao presente, estou inclinado para estas duas opções (PPR - declaro ou não declaro, é a questão que espero ver debatida aqui; e PrivatBank - qual o nome do produto ou é tudo igual ao "litro", salva a devida comparação?).

Prefiro Shaked, not stirred!

Se estás numa de ppr se calhar é melhores ir depressa ao bes subscrever esse... olha que isso é capaz de

baixar taxa ou acabar mesmo !

não sou da opinião de que as taxas subam até 2016 com o bce a pensar colocar taxas negativas nos

depositos no banco central mas lá está é só a minha opinião...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Gentleman, place your bets.

Eu apostava nestes produtos, senão vejamos:

Na última reunião do Conselho de Governadores, o BCE baixou já a taxa de referência para o mínimo histórico de 0,5%. Mas na conferência de imprensa que se seguiu, o presidente da instituição, Mario Draghi, disse aos mercados que a instituição estaria aberta a uma eventual redução para valores negativos da taxa de depósitos, ainda que seja uma medida sem precedentes.

Não me admira esta realidade e nesse sentido os produtos paralelos a estes vão sofrer quebras significativas...  ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Eu apostava nestes produtos, senão vejamos:

Por outro lado os bancos vão ter de injectar dinheiro na economia. Visto que o "local seguro" BCE vai colocar taxas negativas, é claro que isto pode ser apenas especulação ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Se estás numa de ppr se calhar é melhores ir depressa ao bes subscrever esse... olha que isso é capaz de

baixar taxa ou acabar mesmo !

não sou da opinião de que as taxas subam até 2016 com o bce a pensar colocar taxas negativas nos

depositos no banco central mas lá está é só a minha opinião...

Percebido!  ;)

Não estou numa de PPR, mas também estou numa de PPR... pela taxa. Indo ao inicio deste tópico está lá o que pretendo e que me parece ser mais vantajoso, seguro e rentável relativamente a outros produtos "comercializados" pelas diversas entidades bancárias.

No ponto 4. levanto a hipótese de não declarar este produto em sede de IRS. Poderei, se assim o entender, levantar ao fim de 3 anos sem a obrigação de permanecer até à idade de reforma seja ela qual for daqui a umas décadas?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

No outro dia reparei numa noticia do DE onde dizia que a rentabilidade no ano de 2012 dos PPR foi cerca de 3%. Ando cada vez mais à procura de alternativas mais atractivas. Noutro topico estavam a falar dos fundos em www.mutuum.pt que oferecem rentabilidade de cerca de 6% com menos risco. Sinceramente parece-me uma boa ideia já tive a pedir informações e aquilo tem como base energia fotovoltaica é um investimento em longo prazo.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Noutro topico estavam a falar dos fundos em www.mutuum.pt que oferecem rentabilidade de cerca de 6% com menos risco. Sinceramente parece-me uma boa ideia já tive a pedir informações e aquilo tem como base energia fotovoltaica é um investimento em longo prazo.

Agora que o governo "curtou" os apoios ao programa das energias alternativas e anda a "curtar" nas rendas desse tipo de energia, ainda asseguram rentabilidade de 6%?

Creio que há dois anos, asseguravam rentabilidades na casa dos 20%. O ano passado na caso dos 10%...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Os retornos com tir de 9%, segundo o que me enviaram, estão baseados em retornos no regime geral da produção de energia, ou seja sem os subsídios do regime bonificado.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

tir?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

TIR = Taxa interna de rentabilidade (ou de retorno, para o brasil).

Para o efeito considerar que é a rentabiliade anual do projecto.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Noutro topico estavam a falar dos fundos em www.mutuum.pt que oferecem rentabilidade de cerca de 6% com menos risco.

6% com menos risco, relativamente a quê?

Os retornos com tir de 9%, segundo o que me enviaram, estão baseados em retornos no regime geral da produção de energia, ou seja sem os subsídios do regime bonificado.

Agora já é de 9%, em menos de 1 dia?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

6% com menos risco, relativamente a quê?

Agora já é de 9%, em menos de 1 dia?

Aquilo tem vários projectos. Uns rendem mais do que outros.

A informação, de duas fontes (?) sai às pingas ?!?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Eu limitei-me a ver os projectos deles no site: http://www.mutuum.pt/index.php/projectos-01

Mas fazendo as contas para as simulações que eles lá apresentam, as rentabilidades variam entre os 6% e os 7%. Nenhum dos três me deu resultados de 9%.

Mas pode ser que tenham falado ao Daniel Medina de mais algum outro que não esteja ainda no site.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

taxa interna de retorno

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A informação, de duas fontes (?) sai às pingas ?!?

taxa interna de retorno

Pelos vistos não é às pingas... é a conta gotas. E não é a tudo... só ao que já está esclarecido!...  :o

OBS. Já que está interessado em divulgar essa "fonte" que vai dos 6% aos 9% em menos de um dia, que tal criar um tópico para o efeito?

Este supostamente era para debater PPR, vantagens e desvantagens, declarar em termos de IRS ou não... Ainda gostaria de obter opiniões sobre estas minhas dúvidas!...  :)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead