Visitante joão.gomes

IRS - Englobamento de Rendimento de Capitais

8 publicações neste tópico

Durante o ano de 2012 estive desempregado e a receber o Subsidio de Desemprego.

 

Recebi de Juros de Depósitos a Prazo 11.165,27 € e retive de imposto sobre esse rendimento 2.871,05 €.

 

- Será que me compensa optar pelo englobamento uma vez que o Subsidio de Desemprego está isento de IRS?

 

- Se optar pelo englobamento poderei ser afectado no Subsidio de Desemprego?

PS: Sou solteiro e sem dependentes

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Durante o ano de 2012 estive desempregado e a receber o Subsidio de Desemprego.

 

Recebi de Juros de Depósitos a Prazo 11.165,27 € e retive de imposto sobre esse rendimento 2.871,05 €.

 

- Será que me compensa optar pelo englobamento uma vez que o Subsidio de Desemprego está isento de IRS?

 

- Se optar pelo englobamento poderei ser afectado no Subsidio de Desemprego?

PS: Sou solteiro e sem dependentes

Compensar sem duvida que compensa, iria receber pelo menos uns 1200€, a questão é, pediu a respectiva declaração ou declarações aos bancos até 31 de Janeiro?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Compensar sem duvida que compensa, iria receber pelo menos uns 1200€, a questão é, pediu a respectiva declaração ou declarações aos bancos até 31 de Janeiro?

Sim pedi.

Não haverá problema com o subsidio de desemprego?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sim pedi.

Não haverá problema com o subsidio de desemprego?

Não vejo o porquê, está desempregado, tem direito ao subsidio, ou eles pedem declarações de irs nos Centros? confesso que não estou a par...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Durante o ano de 2012 estive desempregado e a receber o Subsidio de Desemprego.

 

Recebi de Juros de Depósitos a Prazo 11.165,27 € e retive de imposto sobre esse rendimento 2.871,05 €.

 

- Será que me compensa optar pelo englobamento uma vez que o Subsidio de Desemprego está isento de IRS?

 

- Se optar pelo englobamento poderei ser afectado no Subsidio de Desemprego?

PS: Sou solteiro e sem dependentes

Acho que só só o RSI, quem o aufere não pode ter mais de 25000€ no banco, quanto ao subsidio de desemprego penso que não haverá problema...

Quanto ao se compensa, compensa e muito, visto que se foi o único rendimento durante o ano de 2012, vai ver uma parte do imposto retido dos juros auferidos.

Façamos os cálculos (partindo do pressuposto que não tem despesas de saúde educação etc)

Rendimentos = 11165.27€ * 24.5% (taxa) = 2735.49€ - 900.46€ (parcela a abater) = 1835.03€ - 261.25 (dedução pessoal) = 1573.78€ - 2871.05€ = -1297.27€

Ou seja, tem a receber aproximadamente 1297.27€

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Acho que só só o RSI, quem o aufere não pode ter mais de 25000€ no banco, quanto ao subsidio de desemprego penso que não haverá problema...

Quanto ao se compensa, compensa e muito, visto que se foi o único rendimento durante o ano de 2012, vai ver uma parte do imposto retido dos juros auferidos.

Façamos os cálculos (partindo do pressuposto que não tem despesas de saúde educação etc)

Rendimentos = 11165.27€ * 24.5% (taxa) = 2735.49€ - 900.46€ (parcela a abater) = 1835.03€ - 261.25 (dedução pessoal) = 1573.78€ - 2871.05€ = -1297.27€

Ou seja, tem a receber aproximadamente 1297.27€

Muito obg

Realmente compensa... e muito

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

boa tarde..

tenho algumas duvidas em relação ao irs de 2012.

tenho algumas obrigações bancárias, fundo de investimento tipo seguro e algumas acções de um banco que me foram deixadas em herança. quando vence o prazo dos juros eles são creditados na conta já depois de retido 28% para o estado, será que tenho que declarar no irs mesmo após ja ter sido feito o desconto para o estado?

no seguimento da herança, foi feita partilha de uma casa sendo que metade cabia-me a mim e a outra metade a um tio meu. optei por na escritura das partilhas dar tornas ao meu tio e ficar com a casa para mim. será que no irs tenho que declarar como tendo comprado uma casa? considera-se compra nesta situação?

obrigada mais uma vez pela atenção. cumprimentos.

margarida

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Em relação às aplicações financeiras, existem dois casos: um é o recebimento de juros (cupões) das obrigações e das mais-valias dos fundos de investimento. Nesta situação são logo aplicados os 28% e não é preciso declarar mais nada.

O segundo caso é o recebimento de mais-valias provenientes das venda de ações e obrigações (se estas forem vendidas a um valor superior ao de compra). Estes valores têm de ser declarados no IRS, sendo-lhe aplicada uma taxa de 28%.

Caso opte pelo englobamento, tanto os juros como as mais-valias têm de ser declaradas, sendo-lhe aplicada a sua taxa de irs

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead