Entrar para seguir isto  
Seguidores 0
jprelhaz

credito habitação/ permuta

13 publicações neste tópico

Boa Noite

Pedia a vossa ajuda/ experiencia, sff

Acabei de adquirir uma moradia por permuta com o meu actual apartamento...

vamos agora iniciar o acto de escritura...mas os "problemas/duvidas" começaram...fui pedir credito a varias instituições bancarias e não tive problema...entretanto escolhi as duas que me deram melhores condições...a CGD e o Barclays...o valor que estou a pedir é o mesmo que valor de escritura (por permuta é o um valor monetario mais o meu apartamento)

o apartamento tem duas hipotecas na CGD(um credito habitação e um multiopções)...o problema começa agora...a CGD diz que não me empresta tudo por causa do multiopções....só que o valor que estiver a pedir for superior no valor do multiopções (comprovado pelo gabinete juridico da cgd)...o barclays diz não ha problema...dá-me o dinheiro todo para amortizar as hipotecas e pagar o restante montante o construtor...( e comprovado que não haveria problema por um solicitador/ gabinete de advogados)

pedia-vos, sff a vossa opinião...terá o barclays razão devo confiar???

Obrigado

JP

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Se bem percebi o valor da diferença dos imóveis é inferior ao capital em dívida do multi-opções, é isso?

Bem, não vejo porque a garantia de um empréstimo não poderia ser transferida para outro lado... quando muito terás que pagar custos da papelada toda (retirar as hipotecas do apartamento, registá-las na moradia, etc). Se o Barclay's está disposto a isso, porque não? Só precisas de uma confirmação a dizer que aceitam fazer o negócio, julgo eu...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Agradeço desde ja a ajuda...se calhar é mais fácil pôr por numeros...

valor de venda e escritura da moradia: 250000€

valor do apartamento: 90000€ (valorres em divida à CGD..75000 em crédito habitação e 15000 em multiopções)

permuta será: apartamento + 160000€

pedido em empréstimo será de 250000€ (hipoteca da moradia)

para o barclays está tudo bem...empresta os 250000€ (garantia da hipoteca em credito habitação)...com 90000€ liquido as hipotecas da CGD e o restante montante para o construtor...para a permuta

para a caixa...este cenário só é possivel caso o valor de pedido de emprestimo seja superior ao valor de escritura em 15000€ (valor do multiopções)..

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Não percebo a insistência da CGD em manter um empréstimo... Mas podes sempre sugerir-lhes manter 2 empréstimos - 15.000€ em regime multi-opções e 235.000 em empréstimo habitação. Talvez assim já aceitem...

De qualquer forma, se as condições do Barclays forem melhores, nem vale a pena discutir... até porque o crédito multi-opções não tem muitas das regalias dos empréstimos habitação...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Estou neste momento em processo de uma permuta, mas é entre dois particulares (mediados por uma imobiliária) e ambos tem e precisam de crédito.. estamos a usar a CGD para o efeito.

O que queria chamar-te à atenção é que ao liquidar o multi-opções a CGD não vai cobrar-te apenas 0.05% do valor, penso que no mínimo eles cobram 3% e se for para mudar de banco pode até ser 8% :)

A solução que o Paulo te deu acho que é a melhor, manter o multi-opções de 15.000 €, a não ser que a vontade da CGD seja em liquidar por completo o multi-opções..

Em ultimo caso, mas mesmo em ultimo caso, poderás pensar em pedir um crédito pessoal noutra instituição de 15.000 € para amortizar o multi-opções e depois da escritura amortizas de imediato esses 15.000 € o que irás pagar em juro pode não ser significativo, mas verifica bem as taxas de amortização antecipada e afins, é preciso ter muito cuidado com isso.. pois pode até nem compensar o que te estou a dizer.

Nuno

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigado desde ja pela vossa colaboração...

A CGD também me apresentou essa solução...ficar com dois empréstimos (credito habitação- 235000 e multiopções-15000)...mas para mim prefiro ficar só com um...porque dois empréstimos significa dois seguros de vida, mais custos de processo, etc...e penso que o juro em um empréstimo é melhor do que em dois...

Acho que o barclays está a fazer tudo correcto e em principio será essa a minha opinião...

Obrigado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Informa-te das taxas de amortização antecipadas do multi-opções na CGD, e toma atenção que se contratares um novo crédito na CGD eles não te cobram essa taxa :)

De resto, só te posso aconselhar para escolheres aquele que te parecer melhor, compara bem todos os valores, seguros, taxas, comissões, cartões, etc .....

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Ok Nuno...obrigado

Vou ter em atenção a taxa que eles vão aplicar no crédito multiopções...embora esteja escrito max. 2% na escritura feita na altura....

O meu receio era que se optasse pela solução do Barclays (um empréstimo e lquidção das 2 hipotecas da CGD) estivesse a fazer algo de errada (na minha opinião não), visto a CGD estar a colocar condicionantes para o mesmo caso...

No barclays eles dão-me um spread mais baixo que a CGD, apenas o seguro de vida é mais alto, mas o total da prestação ainda é mais baixo...de resto é tudo igual

ja agora outra questão...as finanças têm algo a ver com o cancelamento de hipotecas no caso de permutas...no caso do multiopções??

Obrigado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

ja agora outra questão...as finanças têm algo a ver com o cancelamento de hipotecas no caso de permutas...no caso do multiopções??

Tens que pagar a remoção desses averbamentos de registo predial do apartamento. Não sei se esse dinheiro é para as Finanças, eu paguei-o no registo predial.

A principal diferença, no caso da permuta, é que só pagas IMT pela diferença (ou seja, pelo valor pago em dinheiro), o que permite reduzir imenso o preço deste imposto. E ficas com a situação da tributação das eventuais mais valias automaticamente resolvida pois o reinvestimento é feito na hora :)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Aqui fica a minha experiência, concluída esta semana, de permuta com empréstimo (como lhe chamam na escritura).

Entreguei o meu apartamento (pelo valor de 120000€) ao construtor da moradia que adquiri por 290000€. Fiz o crédito dos 290000€ no MillenniumBCP e foi-me dito que o diferencial entre os imóveis (170000€) era financiado via crédito à habitação, mas que o restante (120000€) teria que ser via crédito multi-opções embora à mesma taxa que o crédito a habitação.

Fiz 2 registos provisórios relativamente à moradia visto serem na prática 2 créditos e isso custou-me 500€ (250€ x 2). O construtor não precisou fazer registos provisórios relativamente ao meu apartamento, visto que não fez qualquer crédito para a aquisição do mesmo, e nesse caso basta depois da escritura apresentar a mesma na conservatória do registo predial e tratar do registo definitivo (custo de 250€).

No que diz respeito a impostos, paguei o IMT que no caso de uma permuta incide sobre o diferencial de valores do imóveis (neste caso 170000€) e paguei também Imposto de Selo sobre esse mesmo valor. Isto tudo é pago nas finanças a partir de 1/1/2009 (o IS era anteriormente pago no acto da escritura).

Em relação à escritura propriamente dita, neste caso foram 2 escrituras, 1 da permuta com empréstimo e outra do meu segundo empréstimo ( o tal multi-opções ). O custo já incluindo as cópias necessárias foi de 955€.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Olá Spirit,

Podes dar-me um esclarecimento s.f.

Eu tou em processo de permuta também, e pelo que percebi do teu caso, o Imposto de Selo é também pago pela diferença, confirmas ?

No meu caso, ambos vamos precisar de crédito para financiar a aquisição dos respectivos imóveis (da permuta) é feita apenas uma escritura ou duas ? Quanto aos honorários do conservador, foram pagos uma única vez uma vez que é apenas um acto ou tanto tu como o construtor tiveram que pagar esses honorários na totalidade ?

Desculpa tantas perguntas, mas dava-me jeito saber..

Muito obrigado desde já.

Nuno

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Ok Nuno...obrigado

Vou ter em atenção a taxa que eles vão aplicar no crédito multiopções...embora esteja escrito max. 2% na escritura feita na altura....

O meu receio era que se optasse pela solução do Barclays (um empréstimo e lquidção das 2 hipotecas da CGD) estivesse a fazer algo de errada (na minha opinião não), visto a CGD estar a colocar condicionantes para o mesmo caso...

No barclays eles dão-me um spread mais baixo que a CGD, apenas o seguro de vida é mais alto, mas o total da prestação ainda é mais baixo...de resto é tudo igual

ja agora outra questão...as finanças têm algo a ver com o cancelamento de hipotecas no caso de permutas...no caso do multiopções??

Obrigado

Tudo o que tem a ver com registos e cancelamento de hipotecas (qualquer que seja a sua natureza) são receitas próprias da Conservatórias de Registo Predial.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Viva,

A propósito da permuta de imóveis já alguém viu este simulador de economia? www.eu-permuto.com/simulador

Abraço ao Forum

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

Entrar para seguir isto  
Seguidores 0