AllSupp

Literacia Financeira para crianças

5 publicações neste tópico

Quando é que alguém chega à conclusão que o plano curricular dos jovens em Portugal para além das matemáticas, ciências e português devia ter práticas de poupança e gestão de património.

Se os bons costumes nascem em pequeno e se os portugueses são gastadores e maus gestores, generalizando, quando é que vamos optar por tentar passar indicações às nossas crianças sobre este tópico?

Ensinar é contribuir para o desenvolvimento de homens e mulheres conscientes.

Vamos rever este assunto e pensar o que ensinamos aos nossos jovens.

Aproveito para partilhar um artigo do MeuPortalFinanceiro sobre este assunto.

Espero que vos seja útil.

Ver artigo - Literacia Financeira para crianças

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Concordo inteiramente com o que escreveu é de pequeno que se ensinam conceitos para a vida. Eu foi graças aos meus pais que abriram uma conta com os abonos e que depois era reforçada com o dinheiro que recebia nos anos e natal e mais tarde com os trabalhos de verão que consegui poupar algum dinheiro e ganhar o gosto de poupar.

Acho que é de pequenino que se devem ensinar os bons hábitos.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Porque não começar pelos pais. Assim seria mais facil para os pequenitos assimilarem melhor os conteudos relativos a finanças. Ficaria a familia mais solida porque, como nós sabemos, as finanças pessoais dependem muito da situação familiar de cada constituinte.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A educação financeira e, já agora também a segurança deveriam fazer parte da aprendizagem desde os primeiros anos de escola. Neste país a escola tem servido ao longo dos tempos para preencher os tempos livres, seja para ler livros de história da carochinha, autores arcaicos como se de outra lingua tratasse, que a soma dos catetos é igual à porra da hipotenusa, ou se eu penso logo desisto, etc.

O único contacto que as crianças têm com a economia é no jogo do Monopoly, bom para criar o capitalismo e a ganância, eh, eh. Se os pais não as educarem no sentido de uma gestão produtiva, equilibrada e poupada vão ter sérios problemas quando adultos. É um pouco o que está acontecer actualmente com os endividamentos das famílias, que é viver com o dinheiro que não é delas.

A função da escola é a aprendizagem, muito bem, falta é aprender e preparar pessoas para a vida e não só para ter saída como professores. :-X

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Concordo inteiramente com o que escreveu é de pequeno que se ensinam conceitos para a vida. Eu foi graças aos meus pais que abriram uma conta com os abonos e que depois era reforçada com o dinheiro que recebia nos anos e natal e mais tarde com os trabalhos de verão que consegui poupar algum dinheiro e ganhar o gosto de poupar.

Acho que é de pequenino que se devem ensinar os bons hábitos.

Revejo-me totalmente neste texto! ;)

A ideia que sempre tive é que este assunto (finanças pessoais) não deve interessar que seja devidamente explicado. Existem países que desde muito cedo abordam estes assuntos, estou a falar por exemplo de Singapura.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor