Visitante Tiago0603

Mapa de Responsabilidades de Crédito e obtenção de créditos adicionais

11 publicações neste tópico

Boa tarde a todos,

Antes de mais, parabéns pelo excelente fórum, o qual descobri na minha senda de obter melhores condições de crédito para habitação.

Ora, estando neste momento o imóvel praticamente escolhido, bem como o banco (que tem protocolo com o construtor e, por isso, um spread razoável de 2,25), estarei a semanas de vir a proceder à aquisição.

A minha questão prende-se com o seguinte: fui ao site do BP descortinar as responsabilidades de crédito em meu nome. Ora, entre os muitos cartões que vamos pedindo, hoje porque dão a máquina de café, amanhã porque dão 50 euros, hoje porque dão x% em compras na Fnac, acabo por ter muitas responsabilidades "potenciais" em meu nome - o cartão Barclaycard então, pela calada, aumenta o plafond de formas estúpidas, tendo actualmente 5X mais plafond do que quando o contratei!

Ora, estas responsabilidades potenciais inferem na análise de viabilidade do crédito por parte do banco? Ou seja, tendo eles acesso a este mapa, recusar-me-ão crédito com base naqueles potenciais todos? Será portanto melhor começar a cancelar cartões antes de pedir crédito à habitação?

Desde já obrigado pela vossa opinião e mais uma vez obrigado ao fantástico blog (que também me vai fazer muitas centenas de Euros graças ao seguro de vida protocolado!).

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Ora, estas responsabilidades potenciais inferem na análise de viabilidade do crédito por parte do banco? Ou seja, tendo eles acesso a este mapa, recusar-me-ão crédito com base naqueles potenciais todos? Será portanto melhor começar a cancelar cartões antes de pedir crédito à habitação?

É um bocado difícil de saber exactamente quais os critérios que o financiador vai utilizar para avaliar o credor. Grave seria teres créditos em situação de incumprimento; teres vários créditos potenciais (e portanto não usados) em teu nome até pode abonar a teu favor, uma vez que representa que existem já várias entidades que acreditam o suficiente em ti para te financiarem.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

É um bocado difícil de saber exactamente quais os critérios que o financiador vai utilizar para avaliar o credor. Grave seria teres créditos em situação de incumprimento; teres vários créditos potenciais (e portanto não usados) em teu nome até pode abonar a teu favor, uma vez que representa que existem já várias entidades que acreditam o suficiente em ti para te financiarem.

Olá Pedro,

Antes de mais, obrigado pela resposta.

O meu racional foi que ao avaliarem, por exemplo, a minha taxa de esforço, a mesma pode ser de 20-25% mas, ao serem usados os créditos, a mesma poderia disparar. Imagina que tenho uma prestação de 500 e ganho 1500, taxa de esforço de 33%. Mas num determinado mês, posso "estourar" o plafond megalómano que o Barclaycard gosta de atribuir, e ficar com o pagamento da prestação comprometido.

Daí que, previamente ao pedido de financiamento, estava interessado em saber se valeria a pena deitar abaixo todos os cartões "extra" ou não, mas pelo que percebi da tua resposta, dependerá sempre dos critérios utilizados pelo Banco...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sim, parece-me que claramente dependerá. Se houver por aqui alguém de algum banco talvez nos consiga dar umas dicas...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sim, parece-me que claramente dependerá. Se houver por aqui alguém de algum banco talvez nos consiga dar umas dicas...

Nem mais!

De qualquer maneira, muito obrigado pela dica! E muitos parabéns pelo blog... Neste processo hei-de cá voltar bastantes vezes! Apesar de ser de Economia, há sempre uns pormenores de cálculo financeiro que me escapam!

Abraço!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa tarde a todos,

Antes de mais, parabéns pelo excelente fórum, o qual descobri na minha senda de obter melhores condições de crédito para habitação.

Ora, estando neste momento o imóvel praticamente escolhido, bem como o banco (que tem protocolo com o construtor e, por isso, um spread razoável de 2,25), estarei a semanas de vir a proceder à aquisição.

A minha questão prende-se com o seguinte: fui ao site do BP descortinar as responsabilidades de crédito em meu nome. Ora, entre os muitos cartões que vamos pedindo, hoje porque dão a máquina de café, amanhã porque dão 50 euros, hoje porque dão x% em compras na Fnac, acabo por ter muitas responsabilidades "potenciais" em meu nome - o cartão Barclaycard então, pela calada, aumenta o plafond de formas estúpidas, tendo actualmente 5X mais plafond do que quando o contratei!

Ora, estas responsabilidades potenciais inferem na análise de viabilidade do crédito por parte do banco? Ou seja, tendo eles acesso a este mapa, recusar-me-ão crédito com base naqueles potenciais todos? Será portanto melhor começar a cancelar cartões antes de pedir crédito à habitação?

Desde já obrigado pela vossa opinião e mais uma vez obrigado ao fantástico blog (que também me vai fazer muitas centenas de Euros graças ao seguro de vida protocolado!).

Olá Tiago

De facto os cartões aparecem como crédito potencial, embora uma das coisas que normalmente lhe pedem para analisar a sua capacidade para o crédito são os extractos dos bancos com o intuito de verificar as suas despesas mensais e tudo o que "cai" nas contas. Como disse o Pedro o problema estaria em ter incumprimento. Pelo spread que falas o negocio deve ser no Totta e eles normalmente não ligam muito a isso!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Olá CFinanceiro,

É verdade, o banco em questão é o Santander, que tem protocolo com o empreendimento em questão...

O que dizes faz mais sentido, observar extractos para perceber se o rendimento "real" permite suportar a mensalidade. Mais do que olhar para saldos potenciais (que no meu caso até acabam por ser muito substanciais), interessará portanto ver as despesas concretas.

Mais uma vez obrigado pela vossa ajuda!

PS: alguma dica para negociar o crédito com o Santander? Tenho isenção de despesas de avaliação, etc, pelo que sei não obrigam a que as apólices sejam feitas através do banco, mas irrita-me os 0,5% pelas entregas antecipadas... A minha ideia era fazer VÁRIAS entregas antecipadas para amortizar muito antes do prazo... Será que os 0,5% são negociáveis? Sei que noutras instituições são, mas nesta em concreto não se mostraram receptivos...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

De facto neste momento com essas condições não encontra melhor, aliás só facto de fazer os seguros fora a poupança é significativa! Em relação ás entregas antecipadas, para já é uma questão de ver se lhe compensa fazê-las(liquidez, e produtos financeiros que lhe compensem) e depois o facto de haver outras instituições que aceitam, muitas vezes é simplesmente por ser uma mau negocio para quem amortiza e um bom negocio para o banco, porque são clientes com spreads muito baixos!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

De facto neste momento com essas condições não encontra melhor, aliás só facto de fazer os seguros fora a poupança é significativa! Em relação ás entregas antecipadas, para já é uma questão de ver se lhe compensa fazê-las(liquidez, e produtos financeiros que lhe compensem) e depois o facto de haver outras instituições que aceitam, muitas vezes é simplesmente por ser uma mau negocio para quem amortiza e um bom negocio para o banco, porque são clientes com spreads muito baixos!

CFinanceiro, já agora uma questão: neste momento os spreads estão altíssimos comparativamente com a Euribor (e em comparação com o spread dos meus pais, p.e.). Um dia que os juros iniciem a sua subida (porque sejamos realistas, não demorará muito, e quem contrai um empréstimo a 30/40/50 anos terá inevitavelmente que lidar com isso), será que os bancos estarão dispostos a renegociar o spread que hoje praticam?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sim, com certeza vamos voltar daqui a uns tempos às famosas transferencias, espero que não se volte ás loucuras dos 0,29% de spreads. Mas spreads de 1% vamos voltar a ter!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sim, com certeza vamos voltar daqui a uns tempos às famosas transferencias, espero que não se volte ás loucuras dos 0,29% de spreads. Mas spreads de 1% vamos voltar a ter!

Mais uma vez obrigado CFinanceiro! É precisamente das famosas transferências que estava a falar, que se bem me lembro teve o seu boom ali por volta de 2008. Nesse sentido, acredito que o próprio banco venha a estar disposto a reduzir spreads aos clientes... Vamos falar a propósito do seguro em breve CFinanceiro. Abraço e obrigado.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead