Visitante Tiago Antunes

Prescrição de dívidas bancárias

93 publicações neste tópico

Olá

Boa tarde

Tenho dívidas a um banco, cuja estória não interessa agora alongar pois é complexa, e a minha pergunta é:

Qual o prazo de prescrição de dívidas bancárias?

Obrigado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

nunca...

só declarando a insolvência é que as dividas ficam sem efeito ao fim de 5 anos.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Nas dívidas a uma Instituição Bancária, estamos na presença de uma prestação civil, decorrente de um habitual, comum, empréstimo bancário, cujo prazo ordinário de prescrição, quanto ao capital, é de vinte anos (art. 309.º Código Civil/CC), começando a correr a partir do momento em que a obrigação for exigível (art. 306.º n.º 1 CC) e passível de interrupção pela citação.

A interrupção inutiliza, para a prescrição, todo o tempo decorrido anteriormente e quando resulta de citação, o inevitável novo prazo prescricional não começa a correr, enquanto não transitar em julgado decisão que ponha termo ao processo (arts. 326.º n.º 1 e 327.º n.º 1 CC).

Outrossim, estando em causa juros moratórios respeitantes a dívida de natureza civil, é de lhes aplicar o prazo de cinco anos, positivado no art. 310.º al. d) CC, o qual, também, sem dúvidas, se interrompe com a citação, ou seja, não se verifica a prescrição sobre os juros de mora vencidos há menos de cinco anos para aquém da data da citação.

www.balcaounico-advogado.com

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa tarde,

Precisava de uma ajuda: em 1998 fiz um credito no BNU para a compra de um carro para trabalhar para um patrão que tinha boas relações com o gerente do banco, nessa altura era jovem desempregado e mesmo assim concederam o credito sem ter que apresentar qualquer documento.

Mais tarde confiei no meu patrão e fiz novo credito para comprar outro carro mais barato e entreguei-lhe o antigo com a promessa que iria pagar as prestações, eu entretanto despedi-me e paguei o credito do 2º carro ele pagou algumas prestações até que um dia deixou de pagar.

Eu nunca fui notificado nem informado de tal divida, entretanto o banco fechou e passou para a caixa geral depositos.

continuei sem saber de nada, até que anos mais tarde ao tentar contrair um credito, disseram-me que estava referenciado no BP, fui tentar saber e percebi que estava em curso um mega processo juridico que envolvia o gerente o meu antigo patrão e muitas mais pessoas por burlas etc...

eu nunca fui chamado para nada, nos anos que o processo decorria nos tribunais o meu nome saiu do BP e consegui fazer a vida normal, há cerca de 3 anos saiu a sentença e o gerente do banco mais a sua equipa foram absolvidos pois o tribunal não levou em conta as provas apresentadas pela caixa geral depositos .

A seguir o meu nome e o de muita gente prejudicada voltou a constar no BP como abate ao activo de cerca de oito mil euros.

Passado tantos anos o que posso fazer para limpar o meu nome, a divida não prescreveu?

Além disso já tentei contactar a caixa através de um advogado o qual disseram não saber do processo nem do que se trata.

o que posso fazer?

obrigado.

Vitor Salas

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Bom dia,

Sucede que, solicitei ao IMTT a alteração de morada da minha carta de condução, efectuei o pagamento desse pedido, qual o meu espanto quando me disseram que não poderiam satisfazer o pedido porque tinha uma multa por pagar.

A minha pergunta é:

Qual o prazo de prescrição da multa de transito?

Obrigado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

boa tarde.

tenho umas dividas ao banco, no entanto tenho ja uma penhora a decorrer sobre um deles.

ja recebi uma citacao para pagar outra mas so posso pagar a 2ª quando acabar a 1ª.

há algum prazo de prescrição para a segunda penhora ficar extinta?

cumprimentos

obrigado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa noite a todos,

tenho uma duvida sobre o assunto de Prescrição de divida.

Em 2006 tive uma divida com um banco que em junho 2008 a Intrum Justitia compro a divida ao banco, e que agora ha uns 3 meses pra ca nao param de me chatear por causa da divida. Ao Banco ainda tinha uma peque quantia em divida de 90€ que já regularizei,

agora a da Intrum Justitia será que já prescreveu ? é legal o que essa empresa está a fazer?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

bom dia;tenho uma divida em portugal junto a uma instituição bancaria feita em 2004.

não resido mais nesse pais.e esse ano começei a receber cobranças de uma instituição

dizendo q irao penhorar meus bens.isso é possivel.penhorar um bem meu no brasil,pois n tenho bens em portugal.

atenciosamente

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Bom dia tive um cartão de credito do barclays à  8 anos de que usei plafom mas paguei. Agora passado tanto tempo empresa de advogados vem exigir pagamento do cartão 4900€ dizendo ter sido contratados por outra empresa que ficou na posse da divida  quando nada devo.como faço ja que nada tenho que comprove tais pagamentos.

Grata

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Bom dia tive um cartão de credito do barclays à  8 anos de que usei plafom mas paguei. Agora passado tanto tempo empresa de advogados vem exigir pagamento do cartão 4900€ dizendo ter sido contratados por outra empresa que ficou na posse da divida  quando nada devo.como faço ja que nada tenho que comprove tais pagamentos.

Grata

Eu tambem tinha um cartão paguei tenho o extrato guardado, é de 2007, nunca mais usei o cartão porque se queimou num acidente, e agora essa firma servdebt diz que tenho que pagar porque senão fazem-me uma penhora, será possivel ao fim de tanto tempo vir exigir uma coisa que foi paga , diz que não posso afirmar que não o usei mais, mas eu tenho a certeza que não usei, tanto que até agora nunca me tinham ligado a pedir nada nem recebi extratos

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

tenho uma divida com uma financeira na compra de uma viatura a cerca de doze anos,agora pretendem penhorar um bem que tenho de usufruto vitalicio, uma casa em ruina, tenho 56 anos e vivo de uma reforma de invalidez , que devo fazer, cimprimentos

Boa tarde

Tenho dívidas a um banco, cuja estória não interessa agora alongar pois é complexa, e a minha pergunta é:

Qual o prazo de prescrição de dívidas bancárias?

Obrigado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa tarde,

Precisava de uma ajuda: em 1998 fiz um credito no BNU para a compra de um carro para trabalhar para um patrão que tinha boas relações com o gerente do banco, nessa altura era jovem desempregado e mesmo assim concederam o credito sem ter que apresentar qualquer documento.

Mais tarde confiei no meu patrão e fiz novo credito para comprar outro carro mais barato e entreguei-lhe o antigo com a promessa que iria pagar as prestações, eu entretanto despedi-me e paguei o credito do 2º carro ele pagou algumas prestações até que um dia deixou de pagar.

Eu nunca fui notificado nem informado de tal divida, entretanto o banco fechou e passou para a caixa geral depositos.

continuei sem saber de nada, até que anos mais tarde ao tentar contrair um credito, disseram-me que estava referenciado no BP, fui tentar saber e percebi que estava em curso um mega processo juridico que envolvia o gerente o meu antigo patrão e muitas mais pessoas por burlas etc...

eu nunca fui chamado para nada, nos anos que o processo decorria nos tribunais o meu nome saiu do BP e consegui fazer a vida normal, há cerca de 3 anos saiu a sentença e o gerente do banco mais a sua equipa foram absolvidos pois o tribunal não levou em conta as provas apresentadas pela caixa geral depositos .

A seguir o meu nome e o de muita gente prejudicada voltou a constar no BP como abate ao activo de cerca de oito mil euros.

Passado tantos anos o que posso fazer para limpar o meu nome, a divida não prescreveu?

Além disso já tentei contactar a caixa através de um advogado o qual disseram não saber do processo nem do que se trata.

o que posso fazer?

obrigado.

Vitor Salas

Tenho uma situação semelhante a esta nos resultados, mas no meu caso eu fiz uma reclamação por fax, por três vezes e uma delas para um funcionário indicado por telefone pela instituição, a instituição foi fundida por duas vezes e nenhuma delas alguma vez me  respondeu sequer. Passados 13 anos descobri que tinha o meu nome no BP e esse facto acarrreta-me inúmeras chatices e problemas.

Alguém me pode explicar qual o DL que eu posso usar para resolver isto, sff?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

tenho um credito a habitaçao que nao pago a mais de 8 anos a casa nunca foi penhorada nem a casa nem nada gostaria de saber se o banco pode fazer isso.

tentei entregar a casa mas nunca chegamos a acordo.

abradecia quem me podesse dizer algo .

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sou promotor na empresa Centro de negócios Paulo Niza e temos a vossa disposição vários serviços e créditos mesmo com problemas bancários temos a solução para o seu contratempo.

- Consolidação de créditos;

- Insolvências de Empresas e Particulares ( não é o fim mas sim apenas um novo começo )

- Crédito Pessoal ;

- Crédito habitação;

- Crédito Automóvel;

- abertura de negócio;

- formações gratuitas;

-entre outras.

Agende a sua reunião e conheça o serviço indicado para si.

Tem uma equipa de profissionais a sua disposição que lhe iram explicar detalhadamente cada um dos serviços.

viste a página https://www.facebook.com/pages/Servi%C3%A7os-Cr%C3%A9ditos/359035910896495

Ricardo Figueiras

914692484

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sou promotor na empresa Centro de negócios Paulo Niza e temos a vossa disposição vários serviços e créditos mesmo com problemas bancários temos a solução para o seu contratempo.

- Consolidação de créditos;

- Insolvências de Empresas e Particulares ( não é o fim mas sim apenas um novo começo )

- Crédito Pessoal ;

- Crédito habitação;

- Crédito Automóvel;

- abertura de negócio;

- formações gratuitas;

-entre outras.

Agende a sua reunião e conheça o serviço indicado para si.

Tem uma equipa de profissionais a sua disposição que lhe iram explicar detalhadamente cada um dos serviços.

viste a página https://www.facebook.com/pages/Servi%C3%A7os-Cr%C3%A9ditos/359035910896495

Ricardo Figueiras

914692484

qual o prazo de prescrição da divida á financeira caixa leasing manufactoring?

Tenho uma divida de 630 euros com a meu que aparece agora com intra justicia posso evocar o sis. Eles não aceitam nenhuma proposta minha. Já fiz varias mas nada.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Fui fiança de um emprestimo de um carro, a pessoa responsavel pelo pagamento do emprestimo deixo de pagar ao fim de uns tempos, ja passaram uns 10 anos e nunca fui contatado?será que presceveu?obrigado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Prezados Senhores,

Boa noite. Tenho uma dúvida acerca do assunto de Prescrição de divida.

Em 1994 tive uma divida com um banco e que a partir de 2012 uma empresa "comprou" a dívida do banco, Atlântico, e que agora quer receber a qualquer custo, são super invasivos e, talvez seja o papel deles, mas ligam a qualquer hora e dia, gerando um desconforto muito grande. Meu advogado disse que essa dívida está prescrita e que não preciso me preocupar, a dúvida é: Essa dívida realmente prescreveu? É legal o que essa empresa está a fazer? Digamos que realmente gostaria de me ver livre deles, e se posso negociar com eles seguramente? Época de juros extorsivos, mas reconheço que devo, não na quantia a que falam. O que voces me sugerem?

Agradeço vosso retorno.

Cordiais Saudações,

Eronides Alves de Oliveira

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Em 1994 tive uma divida com um banco e que a partir de 2012 uma empresa "comprou" a dívida do banco, Atlântico, e que agora quer receber a qualquer custo, são super invasivos e, talvez seja o papel deles, mas ligam a qualquer hora e dia, gerando um desconforto muito grande. Meu advogado disse que essa dívida está prescrita e que não preciso me preocupar, a dúvida é: Essa dívida realmente prescreveu? É legal o que essa empresa está a fazer? Digamos que realmente gostaria de me ver livre deles, e se posso negociar com eles seguramente? Época de juros extorsivos, mas reconheço que devo, não na quantia a que falam. O que voces me sugerem?

O advogado explicou-te porque é que disse que prescreveu? E porque duvidas do advogado?

Se a dívida foi contraída há 20 anos, e a menos que não pagues desde o dia 1 e que nunca te tivessem contactado (o que não parece ser o caso), é possível que não esteja prescrita.

Podes dar mais detalhes? Tipo quando deixaste de pagar, quando te começaram a exigir o dinheiro, etc? É que o que interessa para saber se está prescrita ou não é o tempo que medeia entre estes factos...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boas, tenho um emprestimo automovel de 15000 euros, paguei durante 2 anos e fiquei desempregado, emigrei mas tambem nao melhoraram, liguei a geo money a financiadora e expliquei situaçao, nao quiseram saber e deixei pagar, estou no estrangeiro, a divida pescreve ou posso ter problemas se voltar a Portugal? Obrigado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boas, tenho um emprestimo automovel de 15000 euros, paguei durante 2 anos e fiquei desempregado, emigrei mas tambem nao melhoraram, liguei a geo money a financiadora e expliquei situaçao, nao quiseram saber e deixei pagar, estou no estrangeiro, a divida pescreve ou posso ter problemas se voltar a Portugal? Obrigado

Apenas com esses dados (em que data contraiu o empréstimo? Em que data deixou de pagar?...) é difícil articular uma resposta com todas as certezas.

Eu aconselhava-o a ler o início deste tópico e consultar um advogado de sua confiança!...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Bom dia,

Sucede que, solicitei ao IMTT a alteração de morada da minha carta de condução, efectuei o pagamento desse pedido, qual o meu espanto quando me disseram que não poderiam satisfazer o pedido porque tinha uma multa por pagar.

A minha pergunta é:

Qual o prazo de prescrição da multa de transito?

Obrigado

2 anos, se ainda tiver chegado a tribunal. Se chegou a tribunal, recomeça a contagem no dia q nitra em tribunal e aí penso q são 5anos.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sou daqueles (espero que haja mais) que acha que multas, dividas e afins similares, nunca deviam prescrever.

Atendendo a insolvência, a informação de liberdade de pagar se quiser, mas existir sempre a noção de que existe uma conta por pagar.

Acho que só assim a consciencia social seria verdadeira, senão pagam uns a tempo e horas e outros deixam ir até  se safarem.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Bom Dia.

Gostaria de saber se uma dívida de 600 euros, de há 9 anos atrás e relativa a um cartão de crédito, se ainda pode vir a ser-me cobrada. Esta dívida nunca foi alvo de Processo Judicial.

Muito Obrigado,

luís correia

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa tarde a todos venho por este meio perguntar o seguinte :

Os meus pais divorciados  ( 15 anos +/-)  tiveram uma andar comprado com recurso a credito á CGD nos anos 86 ou 87 .  Em 1993 a casa foi penhorada e vendida em hasta publica por um valor muito inferior ao que valia na altura tendo ficado cerca de 2 mil contos em divida ápos a venda, desde essa altura nunca foi pedido a resolução da divida por qualquer meio apenas chega uma carta todos os meses para a residençia da minha mae mas em nome do meu pai com o estrato bancário em que aparece 11.237€ negativos sem mais nenhuma informação !!! A minha mãe já com 75 anos reformada  vive preocupada com o facto de lhe poderem ir á reforma . Agradecia que alguém me informa-se quais os passos a tomar para resolver a situação ou mesmo pagar a parte da minha mãe da divida !!! É legal eles não informarem que existe uma divida já á tantos anos ?? Terá prescrito ?  Esta questão tira anos de vida á minha mãe mas não sei como a ajudar portanto venho pedir a vossa ajuda se alguém puder ajudar. Desde já obrigado 

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead