whateverz

Cessação de contrato de trabalho, justa causa... dúvidas!

2 publicações neste tópico

Bom dia!

Estou numa situação um bocado complicada e não sei se me podem esclarecer (espero que sim!). Quanto mais pesquiso menos percebo...

Então é assim:

- estou efectiva na empresa onde trabalho desde 2007; a minha função profissional (como aparece no recibo de vencimento) é a de jornalista, embora na prática eu não faça trabalho jornalístico, já que 90% do meu trabalho é revisão de texto e outras funções que relacionadas;

- não recebi os subsídios de férias e Natal de 2012 porque a entidade patronal diz que não consegue pagar;

- saiu uma lei nova, que entrou em vigor a 1 de Fevereiro, segundo a qual é possível o acesso ao subsídio de desemprego aos trabalhadores que cessem o contrato de trabalho por mútuo acordo com a entidade patronal, sem que a empresa tenha de alegar extinção do posto de trabalho e podendo fazer novas contratações - no caso de trabalhadores qualificados que desempenhem actividades de complexidade técnica, elevado grau de responsabilidade ou que pressuponha uma especial qualificação, que penso seja o meu caso (quem decide se é ou não?). Caso isto se aplique à minha situação tem de haver primeiro um acordo verbal e depois tenho de fazer um acordo por escrito? Quantos dias de trabalho tenho que dar à empresa? No fundo, em que moldes é que isto se processa?

- segundo sei, mesmo que a empresa não queira entrar em acordo comigo (na situação acima) eu posso cessar com justa causa, tendo direito ao subsídio de desemprego, mas o que poderia constituir justa causa? O facto de não me terem pago os subsídios de férias e Natal (alegando não terem capacidade para tal)?

- Como faço para calcular o subsídio de desemprego na situação acima? Encontrei uma fórmula de cálculo deste subsídio, mas apenas menciona o último ano de trabalho. Neste caso, contabilizaria 12 e não 14 meses (uma vez que não recebi os subs. de Natal e férias). Para cálculo do subsídio de desemprego não se tem em conta tudo o que foi declarado às finanças desde que se começou a trabalhar?

Peço desde já desculpa se estou a 'esticar-me' demasiado, mas estas complicações legais são demais para mim e sinto-me numa verdadeira prisão - profissional, legal...

Se alguém me puder ajudar... agradeço!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Vou tentar ajudar no possível:

- Eu li muito por alto nas noticias essa tal lei e penso que a intenção dessa lei é permitir que uma empresa troque menos qualificados por mais qualificados, acordando a rescisão de contrato com o menos qualificado sem ter de se basear numa justificação de extinção do posto de trabalho nem de respeitar quotas para o trabalhador ter direito a subsidio de desemprego. Ou seja, elevar o grau tecnico dos colaboradores da empresa para certos postos.

- As justas causas estão no artigo 394 do código do trabalho

- O calculo do subsidio de desemprego:

http://www4.seg-social.pt/subsidio-de-desemprego

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead