mjorgea

Mês da Euribor a aplicar

21 publicações neste tópico

Viva,

Gostaria que alguém, com mais experiencia me esclarecesse perante uma questão que me parece relativamente simples :

As minhas prestações mensais,de crédito à habitação são indexadas à Euribor 6M, vencem-se a 28 de cada mês.

Na alteração da prestação para os próximos 6 meses, a ter ínicio em 28-Dez-2008, o meu Banco baseou-se na  Euribor 6M de Outubro (5,178%).

Será legitimo ?

Dando cumprimento ao nº 3 do deceto-lei 240/2006 e à propria Clausula do meu contrato de Mutuo : “O empréstimo vence juros à taxa correspondente à média aritmética simples das taxas Euribor a seis meses, apurada com referência ao mês imediatamente anterior ao do inicio de cada período semestral de vigência do presente contrato … “ , não deveria ser aplicada a média do mês de Novembro (4,295%) ?

Estarei a interpretar mal ou de facto devo reclamar com o Banco ?

Obrigado pela ajuda e até breve

Excelente 2009 para todos,

Manuel Jorge Araújo

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Viva,

Gostaria que alguém, com mais experiencia me esclarecesse perante uma questão que me parece relativamente simples :

As minhas prestações mensais,de crédito à habitação são indexadas à Euribor 6M, vencem-se a 28 de cada mês.

Na alteração da prestação para os próximos 6 meses, a ter ínicio em 28-Dez-2008, o meu Banco baseou-se na  Euribor 6M de Outubro (5,178%).

Será legitimo ?

Dando cumprimento ao nº 3 do deceto-lei 240/2006 e à propria Clausula do meu contrato de Mutuo : “O empréstimo vence juros à taxa correspondente à média aritmética simples das taxas Euribor a seis meses, apurada com referência ao mês imediatamente anterior ao do inicio de cada período semestral de vigência do presente contrato … “ , não deveria ser aplicada a média do mês de Novembro (4,295%) ?

Estarei a interpretar mal ou de facto devo reclamar com o Banco ?

Obrigado pela ajuda e até breve

Excelente 2009 para todos,

Manuel Jorge Araújo

Boas colega

O meu foi revisto também em Dezembro e a média foi a de Outubro...também    :'( :'( :'(

Mas pelo que me informei parece que é assim...infelizmente

Dá uma espreitadela aqui no forum, já há outro tópicos sobre isso e inclusivé no blog do Pedro, acho que há um artigo sobre isso e podes ver este link já aqui mencionado

http://clientebancario.bportugal.pt/dsb/ProdutosBancarios/Chabitacao/Tjuro_Chabitacao.htm

agora??? resta esperar para Junho...com a média de Abril!!!!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

mjorgea

Em que mês fizeste a escritura do crédito habitação?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A escritura foi feita em  28/Novembro.

Já percebi que o procedimento é correcto.

Obrigado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Perfeitamente.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Olá boa noite,

Já agora peço esclarecimento neste campo. Pelo que li, percebi que no meu caso, fiz escritura no dia 21 de Dezembro, só comecei a pagar em Janeiro, logo a minha revisao de euribor (que é de 6m) deveria ser baseada na taxa de Novembro (4,295%)?? Certo?? É que recebi agora a carta do banco a mencionar uma taxa de juro nominal de 5,0950%, correspondente a uma taxa efectiva anual de 5,2157%.

Já agora peço que me esclarecam se estes valores são os correctos, visto que a taxa de juro de Novembro era relativamente mais baixa.

Cumprimentos

Ana Domingues

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Olá Ana,

Vc cometeu dois erros :

1. Foi fazer a escritura antes de Janeiro, quando então já teria uma euribor mais baixa. Este erro não tem solução.

2. Aceitou uma taxa de 6 meses. Deve mudar para 3 meses o mais rápido possivel.

Abraço,

Speedbird

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Ana,

A taxa nominal tem também em conta o spread, suponho que tenha um spread de 0.8% e se assim for está correcto: 5.095% = 4.295% + 0.8% :D

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Olá Ana,

Vc cometeu dois erros :

1. Foi fazer a escritura antes de Janeiro, quando então já teria uma euribor mais baixa. Este erro não tem solução.

2. Aceitou uma taxa de 6 meses. Deve mudar para 3 meses o mais rápido possivel.

Abraço,

Speedbird

não percebo como é que o nº 2 possa ser um erro. o nº 1 entendo por uma questão fiscal.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Mesmo dizer o n.º 1 é um erro parece-me exagerado, até porque um crédito habitação não é por norma contratado a curto prazo.

Se agora parece um erro ter contratado o crédito em Dezembro e não em Janeiro, muito provavelmente irá dizer-se o mesmo em Janeiro porque é quase certo que a média Euribor de Fevereiro vai ser ainda mais baixa do que a de Janeiro. Isto para disser que por certo ainda vai ter muitos meses de Novembro em que a revisão da taxa de juro nesse mês a vai compensar, isto porque em Dezembro de alguns anos há-de a Euribor estar mais alta do que no mês anterior, ao contrário do que aconteceu este ano.

O ter aceitado uma taxa a 6 meses também não é erro, são opções que cada um toma, que estão tão certas como quem opta por 3 ou 12 meses ou taxa fixa, isto tendo em conta os motivos que invoquei no parágrafo anterior.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Acresce que fiquei com ideia que o empréstimo nem foi contratado agora... já vem pelo menos do ano passado. E nem sempre a Euribor desceu de Dezembro para Janeiro...

Quanto `a opção entre os 3 ou 6 meses, pessoalmente preferiria os 3 meses pois historicamente esta taxa costuma ser mais baixa ou sobe pouco mais que a de 6 meses (ja a de 6 meses, teve momentos em que esteve bem mais alta que a de 3). No entanto, a estabilidade do orçamento familiar pode ser a prioridade e manter a prestação fixa durante prazos mais longos pode ser preferível para muita gente do que pagar menos de juros. Como o hsfarao diz, sao opções...

Quanto `a questão da Ana, e para complementar um pouco a resposta do Nuno, relativamente `a taxa efectiva nao e´ fácil dizer se esta correcta ou nao. Esta taxa leva em conta todos os custos do empréstimo, nomeadamente comissões, seguros, etc. Mas o que interessa e´ sobretudo a taxa nominal (pois esses custos ou já estao pagos, na sua maioria). Partindo do principio que o spread e´ de 0,8% estará correcta, como o Nuno referiu...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Mesmo dizer o n.º 1 é um erro parece-me exagerado, até porque um crédito habitação não é por norma contratado a curto prazo.

so mencionei que o nº1 podia ser um erro em termos fiscais por causa da isenção do imi.

a questão dos 3/6 meses penso que já ficou bem explicada o porquê de não ser um erro.. depende de cada um, até porque durante a vida do empréstimo, a diferença em € para a E3M será "de reduzida a nula".

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

so mencionei que o nº1 podia ser um erro em termos fiscais por causa da isenção do imi.

Recebido e assimilado.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

so mencionei que o nº1 podia ser um erro em termos fiscais por causa da isenção do imi.

Ai esta bem, concordo contigo.

Mas nao foi isso que disseste no post original - deixaste subentendido que foi um erro por causa da evolução da Euribor ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Ai esta bem, concordo contigo.

Mas nao foi isso que disseste no post original - deixaste subentendido que foi um erro por causa da evolução da Euribor ;)

nao. disse claramente que podia concordar ter sido um erro por uma questão fiscal..

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

nao. disse claramente que podia concordar ter sido um erro por uma questão fiscal..

Desculpa... estava-te a atribuir a autoria da mensagem do Speedbird  :-[

Erro meu...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Desculpa... estava-te a atribuir a autoria da mensagem do Speedbird  :-[

Erro meu...

imaginei que fosse isso. no problem! :)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Olá! Já me informei com diversas pessoas e com o banco! A taxa está correcta porque a Euribor começou a descer no fim de Outubro, e em Novembro não teve quebras tão significativas como em Dezembro... logo só serei beneficiada na próxima revisão.

No entanto tenho a dizer que a minha escritura foi feita no ano de 2004 (isto a propósito da vossa discussão), e nessa altura os juros eram simpáticos...

Quanto à euribor, vou propor ao banco passar de 6 para 3 meses (para acompanhar mais de perto o mercado)

Obrigado pelas vossas opiniões!!!

Ana Domingues

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Viva,

Gostaria que alguém, com mais experiencia me esclarecesse perante uma questão que me parece relativamente simples :

As minhas prestações mensais,de crédito à habitação são indexadas à Euribor 6M, vencem-se a 28 de cada mês.

Na alteração da prestação para os próximos 6 meses, a ter ínicio em 28-Dez-2008, o meu Banco baseou-se na  Euribor 6M de Outubro (5,178%).

Será legitimo ?

Dando cumprimento ao nº 3 do deceto-lei 240/2006 e à propria Clausula do meu contrato de Mutuo : “O empréstimo vence juros à taxa correspondente à média aritmética simples das taxas Euribor a seis meses, apurada com referência ao mês imediatamente anterior ao do inicio de cada período semestral de vigência do presente contrato … “ , não deveria ser aplicada a média do mês de Novembro (4,295%) ?

Estarei a interpretar mal ou de facto devo reclamar com o Banco ?

Obrigado pela ajuda e até breve

Excelente 2009 para todos,

Manuel Jorge Araújo

Manuel é o seguinte,eu em tempos reclamei por escrito ao banco de portugal,e o mesmo informou-me por escrito que como entidade reguladora bancária não pode em caso algum intrevir em contratualização entre banco e cliente enfim,custuma-se a dizer que a união faz a força reclama ao banco de portugal.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Manuel é o seguinte,eu em tempos reclamei por escrito ao banco de portugal,e o mesmo informou-me por escrito que como entidade reguladora bancária não pode em caso algum intrevir em contratualização entre banco e cliente enfim,custuma-se a dizer que a união faz a força reclama ao banco de portugal.

zinho, neste caso em concreto nao ha porque reclamar. O procedimento do banco segue a lei. A resposta do BdP provavelmente seria nesse sentido.

O BdP apenas garante que a lei esta a ser cumprida. Nao sei qual foi a tua situaçao, mas o BdP pode e deve intervir em caso de ilegalidades dos bancos. Ja no que diz respeito a situaçoes contratuais (como a negociaçao do spread, por exemplo) nada pode fazer - alias, a bem da propria concorrencia entre bancos.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Desculpa... estava-te a atribuir a autoria da mensagem do Speedbird  :-[

Erro meu...

ok

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead