Visitante MartaV

cartão subsídio de refeição

18 publicações neste tópico

Boa tarde,

Com as alterações ao código de trabalho em relação ao valor do subsídio de refeição, há empresas que estão a optar por fazer o pagamento do mesmo através dum cartão recarregável, fazendo com que o colaborador receba o valor por inteiro, sem ter de descontar uma parte para TSU e IRS.

Quais as vossas opiniões sobre os actuais cartões e se há vantagens ou desvantagens em escolher este tipo de 'pagamento'?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa tarde,

Com as alterações ao código de trabalho em relação ao valor do subsídio de refeição, há empresas que estão a optar por fazer o pagamento do mesmo através dum cartão recarregável, fazendo com que o colaborador receba o valor por inteiro, sem ter de descontar uma parte para TSU e IRS.

Quais as vossas opiniões sobre os actuais cartões e se há vantagens ou desvantagens em escolher este tipo de 'pagamento'?

Na minha empresa vai iniciar-se este mês com esse modo de pagamento do subsidio refeição.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A maior vantagem é sem dúvida o que as empresas / funcionários poupam em não aumentar a base de incidência para efeitos de TSU e IRS.

Caso as empresas fizessem o pagamento em dinheiro ( numerário / transferência bancária ) viriam a base para TSU aumentada em:

(Valor do subsidio refeição diário - 4,27) x nr dias trabalho.

A esta diferença é aplicada a taxa de SS ( parte da empresa ). De modo geral é 23,75%.

Os funcionários viriam aumentada em TSU e IRS:

(Valor do subsidio refeição diário - 4,27) x nr dias trabalho.

A esta diferença é aplicada a taxa de SS (11%) e aumenta a base para efeitos de irs (influenciando o escalão de rendimentos e a sobretaxa).

Optando por senhas / tickets de refeição e até mesmo esses cartões, o valor limite de isenção sobe para 6,83.

Em relação ao uso do cartão a maior ou menor vantagem vem de onde e como o podemos usar.

Se for como alguns que dão para usar nos hipermercados, podendo utilizá-lo para as compras lá para casa, pode ser interessante.

Se só for para usar nalguma rede de restaurantes aderentes (estou a palpitar), em que para usufruir do subsidio de refeição temos de lá ir almoçar, então pode ser menos interessante.

Isto porque ao se poupar no almoço (por exemplo levando de casa ou compra-lo à nossa ideia) podemos aumentar o valor liquido que sobra do ordenado.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Depende do valor depositado no cartão por subsídio. Se o valor for o mesmo do que é pago por transferência, existe um ganho ligeiro no rendimento líquido, embora o cartão também tenha uma anuidade que terá de ser paga (exemplo do BCP 15€). Contudo a meu ver é um rendimento condicionado, apenas podemos usá-lo em supermercados e restaurantes, e tratando-se de um cartão de débito, a maioria dos estabelecimentos já restringe o seu uso a um valor mínimo (Pingo Doce 20€).

Ou seja, para fazer compras de valor inferior terei de levantar dinheiro do ordenado e não uso o dinheiro que está no cartão refeição...

  :-\

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Mas se for um cartão do BES, essa mensalidade já não se paga e o  no Pingo Doce já é aceite pagamentos inferiores a 20€.  :D

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Uma duvida ao ser em cartao refeição esse valor passa a não ser tributado logo para efeitos de reforma, fundo de desemprego, seguro de trabalho, passa a ser menor?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Uma pergunta, caso saibam responder...

No final do ano com o acerto em sede de IRS não vai bater no mesmo? i.e., como não descontei o que devia pelo ordenado bruto vou ter de acertar. Ou não é assim?

Obrigado.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Uma pergunta, caso saibam responder...

No final do ano com o acerto em sede de IRS não vai bater no mesmo? i.e., como não descontei o que devia pelo ordenado bruto vou ter de acertar. Ou não é assim?

Obrigado.

E já agora o mesmo se passa com o cartão infância/creche????

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Bom dia,

Alguém por acaso sabe onde se pode consultar uma lista de locais onde os cartões são aceites? Por exemplo a minha empresa optou pelo Caixa Brake, já li que há quem diga que se podem usar estes cartões na Worten ou na Modalfa, por o CAE ser o mesmo que o do Modelo/Continente! Alguém confirma ou desmente isto?

Cumps.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Bom dia,

Alguém por acaso sabe onde se pode consultar uma lista de locais onde os cartões são aceites? Por exemplo a minha empresa optou pelo Caixa Brake, já li que há quem diga que se podem usar estes cartões na Worten ou na Modalfa, por o CAE ser o mesmo que o do Modelo/Continente! Alguém confirma ou desmente isto?

Cumps.

O CAE (código actividade económica) ser o mesmo? De certeza que não, pois o objecto comercial não é o mesmo.

https://www.cgd.pt/Empresas/Gestao-Corrente/Cartoes/Pages/Cartao-pre-pago-Caixa-Break.aspx

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O valor mensal pago pela empresa ao seu colaborador através do cartão break é descrito no recibo de vencimentos?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O valor mensal pago pela empresa ao seu colaborador através do cartão break é descrito no recibo de vencimentos?

no meu caso sim.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Alguém sabe se dá para usar esse cartão na Worten, como estavam a dizer anteriormente? Ou nalguma outra loja?

Obrigada. :)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

recebi hoje o meu cartao, 1ª experiência, lidl, resultado : cartão recusado....

começa mal.....

Boa tarde,

Respondendo a si especificamente mas também a todos os outros, incluindo o tema principal do tópico, os cartões de refeição anteriormente funcionavam em bombas de gasolina dos hipermercados como Intermarché e Jumbo. No entanto, passado 2-3 meses da "moda" dos cartões, lá para Abril de 2014, deixou de ser aceite. Modalfa, Worten e tudo mais nunca funcionou, não sei de onde alguém tirou essa, mas é errado.

Quanto ao seu cartão Caixa Break, é o mesmo que o meu e funciona perfeitamente no Lidl, Continente, Mini-Preço e em todos os restaurantes a que fui, funciona no Pingo Doce (com valores inferiores a 20€) e até funciona em estabelecimentos cujo o mínimo é 5€, diria que a tributação para os vendedores, quando é pago com cartões de refeição é diferente, dai ser possível fazer compras de cafés e pastilhas com estes cartões.

Ou seja, até agora, funcionou a todos os estabelecimentos de restauração/supermercados a que me desloquei. Ainda recebo uma boa quantia (cerca de 170€) nesse cartão e já o tenho há 1 ano, por isso creio que a minha experiência é significativa.

Existem outros cartões no entanto que necessitam de acordo com a rede, como é o caso dos seguintes:

Ticket Restaurante

EuroTicket

À la card

(existem mais 3-4 que agora não me recordo)

Nestes cartões acima, tenho muitos colegas que os possuem e as queixas são imensas, desde não funcionar no McDonalds, Pans, PizzaHut a restaurantes bastante conhecidos no centro de Lisboa. Todos funcionam sem problema nos super/hiper mercados mais conhecidos (Continente/Jumbo/Pingo-Doce). O único para o qual conheço queixas é para o À la card e tem a ver com um super que apenas existe no Algarve, por isso também não é significativo.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boas,

Alguém consegue esclarecer uma duvida sff.

Empresa acordou comigo um sub refeição de 8.76 em cartão caixa break.

Espanto meu quando vou a ver o valor deste mês novembro, em vez de 8.76 , pagaram 6.83 .

A minha questão vai no sentido de, ao receber por cartão, também se desconta?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boas,

Alguém consegue esclarecer uma duvida sff.

Empresa acordou comigo um sub refeição de 8.76 em cartão caixa break.

Espanto meu quando vou a ver o valor deste mês novembro, em vez de 8.76 , pagaram 6.83 .

A minha questão vai no sentido de, ao receber por cartão, também se desconta?

O Limites de Isenção no Subsídio de Alimentação  em cartao é 6,83€.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
O Limites de Isenção no Subsídio de Alimentação  em cartao é 6,83€.
Se acordaram em que o subsídio de refeição seria de 8,76€, então deve ser de 8,76€.

Como disse o daniel__, o que estiver acima de 6,83€ está sujeito a descontos (por exemplo, se os descontos forem de 20%, descontaria 0,39€ - 20% da diferença entre os dois montantes), mas mesmo assim devia ser respeitado o que tinha sido acordado.

O melhor é contactar os recursos humanos, no sentido de perceberem o que se passou... pode eventualmente dar-se o caso de o resto ter sido creditado juntamente com o recibo de vencimento ou assim. Mas só a empresa pode esclarecer...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead