Arenga

Beneficio fiscal pela exigência da fatura

23 publicações neste tópico

Boa tarde,

Desde 1 de Janeiro que existem benefícios fiscais em alguns sectores de actividades por pedir a factura com contribuinte. De acordo com o site e-factura, os sectores são:

Manutenção e reparação de veículos automóveis;

  • Manutenção e reparação de motociclos, de suas peças e acessórios;
  • Alojamento e similares;
  • Restauração e similares;
  • Atividades de salões de cabeleireiro e institutos de beleza.

  • Relativamente à actividade "restauração e similares", os supermercados enquadram-se neste sector?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boas,

Os supermercados não estão incluídos. A discriminação entre os sectores é efectuada pelo CAE.

Alerta-se para o facto da existência de empresas a prestar o serviço de restauração e que estão matriculadas com o CAE de padarias/panificação.

Cumps,

M

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O fisco dá uma esmola, para que lhe façamos o trabalho de fiscalização (5% o valor do IVA conseguido, e mesmo assim com limites)

Enfim.... são os politicos que temos

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Tá-se mesmo a ver!

Alguém em seu perfeito juizo acha que devemos pedir um factura ao desgraçado do mecânico, á cabeleireira, ou ao manel do tasco da esquina , ou ao electricista, ou ao pintor de paredes  a fim dos patifes enfiarem a massa noss BPN, BANIF e ETC?

Por mim népia!

RECUSO FACTURA da "pequenada"!

Haja moral antes de mais. Pelos vistos a seriedade funciona só para os pobres!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Tá-se mesmo a ver!

Alguém em seu perfeito juizo acha que devemos pedir um factura ao desgraçado do mecânico, á cabeleireira, ou ao manel do tasco da esquina , ou ao electricista, ou ao pintor de paredes  a fim dos patifes enfiarem a massa noss BPN, BANIF e ETC?

Por mim népia!

RECUSO FACTURA da "pequenada"!

Haja moral antes de mais. Pelos vistos a seriedade funciona só para os pobres!

Porque razão odeiam o mendigo que recebe 1000€/mensais livre de impostos e acham que o senhor que serve os cafés, ou que trata do cabelo e etc... É um coitado?

Um barbeiro demora 20 minutos a tratar do cabelo de um homem e leva 10€ pelo serviço.

30€/hora, livre de impostos.

8 horas por dia, 7 dias por semana, leva 1680€ limpos para casa.

400€ no total de renda, luz e água... Dá 1280€. Agora e o senhor, se ganhasse este ordenado, quanto descontava?

Pois... parece que afinal já não são tão coitados...

Eu confesso, não me importo e não pagar o IVA, mas apenas na altura em que o senhor me dá o desconto do IVA.

Porque... colocar os preços com iva e depois não passar factura, deixa que o senhor leve para casa o que deveria ser para o estado.

Cumps

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Se a atitude dos portugueses se manter nesta coisa de que não vale a pena pedir fatura então não chegamos a lado nenhum, estou varias vezes por ano na Alemanha na Dinamarca Finlândia e não me preocupo sequer em pedir fatura, ela está sempre presente até num simples café, até os tipos dos taxis vem atrás de mim para entregar a fatura.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Porque razão odeiam o mendigo que recebe 1000€/mensais livre de impostos e acham que o senhor que serve os cafés, ou que trata do cabelo e etc... É um coitado?

Um barbeiro demora 20 minutos a tratar do cabelo de um homem e leva 10€ pelo serviço.

30€/hora, livre de impostos.

8 horas por dia, 7 dias por semana, leva 1680€ limpos para casa.

400€ no total de renda, luz e água... Dá 1280€. Agora e o senhor, se ganhasse este ordenado, quanto descontava?

Pois... parece que afinal já não são tão coitados...

Eu confesso, não me importo e não pagar o IVA, mas apenas na altura em que o senhor me dá o desconto do IVA.

Porque... colocar os preços com iva e depois não passar factura, deixa que o senhor leve para casa o que deveria ser para o estado.

Cumps

nao sei que cabeleireiros sao esses mas os que conheço nao tem essa clientela mesmo com mais cadeiras.

Alem disso, entre 400 de agua, luz e renda ( o que duvido que seja tao pouco ) ha que pagar ordenados, segurança social, PEC e afins..

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Só não paga o IVA pk ninguém pede fatura.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

nao sei que cabeleireiros sao esses mas os que conheço nao tem essa clientela mesmo com mais cadeiras.

Alem disso, entre 400 de agua, luz e renda ( o que duvido que seja tao pouco ) ha que pagar ordenados, segurança social, PEC e afins..

A segurança social não sera muito, porque não existe muitas facturas.

pagar ordenados? eu estou a falar do que um barbeiro faz... Se tiverem dois barbeiros, em 20 minutos fazem 20€ os dois.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Alguns destes comentadores, devem viver no país das maravilhas!

Os barbeiros, pintores, serventes etc.  devem ser uns ricaços de primeira!|

Pelos vistos só os banqueiros e os politicos corruptoe é que são pobrezinhos!

Têm portanto os primeiros que pagar IVA, IRS e outros que tais a fim de subsidiar os pobres banqueiros e as pobres empresas dominadas pelos politicos!

Isto é mesmo uma terra de escravos domesticados!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Caros,

Para mim é muito simples, não se corrige algo mal com algo ainda pior.

Todos sem excepção devemos pagar os nossos impostos e devemos exigir que os outros (dos mais ricos aos mais pobres) o façam.

Se para mim era melhor receber o meu ordenado bruto em vês do liquido? Era! no entanto eu como maior parte dos portugueses temos de pagar os nossos impostos.

Nenhuma actividade pode ser dimensionada numa base de fuga aos impostos, se os mecânicos  cabeleireiros etc... tem os seus custos, também eu os tenho e quantos a ganhar o ordenados mínimo também não pagarão impostos....

De cima a baixo todos nos somos responsáveis por exigir e garantir que a lei é cumprida, não podemos virar a cara para o lado.

Que se discuta depois se os impostos são bem aplicados, se são altos ou baixos, mas enquanto existirem devemos zelar pelo cumprimento da lei! Nem que seja porque na teoria isso fará bem a todos...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Quando o IVA aumentou na restauração logo os empresários aumentaram o preço da refeição alegando que era por causa do IVA mas como sempre os clientes levaram com o aumento e não pediam faturas logo a margem de lucro dos empresários aumentou, nos ginásios baixaram o IVA de 23% para 6% se não estou em erro e os empresários do sector nenhum diminuiu o preço, logo aumentaram a margem de erro, eu pago os meus impostos logo quero fatura daquilo que gasto e prontos.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O jjcf fez um excelente comentário.  :)

Na minha opinião (que vale o que vale) devemos exigir factura de tudo. Exigir? Pois, nem deveria ser preciso exigir... mas temos de fazer esse esforço.

Não se tratam só de fugas aos impostos sobre o rendimento (irs/irc), trata-se também de algo muito mais grave... retenção de iva pago pelos clientes que deveria entrar nos cofres do estado (que somos todos nós) e entra no bolso de muita boa gente (lá se vai parte da distribuição da riqueza).

É um dos pilares da tal igualdade que muita gente exige nas horas de aperto, mas que se esquece por ser sensivel às dores de muito "coitadinho" (sem querer generalizar, sabemos bem que o papel de coitadinho é muito bem interpretado por muita gente) ou por ser o próprio "coitadinho" que não quer manter aqueles a quem chamam "gat****".

Se bem que temos de concordar (e excluir os que o fazem por necessidades básicas, logo mais desculpável) que se calhar é graças a isso que alguns pequenos empresários e familias conseguem nestes tempos dificeis (baixa da procura) segurarem-se.

Mas e os anos bons que passaram? como foi aplicado esses rendimentos? como é que cada um fez a gestão da sua empresa/negócio, e do seu orçamento familiar?

A verdade é que neste tempo de crise tem sido aproveitado (não, não é só aproveitado pelos lambões dos credores e os outros que tal) por certas empresas/empresários (pequenos e grandes, aparecem muitos bons exemplos na tv) para aumentarem os seus negócios... e já pensamos porquê? A maioria tem em comum o rigor e competência na gestão (eu sei que também a sorte ajuda) desde sempre (e não só agora que há crise) e isso infelizmente não é o espelho de uma boa parte dos nossos gestores. Nós temos muita carência de bons gestores, sejam a gerir o estado (governo) como a gerir as nossas empresas e familias (sim, uma boa gestão do orçamento familiar também é necessária).

Esperamos sempre que o exemplo venham dos maus da fita (politicos, grandes grupos económicos e bancos) e metemo-nos à sombra desses "únicos culpados da crise" para fazer os nossos malabarismos fiscais. E assim pronto, estamos desculpados... com pena de multa (mais impostos, mais pobres e mais lixados).

A economia paralela (mais de 1/4 do pib!!!!!!!!) que é o grande alvo destas medidas é gerida em "beneficio" (isto do beneficio tem muito que se lhe diga, está à vista o "beneficio" que nos vai trazendo) de quem? dos bancos? dos grandes grupos económicos? dos politicos? ... ou de todos nós?

Se calhar se fossemos mais sérios (todos, "grandes, médios e pequenos") em matéria fiscal, não existiria tanta necessidade no país, se calhar eramos um país mais igual entre nós, um país menos massacrado com impostos, menos pobreza, mais apoios sociais (para quem realmente necessita) sei lá... digo eu.

Ah, e não ganhamos nada com guerras de povo vs politicos, bancos, grandes grupos economicos, credores, troika, etc... porque eles precisam de nós, mas nós também precisamos deles, garantidamente.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Já li vários comentários com a minha opinião. A diferença entre eu pedir factura depende de quem fica com o imposto. Pagar, incluído no preço, para a empresa lucrar é uma malfeitoria para mim mesmo.

Se a empresa dividir o "desconto" até se pode pensar no tema, senão é fatura. Esta atitude não começou agora, já vem do passado.

A realidade é que alguns empresários sem lucros, declarantes de baixos ordenados pois a empresa não dá lucro, com benefícios sociais (educação e saúde [isenções], habitação social) na realidade recebem de várias fontes. Não quero pactuar com isso.

Acerca de certos locais, como as feiras e mercados: recuso-me a ir a um local com "tráfico" de - milhares de -euros. 

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Pois... e ainda mais esse ponto importante: os apoios sociais graças à ocultação de rendimentos. Enfim...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Ouvi que o Relvas vai casar, sempre quero ver se vai pedir as faturas do fato, do copo de água e da florista do total de convidados! LOL E já agora os presentes em dinheiro.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa tarde,

Gostaria de saber, se a colocação de pneus novos num carro entra para o beneficio fiscal da dedução do IVA.

É que não sei se podemos considerar esta compra nos benefícios relativos às oficinas.

Obrigado.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Um pequeno reparo,

S o barbeiro ganha 30 € hora x 8 h = 240 €

Se trabalhar 7 dias por semana leva = 1680€ (por semana)

Por mês x4 = 6720€

Só que pouco tem 3 clientes por hora, tambem não são escravos e trabalham 7 dias por semana. Agora o que é certo é que deve sempre pedir fatura poeque o iva é sempre cobrado peça-se ou não se peça fatura. Agora digam quem ganha ?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa Noite,

Gostaria de saber que informação aparece nas e-facturas, descrição das compras feitas? Valor? E no caso de farmácias? Aparece o nome dos itens ou apenas o nome do local? Agradeço esclarecimento.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa noite!

Alguém falou por aqui em ginásios.

Gostava de saber se é só o "meu" Solinca que não me passa factura de nada, aproveitando-se de o pagamento ser feito por débito em conta, ou se isto é prática corrente naqueles que vocês (eventualmente) frequentam.

É mais uma curiosidade, porque me parece que anda ali muita gente a fugir aos deveres...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa noite!

Alguém falou por aqui em ginásios.

Gostava de saber se é só o "meu" Solinca que não me passa factura de nada, aproveitando-se de o pagamento ser feito por débito em conta, ou se isto é prática corrente naqueles que vocês (eventualmente) frequentam.

É mais uma curiosidade, porque me parece que anda ali muita gente a fugir aos deveres...

Bom dia,

Efectivamente a maioria dos ginásios usa esquemas estupidos como cheques pre-datados ou débito directo.

Eu pago por multibanco porque o banco para onde eu mandei o débito directo recusa esse mesmo débito.

Mas acho que, se chegar ao balcão e pedir um factura/recibo, tenho a certeza que lho vão dar :)

Espero ter ajudado.

Cumps

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sim essa pequenada ganha mais a fugir ao fisco do que os funcionarios publicos que são alvo de cortes desumanos por parte dos políticos. Esses é k são os pequenos da sociedade. Estas posições perante o mercado paralelo levam a k 44mil milhoes de euros fujam ao ESTADO. Metade do que se pediu à troika. Interessante hã... Esses biscates é puro lucro pra eles, acha bem!?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor