Visitante joao.lopes

Declarar ou não rendimentos de juros no IRS

12 publicações neste tópico

Durante o ano de 2012 estive desempregado e a receber o Subsidio de Desemprego.

Recebi de Juros de Depósitos a Prazo 22.330 € e retive de imposto sobre esse rendimento 5.740€.

- Será que me compensa optar pelo englobamento uma vez que o Subsidio de Desemprego está isento de IRS?

- Se optar pelo englobamento poderei ser afectado no Subsidio de Desemprego?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Uma pessoa solteira?

Para esse montante, tenho sérias dúvidas se compensará o englobamento desse valor...

O melhor mesmo é simular com a ajuda de um simulador. Creio que os simuladores disponiveis no blog do Pedro podem ajudar.

- Caso compense mesmo, e pretenda optar, tem de solicitar a declaração para efeitos de irs ao banco (em Janeiro).

- O englobar ou não, é igual para efeitos das prestações sociais.

No caso do subsidio de desemprego, trata-se de um direito da pessoa independentemente de outros rendimentos do agregado familiar. Mas no caso de solicitar o subsidio social de desemprego (subsequente ao subsidio de desemprego), esses rendimentos (juros ou 5% dos valores depositados em contas) serão tidos em conta (quer opte ou não pelo englobamento).

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

E o que faço com a declaração do banco? Tenho de ir entregá-la às finanças?

Já li em qualquer sitio que é necessário autorizar as finanças a averiguar se há mais rendimentos da mesma natureza. Como se faz isso?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Nºs 3 e 4 do Artigo 119º do cirs.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Durante o ano de 2012 estive desempregado e a receber o Subsidio de Desemprego.

Recebi de Juros de Depósitos a Prazo 22.330 € e retive de imposto sobre esse rendimento 5.740€.

- Será que me compensa optar pelo englobamento uma vez que o Subsidio de Desemprego está isento de IRS?

- Se optar pelo englobamento poderei ser afectado no Subsidio de Desemprego?

É de declarar claro, se for solteiro com esse rendimento irá ainda receber á volta de 1000€.

Mas para declarar terá de declarar tudo o que seja rendimentos de capitais.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigado ao Ra e ao D@vid pela ajuda.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

David, precisava da tua ajuda para compreender uma pequena situação.

Para ver se eu entendo isto, vamos imaginar:

Se eu for uma pessoa solteira e, na tabela de retenção para 2013, eu tiver de descontar 10% para a SS, vale a pena englobar, certo?

Porque o que vou receber é a diferença entre o que pago ao estado 26,5% para os 10%, certo?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

David, precisava da tua ajuda para compreender uma pequena situação.

Para ver se eu entendo isto, vamos imaginar:

Se eu for uma pessoa solteira e, na tabela de retenção para 2013, eu tiver de descontar 10% para a SS, vale a pena englobar, certo?

Porque o que vou receber é a diferença entre o que pago ao estado 26,5% para os 10%, certo?

Para já não é SS mas sim IRS :) e não é essa a taxa que tens de ver, é a taxa final de IRS, por isso é que se deve de fazer uma simulação para ver o valor colectável e respectiva taxa de incidência, na generalidade uma taxa abaixo dos 26,5% ou 28% compensa englobar, mas nada do que fazer simulações para ver se vale a pena pedir a respectiva declaração ao banco.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Ok, muito obrigado pela tua resposta  ;D

Cumps

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Estava a fazer simulações com o simulador do IRS de 2013, e cheguei a conclusão que vale sempre apena englobar os rendimentos de juros, se a soma do nosso rendimento anual mais o valor dos juros for inferior a 22 208 euros ( no caso de um casal ).

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Estava a fazer simulações com o simulador do IRS de 2013, e cheguei a conclusão que vale sempre apena englobar os rendimentos de juros, se a soma do nosso rendimento anual mais o valor dos juros for inferior a 22 208 euros ( no caso de um casal ).

Básicamente desde que a taxa de irs for abaixo dos 28% é sempre vantajoso.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Estava a fazer simulações com o simulador do IRS de 2013, e cheguei a conclusão que vale sempre apena englobar os rendimentos de juros, se a soma do nosso rendimento anual mais o valor dos juros for inferior a 22 208 euros ( no caso de um casal ).

Acho que isso não é bem assim. Não sei que contas fez, mas se o rendimento colectável proveniente de trabalho for superior a 7000€ por pessoa, tenho sérias dúvidas que compense englobar. Agora se os 22000 forem todos unicamente de rendimentos de juros, ai sim já pode valer a pena.

O importante a reter aqui é que não é a soma rendimentos+juros que determina se vale a pena englobar ou não. É isso acrescido a proporção entre rendimentos/juros.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead