sm2009

ajuda acerca de prestação de serviços

16 publicações neste tópico

Bom dia,

Mais uma vez venho pedir a vossa ajuda para esclarecimento de umas dúvidas e sobre como devo proceder.

Vamos por partes, estou desempregado, não recebo nem recebi rendimento de inserção social (visto ser um jovem licenciado que apenas só ainda fez estagio) e não estou colectado nas finanças.

No entanto no outro dia surgiu-me uma ideia, para tentar realizar dinheiro, ou seja, alugar um equipamento que tenho aqui em casa. Esse equipamento é um aspirador xpto.

Fui às finanças e perguntei se podia proceder à actividade de aluguer do equipamento sob a forma de recibos verdes, mas a resposta foi que não podia.

Portanto peço a vossa ajuda para me indicarem como é a melhor forma para eu tentar obter alguns rendimentos, dentro da lei.

Pergunto também se nesta situação de aluguer de equipamento, num primeiro ano de actividade estou isento de segurança social, se tenho de cobrar logo o IVA, se é como nos recibos verdes, que só a partir de 10000 é que se começa a dar contas do IVA.

Aguardo as vossas respostas.

Agradeço desde já a ajuda.

Cumprimentos,

Sérgio

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Se quiser fazer tudo nos "conformes", pode abrir uma actividade de aluguer de equipamentos.

A resposta que lhe deram é que o recibo verde (modo de facturar) é que não se adequa à actividade.

Logo, pode por exemplo utilizar a factura pelo aluguer e de recibo (normal) pela liquidação da factura.

Quanto às restantes questões, é do meu entendimento que pode usufruir da isenção da SS (pela 1ª vez que inicia actividade) e da isenção do iva por volume de negócios inferior a 10000.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigado Ra!

Ou seja, é parecido ao sistema dos recibos verdes, mas em vez de ser um recibo de um trabalho prestado, é uma factura do aluguer do equipamento.

E se tudo correr bem e continuar depois de um ano, como é que será em questão de impostos?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

É isso, passa factura.

IVA- Se não passar o valor de 10000 / ano, continua isento.

IRS- Está sempre sujeito, ou seja, tem de declarar os rendimentos da actividade na declaração de irs.

SS- Tem isenção enquanto o seu rendimento anual for inferior a 6 x IAS ( 2515,32 ) ou de pelo menos 12 meses. Caso passe os 12 meses e o seu rendimento / ano seja superior aos tais 2515,32 terá de pagar SS, conforme escalão calculado com base no seu rendimento.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sim, estou a compreender.

Então e no caso das despesas? O combustível (gasoleo) pode ser uma despesa dedutível?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Para ficar enquadrado no regime de isenção do iva (artigo 53º), tem de ficar no regime simplificado de tributação.

E neste regime simplificado, as despesas não são tidas em conta.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigado Ra.

Vou ler o artigo 53º e analisar as coisas!!

Obrigado mais uma vez.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

agora surgiu-me outra dúvida, se avançar com esta ideia, tenho de anexar a máquina à actividade certo? Como é que se anexa se a máquina não tem registo, nem tão pouco ja tenho as facturas da compra.?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Na minha opinião, basta uma declaração venda / afectação à actividade, atribuindo o valor comercial dela.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Ou seja, basta afectar a máquina à actividade? não preciso de mais nada?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

É a única maneira que vejo.

Se a comprasse a um fornecedor, a factura seria o documento de compra e afectação à actividade.

Como apenas a vai passar da esfera pessoal para a actividade, não há factura, logo basta uma declaração.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Agora surgiu-me outra dúvida, ou seja, eu irei alugar o equipamento, mas também vou fazer uso dele para prestar serviços de limpeza.

Portanto terei só de utilizar o método das facturas, ou poderei ir pelo método dos recibos verdes?

cumprimentos

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Desconheço que haja imcompatibilidade no uso simultâneo dos dois métodos.

Mas como me parece que tanto para aluguer como para esse tipo de serviços terá de usar um CAE (e não um código de profissão/actividade da tabela de irs), logo o método de factura é o acertado.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa tarde. Este efectivei prestação de de serviços tendo concluído a mesma em Outubro. Foi-me pago 1.228,50 € tendo a entidade patronal pago (pagará) 282,56 €.

Pedia que me indicassem como fazer na declaração de IRS. Obrigado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa tarde. Este efectivei prestação de de serviços tendo concluído a mesma em Outubro. Foi-me pago 1.228,50 € tendo a entidade patronal pago (pagará) 282,56 €.

Pedia que me indicassem como fazer na declaração de IRS. Obrigado

Não entendi... isso está confuso.

Concluido a mesma? fecho da actividade?

Foi-lhe pago 1228,50? a entidade patronal pagou 282,56? e quem pagou o resto?

:-\

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa tarde,

Peço por favor que me respondam a uma série de dúvidas que tenho,começei a trabalhar no ano passado como treinador de basquetebol desde setembro e a entidade patronal disse que me pagaria 1200 euros ja este ano de 2013 através de um acto isolado visto eu nao estar colectado,mas hoje tive de me colectar pois arranjei trabalho para começar na terça feira a dar aulas de ginástica,sou licenciado em ed. física..expliquem-me por favor como faço para descontar o que recebi.Queria saber também se tem alguma influencia estar a trabalhar por contra de outrem como secretário desde novembro do ano passado.Obrigado pela atenção.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead