icemila

Procuração e Herança

1 publicação neste tópico

Bom dia,

Gostava de tirar a seguinte dúvida com certa urgência:

Com o falecimento da minha avó, ficou o meu avô como cabeça-de-casal e os seus dois filhos como herdeiros do património. Depois disso o meu avô passou uma procuração de plenos poderes a um outro familiar afastado (uma vez que temos com este algum património em comum, ou seja, uma sociedade). Hoje o meu avô não tem capacidades mentais para gerir/administrar o seu património embora consiga fazer a sua assinatura e descobrimos hoje (nós herdeiros) que existe essa procuração de plenos poderes a esse familiar afastado. Então pergunto, poderá um dos dois herdeiros anular a procuração (ou até mesmo sem o consentimento de um dos herdeiros) e ser esses dois herdeiros a gerir/administrar o património, uma vez que o que faz sentido são os filhos gerirem o que é seu em vez de outra pessoa de fora o fazer? Neste momento, os herdeiros correm algum risco ? O que se deve fazer nesta situação?

Obrigado desde já pela atenção, fico aguardar pela resposta.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead