ZM

Ajuda - IRS - união de facto com dependente

6 publicações neste tópico

Boa tarde,

preciso muito de ajuda para tomar uma decisão.

Eu e o meu namorado comprámos casa em 31 Janeiro 2011, pelo que só fazemos 2 anos com a mesma morada fiscal em Janeiro 2013.

Em Julho deste ano nasceu a nossa princesa, mas como ainda não temos os 2 anos com a mesma morada fiscal não vamos poder submeter o IRS em conjunto.

No nosso caso penso que seria mais vantajoso a declaração de irs em conjunto, pelo que estamos a colocar a hipótese de casar até final do ano, para conseguir mais dinheiro de reembolso. Mas com as alterações nos limites das deduções na saúde, educação e casa, já não estou certa se vale a pena.

Qual a vossa opinião?

Uma vez que no corrente ano só trabalhei até dia 7 Maio (gozo baixa risco e depois licença maternidade), apenas auferi 3800 euros brutos.

O meu namorido até final de 2012 deve auferir cerca de 25.000 euros brutos.

Tenho algum dinheiro gasto em saúde, nas consultas e exames durante a gravidez, e agora com a bebe.

Desde já, agradeço a vossa ajuda.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sim, é bem provável que seja benéfico a entrega da declaração em conjunto.

Para ter ideia de valores o melhor é fazer uma simulação.

No blog do Pedro estão disponíveis simuladores que lhe permitem ter uma noção das diferenças.

Se precisar de ajuda, diga.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sim, é bem provável que seja benéfico a entrega da declaração em conjunto.

Para ter ideia de valores o melhor é fazer uma simulação.

No blog do Pedro estão disponíveis simuladores que lhe permitem ter uma noção das diferenças.

Se precisar de ajuda, diga.

Eu entregaria separado e colocava a "princesa" ao encargo do Pai.

Também se poderá fazer ajustes... mas deixem o barco andar e aquando da entrega do IRS pensem nesses ajustes.

;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Na altura da minha resposta ainda não tinha feito cálculos, por falta de tempo...

Mas lembro-me que depois fiz uns calculos por alto... e a diferença era superior a 1000 euros, podendo mesmo chegar próximo de 1500 euros, dependendo de despesas e limites de dedução.

Ou seja, em termos de irs o casamento seria vantajoso.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigada pelas respostas.

Fiz uma simulação e realmente a diferença parece ser bastante significativa.

Decidimos assim "dar o nó" até ao final do ano...

Obrigada.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

De tudo o que tenho ouvido ja não sei muito bem o que dizer .  eu vivo em união de facto ha 5 anos faz em Março 6 e estou em. fase de separação tenho um filho e ate agora foi bantajoso entregar em conjunto.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead