socio

Segurança dos Certificados Tesouro

18 publicações neste tópico

Boa Noite.

Eu sei que isto pode ser um off-topic pois existe/existiu aqui um tópico, que creio que chegou estar  inamovível, mas como o que era ontem, não o é hoje nem muito menos amanhã, a minha dúvida surge dada a possivel reestruturação da dívida e alguns tópicos que já surgem  a discutir a seguranças das poupanças é:

Quem subsescreveu CT em 2012 deve ou não estar preocupado com um possivel corte no capital? Mobilizar ou deixar estar pelo menos os 5 anos?

Obrigado!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Penso que é para manter. Consegue-se rentabilidades melhores que as OTs actuais no mercado secundário.

Não me parecem demasiado arriscadas.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Eu também pensei em subscrever os Certificados de Tesouro, mas tenho receio...

a) da insolvência do Estado;

B) de, eu próprio, não conseguir durar os 5 anos que estes CT exigem.

Mas se neste último ponto eu estou nas mãos de Deus (e dos médicos), já quanto à "insolvência" (ou "haircuts" ou lá o que lhe chamam), isso pode ser estudado e, com uma certa fiabilidade, previsto.

Acham que poderia ser uma "boa aplicação" colocar uns 50 a 75 mil euros nestes Certificados do Tesouro?

As muito tristes "manifestações populista" que eu ainda hoje presenciei na Calçada da Estrela, junto à Ass. da República, deixam-me muito apreensivo quanto ao futuro deste meu Portugal. Por isso o meu receio em aplicar o meu "pé de meia" em produtos do Estado. Mas os amigos deste forum me dirão: será boa alternativa "investir" este dinheiro "nos correios" em Certificados de Tesouro? Ou estou a ser um lírico e um distinto palerma em confiar no Estado? Que acham?

Agradeço desde já as vossas respostas.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

As subscrições dos Certificados do tesouro foram suspensas. Quem adquiriu até Setembro deve mante-los.

http://www.igcp.pt/fotos/editor2/2012/Legislacao/INSTRUCAO2_A_2012.pdf

Só é possível subscrever certificados de aforro. Mas estes são muito pouco interessantes.

Sendo assim, é mais uma hipótese de investimento que se esfuma...

Obrigado.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Pronto vamos lá esperar então 5 anitos a ver. Vai tudo correr bem!  ::)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Embora não seja fortuna nenhuma, tenho algum investido em CT. Espero que eles se aguentem mais uns 5-9 anos! lol

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Então, pelo que eu leio aqui, atualmente, em produtos do Estado, não há onde aplicar as poupanças com o mínino de rentabiliadde, certo?

É que até custa a crer... o Estado a precisar de dinheiro "como pão para a boca" e não haver no mercado um produto do Estado minimamente aliciante para captar as poupanças dos portugueses...

No meu caso, tenho um dinheirito disponível e gostaria de conhecer quais são as alternativas que um pequeno aforrador tem neste momento. Parece que - também neste departamento - as coisas não estão fáceis...

Onde os amigos aplicariam 50.000€ com alguma segurança e rentabilidade?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Dentro do risco mais baixo, temos o seguro de capitalização BES Vida Aforro 2012.

É um produto a 8 anos, o que é um prazo bastante largo para si, mas pode designar outra pessoa que não a própria como o beneficiário (tipo para deixar para os filhos).

6% líquidos a 8 anos parece-me bem bom (ainda que impostos possam aumentar.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Dentro do risco mais baixo, temos o seguro de capitalização BES Vida Aforro 2012.

É um produto a 8 anos, o que é um prazo bastante largo para si, mas pode designar outra pessoa que não a própria como o beneficiário (tipo para deixar para os filhos).

6% líquidos a 8 anos parece-me bem bom (ainda que impostos possam aumentar.

Esse produto de que me fala é semelhante aos "Unit Linked" propostos pelos bancos on-line como o Big ou o Best?

Este produto tem várias opções/modalidades (Prudente, Equilibrado e Activo), precisamente para se adaptar ao perfil de risco do investidor. Só que é um produto que não garante o capital investido nem tão-pouco uma taxa de rendibilidade conhecida à partida (tudo dependerá da evolução dos títulos que constituem a carteira, a qual é definida pelo próprio banco).

Esse BES Vida Aforro 2012 será, na sua perspetiva, melhor ou pior que estes "Unit Linked"? É que tenho já um constituído no Best, mas poderei abrir outro "Unit Linked" no Big... Aliás, ainda há pouco tempo o meu gestor nesse banco (Big) sondou-me sobre essa possibilidade... Disse-me que é um produto que tem registado rendibilidades interessantes... mas isso, claro, é o gestor a falar... Gostava de ouvir uma opinião independente. Que acha?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Apesar dos problemas economicos que no assolam , eu ainda acredito que o estado portugues é uma entidade seria . Protegerá o dinheiro dos cidadaos com unhas e dentes . A possibilidade do estado portugues entrar em insolvencia é real , mas a julgar pelo que se vai passando na grecia a insolvencia nao deverá acontecer .

Existe todo um sistema financeiro que suga a riqueza dos estados mais frageis como o nosso , e esse sistema financeiro tera que arranjar uma soluçao para manter esses mesmo estados vivos para que possam continaur a pagar juros a a sustentar a sua gula ! Um sistema que faz dinheiro do nada pode gerar dinheiro a partir do nada tb!!! Portugal tera dinheiro para pagar a sua divida nem que para isso tenha que a prolongar indefinidamente e pagar juros aos credores indefinidamente .... espero que nao aconteça. Vamos empobrecer muito isso vamos, e a pobreza sera tal que depois so podera haver crescimento.

Nao temo perder o meu dinheiro aplicado CT . Acho que foi um bom ivestimento e vai permanecer os 10 anos. Pelo menos convem me acreditar nisso :)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Apesar dos problemas economicos que no assolam , eu ainda acredito que o estado portugues é uma entidade seria . Protegerá o dinheiro dos cidadaos com unhas e dentes . A possibilidade do estado portugues entrar em insolvencia é real , mas a julgar pelo que se vai passando na grecia a insolvencia nao deverá acontecer .

Existe todo um sistema financeiro que suga a riqueza dos estados mais frageis como o nosso , e esse sistema financeiro tera que arranjar uma soluçao para manter esses mesmo estados vivos para que possam continaur a pagar juros a a sustentar a sua gula ! Um sistema que faz dinheiro do nada pode gerar dinheiro a partir do nada tb!!! Portugal tera dinheiro para pagar a sua divida nem que para isso tenha que a prolongar indefinidamente e pagar juros aos credores indefinidamente .... espero que nao aconteça. Vamos empobrecer muito isso vamos, e a pobresa sera tal que depois so podera haver crescimento.

Nao temo perder o meu dinheiro aplicado CT . Acho que foi um bom ivestimento e vai permanecer os 10 anos. Pelo menos comvem me acreditar nisso :)

Sim, mas nesses CT já eu não posso aplicar as minhas poupanças...  Neste momento, estou ver se encontro um produto onde as possa aplicar com segurança e rendibilidade. Está a ser difícil encontrá-lo...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Não tenho muita experiência em Unit-linked, mas isto que estou a falar, tem sido discutido noutro tópico http://www.forumfinancas.com/index.php?topic=7441.0

É um seguro, que tem uma rentabilidade fixa.

E o privat? acho que ha um receio infundadso sobre o banco.

pelo menos enquanto se toma uma decisao pode subsvcrever um produto a curto prazo no privat. Ele nao vai fugir no proximo ano e falir concerteza que tb mnao.

O banco é estremamente dinamico na ucrania e na letonia . Actua tb na russia.

Abrange 25% da populaçao ucraniana e centra a sua actividade na captaçao de capital privado atraves dos seus depozitos a prazo diversificados.

Tem vindo a crescer sustentadamente e desde 2009 que se estendeu para italia , alemana, portugal, espanha etc... esta presente em 12 paises utilizando as ptencialidades da internet . Com isto poupa milhoes em recursos materiais e humanos .

Investe em sectores de predominancia industrial como produtos petroliferos, industrias de metais, enxofre , agricultura que sao pilar da economia dos paises de leste.

Pelo relatorio de actividades que vi do banco, disponivel na internet, o banco é solido, é bem recomendado pelo fundo monetario internacional, tem o apoio do estado da letonia, e é o 2º principal banco da ucrania, estando apenas atras de um banco estatal.

Como ja me disseram a mim, aplicar dinheiro em diferentes garantias , é diversificar o investimento e colocar os ovois em diferentes cestas. Se o nosso pais entra em insolvencia nao ha banco que resista , nem fundo de garantia que possa ser coberto !!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Também concordo que há um excesso de descrença em relação ao Privat, mas vejo-me obrigado a admitir que o serviço na agência de Lisboa não tem sido dos melhores nos últimos tempos, logo compreendo que algumas pessoas que lá vão abrir conta se sintam algo receosas.

Ao responder ao Sr. Ramiro, entrei em consideração com o facto de essa hipótese já lhe ter sido mencionada e ele não ter ficado muito interessado.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Esse produto de que me fala é semelhante aos "Unit Linked" propostos pelos bancos on-line como o Big ou o Best?

Este produto tem várias opções/modalidades (Prudente, Equilibrado e Activo), precisamente para se adaptar ao perfil de risco do investidor. Só que é um produto que não garante o capital investido nem tão-pouco uma taxa de rendibilidade conhecida à partida (tudo dependerá da evolução dos títulos que constituem a carteira, a qual é definida pelo próprio banco).

Esse BES Vida Aforro 2012 será, na sua perspetiva, melhor ou pior que estes "Unit Linked"? É que tenho já um constituído no Best, mas poderei abrir outro "Unit Linked" no Big... Aliás, ainda há pouco tempo o meu gestor nesse banco (Big) sondou-me sobre essa possibilidade... Disse-me que é um produto que tem registado rendibilidades interessantes... mas isso, claro, é o gestor a falar... Gostava de ouvir uma opinião independente. Que acha?

O BES Vida Aforro 2012, só dá juros no vencimento (ao fim de 8 anos e 1 dia).

É um produto para investimento a longo prazo. Não compensa para quem tem dúvidas se vai precisar entretanto do dinheiro e não capitaliza o mesmo (acho eu, pois não consegui ler nada a este respeito). Os Certificados do Tesouro, ou menos dão/davam juros anualmente.

Em comparação a outros seguros fechados, este parece-me ser a melhor opção devido à carteira de investimento segura e taxa garantida e apelativa.

Eu já tive uma experiência e ainda tenho outra a decorrer de seguros fechados, ambos de 5 anos e 1 dia, não normalizados e de riscos moderados, e posso dizer que foi e está a ser uma má experiência. Pois na altura da subscrição faziam sentido, mas como em 5 anos muita coisa muda... o resultado não foi o esperado, mas cada caso é um caso.

Mas se a ideia é diversificar o investimento tanto a nível de bancos e/ou produtos, nada como na dúvida subscrever pelo mínimo exigido. O resto vai depender do objectivo e do dinheiro disponível de cada um.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

É um produto para investimento a longo prazo. Não compensa para quem tem dúvidas se vai precisar entretanto do dinheiro e não capitaliza o mesmo (acho eu, pois não consegui ler nada a este respeito). Os Certificados do Tesouro, ou menos dão/davam juros anualmente.

Segundo o que o Dino disse, os juros capitalizam internamente, razão pela qual se consegue os 6% líquidos ao ano

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Eu ia jurar que a gerente bes do "meu" balcao me deu uma tentabilidade de 5% brutos ao fim de tres anos caso quisesse resgatar e 5,5% brutos ao fim de 8 anos . Disse me tb que os juros seriam pagos na maturidade , ou do resgate , ou do produto !!! Tenho que la voltar quanto mais nao seja para meter nojo (picar ) :)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor