Entrar para seguir isto  
Seguidores 0
Visitante Rui Carmo

Sucessão Legítima

2 publicações neste tópico

Boa Tarde,

Apesar de já ter lido o Código Civil em relação a este tema resta-me umas pequenas dúvidas.

A minha avó faleceu recentemente, deixou como descendentes 3 filhos do 1º casamento. O seu cônjuge, antes do casamento com a minha avó já tinha um descendente.

1ª) Não existindo descendentes directos da sua união aplica-se artigo 2139º do CC, dividindo assim a herança por 4? (1/4 cônjuge + 1/4 por descendente)

2ª) Qual o papel do regime de matrimónio nesta divisão?

3ª) O filho do cônjuge da minha avó entra para a divisão nalgum ponto, ou só após a morte do seu pai terá alguma quota?

Cumprimentos

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

1ª) Sim, a herança da falecida é divida pelo conjuge e descendentes. São 4, então 1/4 para cada um.

2ª) O regime de casamento não tem influência na sucessão.

3ª) Não. Ele não é herdeiro da sua avó.

Uma coisa que se deve ter em conta, é os bens (ou parte deles) que entram na herança.

Por exemplo, se houver uma casa que seja dos dois em partes iguais (da sua avó e do conjuge), só 50% desse bem é que entra na herança.

No caso de o casamento ter sido em regime de separação de bens, deve ter em conta os bens próprios da falecida e os adquiridos após o casamento e que inequivocamente são dela.

Os bens comprados pelos dois, e aqueles que não se possam provar que sejam de um ou de outro, só será tido em conta a parte da sua avó.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

Entrar para seguir isto  
Seguidores 0