Minhocal

Acho que fiz mal...ajudem-me

2 publicações neste tópico

Olá a todos.

Estou num situação em que nunca estive e como acontece muitas vezes nestas novas situações cometemos erros que depois se pode pagar caros...o que deve ser o caso.

Passo a explicar, fiquei desempregado a 31 de Agosto em regime por conta de outrem. Acontece que me esqueci de encerrar a atividade que tinha aberta, tendo encerrada a 3 de setembro....com essa mesma data...claro que o pedido de subsidio veio indeferido, pois consideraram que estava como trabalhador independente.

Posto isto,fui à SS à loja do cidadão em que a pessoa que me atendeu disse apenas que a unica coisa que poderia fazer era ir lá novamente com a declaração de IRS de 2011, para tentar resolver a situação. Também me questionou qual eram os valores da atividade independente, e tanto em 2010 como em 2011 tenho rendimentos muito baixos (em 2010, 700 euros e em 2011 não chegou a 250 euros). O ultimo recibo tem a data de 28 de junho de 2012. Desde então nao tive mais atividade...simplesmente nao me lembrei antes de fechar a atividade...

Sinceramente, terei poucas hipoteses, com este cenário, de ter subsidio de desemprego certo?

Desde já obrigado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

No meu entender tem todas as hipoteses, porque... os valores que refere da actividade independente são baixos e existe o subsidio de desemprego parcial.

Como "só" se dirigiu ao centro de emprego para se inscrever e pedir o subsidio desemprego normal, a segurança social automaticamente indeferiu por exercer uma actividade independente.

Devia ter solicitado o subsidio desemprego parcial (o que lhe permitia ter na mesma a actividade independente aberta, visto que lhe rende pouco) ou então ter cessado numa data anterior.

Mas, na minha opinião nada está perdido...

O que tem de fazer é provar que os rendimentos dessa actividade independente eram inferiores ao subsidio desemprego, daí o/a funcionário/a lhe ter feito as tais questões sobre a actividade independente.

Provando isso, é-lhe atribuido o subsidio de desemprego parcial, bastando depois entregar a prova de cessação da actividade e fica no subsidio desemprego normal.

Por isso... pegue na papelada (documentação do desemprego involuntário, declarações de irs, declaração de cessação actividade), diriga-se à segurança social, faça a tal prova, e peça informações sobre o que fazer junto do centro de emprego (se terá de actualizar a inscrição, se terá de fazer prova lá...).

http://www2.seg-social.pt/preview_documentos.asp?r=21518&m=PDF

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead